A Vida de Dwight L. Moody

Filed under: by:

Um de meus passatempos favoritos é caçar tesou¬ros. Embora não seja muito bom para lidar com pás e picaretas, ou roupas de mergulho, não tenho proble¬mas em satisfazer meus anseios em lojas de livros anti¬gos, os tradicionais "sebos".
Para muitos de nós, os livros de épocas passadas tornaram-se verdadeiros tesouros. Mas, para os colecio¬nadores, não basta simplesmente juntar livros antigos. Pois muito do que foi publicado nos séculos passados nem vale o papel em que se acha impresso. Desse modo, a verdadeira tarefa dos que amam os livros é encontrar aquela "agulha no palheiro" que conserve seu apelo universal e valor intrínseco inalterados, apesar das mu¬danças provocadas pelo tempo.
Pensamentos para a Hora Tranqüila possui todas as qualidades de um clássico espiritual permanente: é edificante, inspirativo, desafiador e conciso. Momentos depois que comecei a ler suas páginas frágeis e amare¬las, a força dos textos bem escolhidos por D. L. Moody, atingiu-me com toda a intensidade com que deve ter chegado aos leitores, um século atrás.
Quer sejam usados para meditação individual, quer em cultos domésticos, o certo é que levarão bênçãos a todos os que guardam um tempo para estar com Deus. Que o Senhor o abençoe nesse esforço de conhecê-lo melhor.









Dean Andreola
Editora Harvest House

A Vida de Dwight L. Moody

Dwight L. Moody (1837-1899) tornou-se o maior evangelista do final do século XIX. Nascido numa fazen¬da em Northfield, Massachusetts, perdeu o pai com ape¬nas cinco anos de idade, o que obrigou sua mãe a criar nove filhos em meio a grande pobreza. Não é difícil entender por que Moody deixou a escola aos treze anos, em busca de melhores oportunidades. De vendedor de sapatos a negociante bem-sucedido, seus êxitos materi¬ais eram inegáveis.
Após a experiência de salvação, Moody começou a usar sua influência para ajudar os pobres e desabrigados em áreas urbanas - não se esquecendo de sua origem humilde. Já bastante próspero, desistiu dos negócios, e passou a trabalhar em tempo integral para estabelecer escolas dominicais e sustentar as obras da Associação Cristã de Moços (ACM).
Depois da Guerra Civil, continuou seu trabalho com as escolas dominicais. Nessa ocasião, conhece Ira D. Sankey, ministro de música e talentoso compositor de hinos. Juntos, sentiram o chamado para combinarem seus talentos, dedicando-se em tempo integral à evangelização. Moody e Sankey navegaram para a Ingla¬terra. A cruzada que promoveram terminou com gran¬de êxito em Londres, onde a audiência chegou a mais de dois milhões e meio de pessoas.
Voltando aos Estados Unidos, Moody continuou promovendo poderosas campanhas evangelísticas em muitas cidades importantes. Usando histórias práticas e humorísticas, compartilhava de seu amor por Cristo de uma forma simples, mas irresistível, resultando em milhares de decisões pessoais por Cristo. Seu amor pelos perdidos também o levou a iniciar um centro de treina¬mento para obreiros. Em 1886, ele começou a Socieda¬de de Evangelização de Chicago, hoje conhecida como Instituto Bíblico Moody.
Depois de pregar pessoalmente a cem milhões de pessoas em quarenta anos de carreira, Moody adoeceu e morreu durante sua última cruzada, em dezembro de 1899.
A contribuição incansável de Dwight L. Moody para o Reino de Deus, e seu contínuo amor pelos perdidos fazem com que sua memória permaneça para sempre.

Ao Leitor

Um dos mais claros sinais dos tempos é que mui¬tos cristãos, em nossas associações de moços e igrejas, estão guardando diariamente a "hora tranqüila". Nesta era de correria e incessantes atividades, precisamos de algum chamado especial para nos retirarmos e nos co¬locar a sós com Deus por um tempo, todos os dias. Qualquer homem ou mulher que assim proceder, não conseguirá passar mais que vinte quatro horas longe de Deus.
As seleções apresentadas, neste volume, foram ori¬ginalmente publicadas nas edições mensais do Record of Christian Work ("Registro de Trabalho Cristão"), sendo consideradas proveitosas como devocionais. Os textos são também uma fonte de pensamentos que ilu¬minam os versículos citados. Possuindo valor perma¬nente, achamos por bem perenizá-los neste volume.
Que exerçam um ministério proveitoso, levando muitos a uma comunhão mais íntima com Deus!



D. L Moody

0 comentários: