Notícias Gospel (neste email contem: 17 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 17 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Cristãos chineses são proibidos de participar de eventos religiosos em outros países

Posted: 24 Nov 2016 05:16 AM PST

Cristãos chineses são proibidos de participar de eventos religiosos em outros países

O governo da China pretende intensificar os novos regulamentos sobre o cristianismo no país.

Um novo projeto de lei visa proibir a realização de atividades religiosas de qualquer instituição em locais não autorizados, incluindo treinamentos ou conferências. Grupos religiosos também não poderão participar de eventos no exterior e nem mesmo receber doações.

O número de incidentes contra igrejas e a pressão sobre os cristãos está cada vez maior. O presidente Xi Jinping, que agora é líder central do Partido Comunista da China, poderá consolidar todas essas reformas com mais autoridade e poder do que antes.

“Na conferência do partido, que vai acontecer em 2017, todos saberão o que realmente o presidente planeja. Mas a igreja na China já pode aguardar por um tempo de mais restrições e dificuldades”, disse um dos colaboradores da Portas Abertas no país.

O governo chinês vem dando respostas duras à religião, em particular o cristianismo, que experimenta um intenso crescimento no país. Ao longo dos últimos três anos, mais de 1.500 igrejas foram demolidas e tiveram suas cruzes removidas na província de Zhejiang. Pastores e advogados que se opuseram à campanha do governo foram presos.

Em julho, autoridades da província de Guizhou anunciaram que cristãos que vivem na China poderão perder seus benefícios sociais, caso não parem de frequentar a igreja. Além disso, os filhos de famílias cristãs não poderão ter acesso à faculdade ou uma academia militar, caso as famílias insistissem em frequentar igrejas.

O governo também estabeleceu que qualquer pessoa que levasse uma pessoa menor de idade para a igreja, responderia a um processo judicial. A legislação chinesa proíbe crianças menores de 18 anos a receberem qualquer tipo de educação religiosa.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor investiga falsas curas de Aids na África: "Podemos acabar matando as pessoas"

Posted: 24 Nov 2016 05:06 AM PST

Pastor investiga falsas curas de Aids na África: "Podemos acabar matando as pessoas"

O pastor Klaus Fiedler, que também é professor de teologia e estudos religiosos na Universidade de Mzuzu e residente do Malawi, tem pesquisado falsas curas relacionadas com a Aids, na África. O líder batista está procurando expor a verdade, ajudar e abençoar os outros ao longo de sua pesquisa. Em entrevista ao site americano Hello Christian, ele contou mais detalhes sobre a jornada.

O site inicialmente questionou sobre o objetivo do pastor em pesquisar sobre o assunto. "Não era meu plano investigar este tópico, mas a ideia me veio através do que observei e ouvi de muitos dos meus alunos. Como pastor, estou envolvido no trabalho de aconselhar as pessoas o tempo todo. E quando o nome de Jesus é usado para abusos da fé, nossa esperança pode ser abalada e podemos acabar matando as pessoas. Todos devem ter a chance de viver", ressalta.

"No Malawi, cerca de 10% da população é HIV positivo. A porcentagem tem diminuindo lentamente ao longo dos últimos anos. No entanto, há novas infecções todos os dias. O tratamento antirretroviral tem salvado milhares de vidas desde que se tornou disponível aqui, graças ao Fundo Global em Genebra, que reduziu consideravelmente a taxa de mortalidade, desde então", explicou.

Cura divina

O site afirma que dentre as diversas denominações cristãs existentes na África, existem várias formas de lidar com o cristão portador do vírus. Essas respostas variam entre “ter uma certa preocupação com o problema” e a “gritar” ou mesmo “tentar expulsar a doença”. O pastor é questionado se ele acredita na cura divina.

"Eu não tenho o dom de curar, mas creio que Deus o deu e dá às pessoas. Eu encontrei o ‘Movimento de Cura’ dentro do ‘Movimento de Santidade’ que teve resultados tangíveis e mensuráveis. Pessoalmente, eu conheço uma senhora na Alemanha que foi visivelmente curada de Esclerose Múltipla”, contou.

"Eu acredito que existem curas. Um amigo me contou sua história sobre sua experiência de cura, em Botswana. Mas eu não conheci ninguém que me contasse sobre sua cura após um tempo suficiente garantir que o fato fosse mesmo verídico. No Novo Testamento, a cura era visível e podia ser testada, o que é muito importante fazer hoje”, pontuou.

Como explicar a descoberta?

"Eu tenho dificuldades em tentar explicar isso, pois os medicamentos antirretrovirais estão disponíveis e são altamente eficazes na maioria dos casos. Assim, as pessoas às vezes parecem que foram curadas. Mas é uma cura médica e científica. Um aluno meu descobriu que em alguns casos, havia mulheres que tinham medo de dizer a seus maridos que ainda estavam infectadas. Elas temiam perder seus parceiros e algumas até temiam a desfiguração do corpo. Outras pessoas simplesmente não queriam tomar os medicamentos antirretrovirais todos os dias", explanou.

“Então o que tem de mudar entre os cristãos do Malauí, a fim de combater a doença e ficar longe de falsas curas?”, o site questionou.

"Quem sou eu para aconselhar a tantos? Mas certamente, a vida deve ser prioridade sobre as teorias da cura divina, especialmente se elas não forem comprovadas. Minha conclusão é que continuarei a espalhar a mensagem e a buscar a verdade para as pessoas, mesmo que isso ajude poucas pessoas. O Departamento de Teologia e Estudos Religiosos, em que trabalho, encorajou-me a publicar a minha apresentação como um livro, o que será feito no próximo mês", finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Ex-muçulmano se entrega a Jesus e evangeliza mais de 600 refugiados, no Reino Unido

Posted: 24 Nov 2016 04:24 AM PST

Ex-muçulmano se entrega a Jesus e evangeliza mais de 600 refugiados, no Reino Unido

Ele sentia que seu futuro era incerto e sem propósito quando imigrou do Irã para o Reino Unido como muçulmano. Mas oito anos depois, Deus está usando o missionário Shapoor para construir Seu reino entre a população de refugiados na Europa.

"Quando eu era muçulmano, eu não acreditava que Deus pudesse falar com pessoas comuns, ter qualquer relacionamento com elas ou usá-las de alguma forma", disse Shapoor a um líder do ministério 'Pioneers'.

Quando Shapoor começou a ler a Bíblia, viu sua vida mudar. "Quando conheci a Cristo e li a Bíblia, descobri que Deus tem um coração que arde pelos pecadores e por todos", diz ele.

Depois que Shapoor entregou sua vida a Jesus, Deus o encheu com um desejo contagioso de pregar o Evangelho.

"Quando vi esse amor incondicional e a graça de Deus na minha vida, não consegui esconder esta Boa Nova para mim mesmo", disse ele. "Porque nós viemos das trevas à luz, não guardamos isto para nós mesmos. Da mesma forma que você recebe livremente a salvação, leve esta mensagem livremente a outras pessoas".

Ele começou a compartilhar a mensagem do Evangelho no campo de refugiados, povoado com imigrantes da Síria, Iraque, Irã e África, sendo muitos deles, muçulmanos.

"Eu vim aqui [campo de refugiados] todos os sábados para lhes trazer comida. Também durante a semana eu vinha para evangelizar e conversar sobre Jesus", contou.

Com a ajuda de Deus, Shapoor conseguiu evangelizar mais de 600 iranianos, que entregaram suas vidas a Jesus.

"Uma das coisas emocionantes é passar o Evangelho para a próxima geração", diz ele. "Como Paulo disse, tentamos encontrar as pessoas que são fiéis e ensináveis ​e assim os ensinamos".

Embora haja uma reação contra os imigrantes que chegam na Europa Ocidental e no Reino Unido, Shapoor entende que Deus está criando oportunidades para a pregação do evangelho nesse contexto.

"As nações estão vindo para nós", observa. "No Irã, as pessoas são presas porque estão compartilhando o Evangelho, mas quando elas chegam aqui têm a liberdade para compartilhar o Evangelho, ler a Bíblia e convidar os outros para a igreja".

"Aqui ninguém quer nos prender porque pregamos o Evangelho, então esta é uma oportunidade incrível, maravilhosa para ver como Deus está usando esta difícil situação para Seu bem", acrescentou.

Shapoor destacou que é preciso olhar para todas as pessoas com os olhos de Deus.

"Todas as pessoas são feitas à imagem e semelhança de Deus e devemos vê-las como seres humanos. Devemos vê-las com o amor de Jesus. Jesus morreu por cada pessoa na Terra. Jesus ama a todos nós, incondicionalmente", lembrou.

"Minha pergunta é a mesma que Deus perguntou em Isaías 6: 'A quem enviarei?", finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Nova lei permite suicídio assistido na Califórnia e Rick Warren critica: "Cultura de morte"

Posted: 24 Nov 2016 03:03 AM PST

Nova lei permite suicídio assistido na Califórnia e Rick Warren critica: "Cultura de morte"

O pastor Rick Warren condenou a "cultura da morte e a nova lei da Califórnia que permite o suicídio assistido por médicos para pacientes terminais.

Em um seminário online, patrocinado pela 'Life Legal Defense Foundation' ('Fundação Legal de Defesa da Vida'), o comentarista e radialista conservador, Hugh Hewitt entrevistou Warren, pastor sênior da Igreja Saddleback em Lake Forest, Califórnia, e o padre Robert Barron, bispo auxiliar da Diocese Católica de Los Angeles e fundador do ministério 'Palavra de Fogo', para discutir as implicações da nova lei que seus apoiadores até estão chamando de "misericórdia".

"[Os cristãos] não são [de] uma visão utilitária da vida, entendendo que somos apenas ferramentas, que somos apenas objetos", disse Warren. "Fomos feitos por Deus e para Deus. Até entendermos isso, a vida não faz sentido".

Warren disse que na Bíblia, Moisés, Elias e Jonas imploraram a Deus para acabar com suas vidas prematuramente, mas Ele se recusou a atender tais pedidos.

"Todos os três estavam passando por um momento depressivo e pediram a Deus para matá-los. Em todos os três casos Deus disse 'não", lembrou o pastor.

"O fato é que, teologicamente, nós pertencemos a Deus e a nós mesmos. Eu não tenho o 'meu corpo'. Sei que isso soa totalmente como contracultura ... Mas se eu não sou o dono do meu corpo, então não tenho o direito. Eu não escolhi vir ao mundo e não consigo escolher quando sair dele. Isso é determinado por Deus", acrescentou.

Em outubro de 2015, o governador democrata da Califórnia, Jerry Brown, assinou o Ato de 'Fim da Vida Opcional' e lei e entrou em vigor em junho.

Mesmo que Warren não costume comentar sobre política, esta questão é de particular importância para ele, considerando que seu próprio filho, Matthew, cometeu suicídio aos 27 anos, em abril de 2013, após uma batalha exaustiva contra uma doença mental.


Ultraje
Já o padre Barron observou que recentemente ele viu um cartaz que dizia: "Minha vida, minha morte, minha escolha".

Ele fez coro com Warren e reforçou o conceito de que o ser humano não é dono de sua própria vida, nem de seu próprio corpo.

"Eu pensei: 'isso é diretamente repugnante à Bíblia", disse ele. "Se vivemos ou morremos, somos do Senhor. A ideia de que não pertencemos a nós mesmos é fundamental para a Bíblia".

"Uma das maneiras que a tradição católica lida com isso de forma mais filosófica é esta ideia da dignidade inviolável do indivíduo. É intrinsecamente maligno tirar uma vida humana, desde o momento da concepção até a morte natural. Isto significa que não há motivo, em nenhuma circunstância, nenhuma consequência que jamais justificaria tal ação", afirmou. "A proteção do inocente tem que ser o fundamento de qualquer sistema moral".


Suicídio assistido = Misericórdia
Quando a lei entrou em vigor em junho, Warren e muitos outros líderes cristãos se manifestaram contra ela, tentando despertar a atenção da população para o seu impacto devastador na vida das pessoas, mas seus esforços não conseguiram fazer com que a lei fosse barrada. O pastor também disse que encontrou pessoas que alegavam ser cristãs e consideravam o suicídio assistido como algo "compassivo", especialmente se o suicida fosse um paciente em estado terminal de sua enfermidade.

A verdade é que "todos nós somos doentes terminais e a taxa de mortalidade é de 100%", esclareceu o pastor. "Você não conhece realmente o impacto do suicídio até que você tenha um amigo ou parente que o cometa".

Quando o filho de Warren tinha 17 anos, perguntou a seu pai por que ele não poderia simplesmente ir para o Céu logo, por que ele tinha que ficar na Terra, lutando contra a dor que sua doença mental lhe trazia.

"É doloroso que seu filho pergunte algo assim para você", disse Warren. "E eu olhei para ele e disse: 'Matthew, eu entendo a sua dor, mas eu não posso desistir da esperança de que A) em um ponto, vamos encontrar uma cura médica para a sua doença mental ou um milagre aconteça, ou B) que alguns problemas nunca serão resolvidos neste planeta".

"O que eu diria a ele é que sua doença não é sua identidade. Não é pecado estar doente. Seus problemas neurológicos não definem seu caráter".

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Eli Soares lança o primeiro single do álbum Memórias: “Eu sou grato”

Posted: 23 Nov 2016 12:29 PM PST

Eli Soares lança o primeiro single do álbum Memórias:

O cantor Eli Soares lançou na última terça-feira (23) um novo single nas plataformas digitais: “Eu sou grato”. A música integra o repertório do próximo projeto do artista, o álbum “Memórias”, que será lançado no primeiro trimestre de 2017.

A canção do pastor Adhemar de Campos, também conhecida como “Tributo a Yehovah”, foi um grande sucesso na década de 90 nas igrejas e, especialmente, em todas as rádios do Brasil, marcando assim uma geração.

Neste novo projeto, além da sonoridade peculiar, Eli Soares colocou toda a sua sensibilidade em cada canção. “Cada acorde e arranjo foram executados com muito cuidado e carinho, pois esse é um projeto que tem um significado muito especial para mim. Essas músicas marcaram muito a minha vida com Deus”, ressaltou.

O álbum “Memórias” será lançado pela Universal Music Christian Group e tem a missão de resgatar canções antigas que fizeram parte do repertório de tantas igrejas no Brasil. O álbum terá 12 canções, entre elas “Seja engrandecido”, “Louvemos ao Senhor”, “Tu vives entre os querubins” e “Ele é exaltado”.

Confira o single “Eu sou grato”:

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

'Para Sempre' inicia temporada de pré lançamento nos cinemas do Brasil

Posted: 23 Nov 2016 12:11 PM PST

'Para Sempre' inicia temporada de pré lançamento nos cinemas do Brasil

Com a proposta de usar uma história de amor para despertar a fé em seu público, o filme "Para Sempre" entrou em temporada de pré-lançamento nos cinemas do Brasil. O Portal Guiame esteve presente na exibição do filme realizada em São Paulo na noite desta terça-feira (22), no Shopping Center Norte.

Nas duas semanas que precedem o lançamento oficial, que será no dia 8 de dezembro, uma turnê de pré exibição irá marcar 11 capitais do país, segundo informou o pastor Gilsemar Silva, diretor da Canzion Brasil, distribuidora do filme no país.

O longa conta a história de Michael e Michelle (Stephen Anthony Bailey e Madison Lawlor), que vivem uma história repleta de amor e fé. Mas o sonho do jovem casal de ter um futuro juntos é interrompido quando Michael é diagnosticado com uma forma rara de leucemia. Eles agora enfrentam circunstâncias que vão testar os limites do seu amor e da sua fé.

Baseado em fatos reais, “Para Sempre” teve mais de 14 anos de pesquisa antes de ser filmado. Bonnie Boyum, mãe do protagonista da trama, foi quem iniciou o sonho de filmar história da luta da família contra a leucemia. Bonnie, também colaborou nas pesquisas junto ao diretor e roteirista do longa, Michael Linn.

Com produção feita pela Linn Productions e Gateway Films, o longa foi rodado em apenas dois meses e de forma autêntica, registrando vários locais onde muitos fatos aconteceram, como o hospital, as casas das famílias e a igreja nas cidades da região de Minessota, nos Estados Unidos.

Cinema cristão como ferramenta

Segundo o cantor Peter Quintino, os filmes cristãos são ferramentas não só de evangelismo, mas de edificação dos cristãos. "Tudo é válido para o Reino e para a glória de Deus, desde que o foco esteja correto. O cinema, a música e todo tipo de arte cristã são para a glória de Deus", disse ele em entrevista ao Guiame.


Cantor Peter Quintino. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Para o pastor Francisco Everton, idealizador da Expoevangélica, o cinema tem sido um canal usado por Deus para levar o Evangelho às pessoas que não iriam a uma igreja. "No momento em que ela vê na tela algo que se encaixe em sua vida, esse testemunho de fé pode transformá-la profundamente. Então a pessoa passa a acreditar em algo, principalmente porque o 'Para Sempre' não é ficção, é baseado em uma história verdadeira. Isso eu acho que é mais profundo".


Pastor Francisco Everton (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

O saxofonista e produtor musical Esdras Gallo acredita que a Igreja perdeu muito tempo buscando explicações entre o que era certo e errado. "Mas a gente está vendo o nascimento de uma nova geração que não tem problema algum com isso e trata a revelação da palavra de Deus com seriedade e responsabilidade", observa. "Quando a Igreja usa tudo o que tem em mãos e faz isso de uma maneira coerente, ela tem condições de entrar nos lares, trazer reflexão e mais do que isso, apontar um caminho".


Pastor Esdras Gallo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Segundo a esposa de Esdras, a pastora Ana Gallo, as ferramentas de entretenimento como o cinema e a música levam o foco para Cristo. "Se você ver os últimos filmes e eventos musicais, percebemos que eles atraem pessoas e as aproximam de Jesus. Perder o foco acontece depois. Na hora de evangelizar, o foco está mais acertado do que na hora de perpetuar as pessoas dentro da igreja".


Pastora Ana Gallo. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

Falta investimento dentro das igrejas em relação ao cinema e, de acordo com o pastor Washington Luiz da Silva, da Comunidade Boas Novas, esta é uma questão de cultura. "Talvez o pessoal não despertou ainda para isso, porque nós temos muitas coisas boas. Mas acho que o maior problema é não ter a cultura [do cinema nas igrejas]  não tendo cultura, não vai ter investimento. Mas eu acho que nós vamos chegar lá".


Pastor Washington Luiz da Silva. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Correa)

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Ele está me pressionando para fazer sexo

Posted: 23 Nov 2016 12:07 PM PST

Ele está me pressionando para fazer sexo

Tenho 17 anos e meu namorado tem 19. Eu sou virgem, mas ele não é. Ele disse que não iria me pressionar para ter relações sexuais, mas me faz sentir culpada por não fazer sexo. Nós já conversamos sobre isso e ele sabe que eu não quero, mas ele ainda sugere. Eu acho que nós temos um futuro juntos, mas como faço para dizer de uma vez por todas que não quero ter relações sexuais?

Eu prevejo que se vocês ficarem juntos, ele vai te pressionar até você acabar fazendo sexo com ele. É com isso que ele está contando. Ficando com ele, você está fazendo uma declaração: eu não posso desistir de você, mesmo quando você mostra que não se preocupa com as minhas convicções.

Lamento ser tão duro. Eu só quero que você tome uma decisão antes que seja tarde demais. Meu conselho seria dispensar esse cara hoje mesmo. Se você acha que isso é muito difícil, diga a ele que se ele insistir no sexo outra vez, você irá terminar com ele. Diga a ele que suas convicções sobre sexo são muito claras e você espera que ele mostre mais respeito por isso.

Talvez ele vai entender e recuar. Se ele não fizer isso, é hora de você terminar com ele. Mesmo que ele diga que te ama, suas ações deixam claro que ele não é um relacionamento, mas sexo.

Nunca é fácil terminar um relacionamento, mas você pode continuar tranquila em saber que você ainda tem seus valores, suas convicções e sua virgindade.

Tim Stafford

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"No casamento você é mais forte espiritualmente”, diz cantor Luis Filipe sobre vida a dois

Posted: 23 Nov 2016 11:55 AM PST

"No casamento você é mais forte espiritualmente

Ele é casado, acabou te ganhar um filho e prossegue em sua carreira como cantor cristão por meio de um ritmo que a cada dia ganha mais o Brasil, o sertanejo universitário. Luis Filipe, que é de Teresina, só tem 24 anos, mas já tem bastante história para contar ao pequeno Benício que nasceu no dia 15 de novembro. Em entrevista exclusiva para o Portal Guiame, ele contou sobre o fato de ter casado tão cedo.

“É uma realidade na igreja, jovens casando-se cada vez mais tarde. Eu aconselho a se casarem mais cedo, por vários motivos. A vida de casado e bem mais divertida e feliz. No casamento os dois amadurecem, no casamento você é mais forte espiritualmente e tem uma autoridade maior pra ministrar”, diz Luis que pediu sua esposa em casamento no dia 14 de abril de 2015. Um vídeo guarda o registro do emocionante momento.

“Desde muito novo eu já queria isso para minha vida, constituir família e ter responsabilidades. Um jovem certa vez me disse: ‘Por que casar cedo? E se eu me arrepender depois?’. Falei pra ele que realmente o casamento é uma importante decisão, é assumir responsabilidade, e muitos não querem assumir responsabilidades, querem viver uma vida sem compromisso”, aconselhou.

“Os namoros na grande maioria são para satisfação emocional, não visando um futuro com a namorada (o), sendo que isso e muito perigoso! Casar é renunciar todos os dias, as nossas próprias vontades. Casar é se possível dar a vida, como Cristo amou a igreja! No meu pensamento, casar é: ‘mudança de vida, e para melhor’ (risos)”.

E falando em casamento, o cantor já é pai. Seu filho Benício nasceu de parto normal e humanizado e em breve estará carregando sua lancheira para a escola. Perguntamos o que Luis acha sobre a questão da educação.

“Acabamos de ter nosso filho e com certeza é algo que nos preocupa muito. A educação, sem dúvidas, é fundamental na vida de uma criança. Acredito que a base está em casa. Educarei meu filho segundo os preceitos do Senhor, como diz em Provérbios 22: 6. ‘Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele’”, respondeu.

O cantor Luis Filipe e seu filho Benício que nasceu no dia 15 de novembro por meio deum parto natural humanizado. (Foto: Reprodução/Facebook).

Igreja

Ano que vem, os cristãos comemoram 500 anos da Reforma Protestante. Em nossa entrevista, Luis opinou sobre o cenário atual da igreja evangélica no Brasil. “Não acho que igreja atual precise de ‘nova reforma’. O que falta hoje na igreja e colocar em prática o que a Bíblia diz. Vivemos um tempo de muito ‘achismo’ e várias ‘modas’ no meio gospel. Precisamos viver a Bíblia, ela e bem clara ao afirmar: ‘conhecereis a verdade e a verdade vós libertará’. Então entendo que precisamos é conhecer a Palavra que liberta”, ressaltou.

Cenário musical

O cantor Jonas Vilar, parceiro de gravadora, a Universal Music Christian Group, acabou de lançar um novo disco e conta com a participação da dupla Bruno e Marrone. Perguntamos a Luis o que ele acha dessa interação entre cantores cristãos e artistas do meio secular.

“Na minha opinião não vejo nenhum problema, fico feliz! Pois assim a Bíblia diz que todo ser que tem vida, louve ao Senhor. Acredito que de alguma forma, aquela canção tocou seu coração, a dupla certamente refletiu e glorificou ao Senhor. Muitos cristãos não aceitam esse tipo de parceria, olham como o santo se misturando com o profano, trevas se misturando com a luz, Mas eu vejo como uma estratégia para alcançar pessoas!”, pontuou.

Neste ano Luis lançou o disco “Encontro Marcado” nas plataformas digitais (você pode ouvir no final dessa matéria). Mas, o cantor revelou que em o projeto deverá ser lançado de forma física. “Acredito que no início de 2017 estaremos com ele nas mãos”, conta.

Luis avisa que pode gravar um DVD em Fortaleza no próximo ano. “A Logos Music é meu escritório, cuida da agenda e parcerias. Em 2017 teremos muitas novidades com a Logos Music, quem sabe um DVD gravado em Fortaleza? (risos). Vamos orar!”

Formato intimista

O cantor também falou sobre o #LFAcustico, um projeto diferenciado de seu ministério. “É um formato de show que criei para atender eventos menores, como casamentos em lugares fechados, formaturas e outros eventos de pequeno porte. Geralmente e composto por voz, violão, Cajon, baixo e teclado”, finalizou.

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

A religião da saúde dietética

Posted: 23 Nov 2016 11:01 AM PST

A religião da saúde dietética

Comer é uma grande bênção... de tudo o que se tem no mercado diz Paulo, o apóstolo! Com bom senso, moderação, a mesa disposta em partilha - posto nem todos terem este privilégio - tudo vale.

Só não vale, só não pode, só faz mal, o excesso, a gula, a cobiça.

Viva a vida sabendo que a melhor saúde é a liberdade, a consciência tranquila e a glória devida a Ele quer comamos ou bebamos, lembrando que o que contamina o homem não é o que entra pela boca, mas o que sai dela - simples assim!

Nem um côvado acrescentaremos ou supriremos de nossa efêmera passagem por este mundo, disse Jesus.

Pense nisso!

 

*As opiniões aqui expressas são de exclusiva responsabilidade do autor do texto e não refletem necessariamente o posicionamento oficial do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Billy Graham diz que a Bíblia não é um 'código secreto': "Jesus usou palavras fáceis"

Posted: 23 Nov 2016 10:47 AM PST

Billy Graham diz que a Bíblia não é um 'código secreto': "Jesus usou palavras fáceis"

Muitos leitores afirmam ter descoberto um "código secreto da Bíblia". Mas será que realmente existe um significado escondido realmente por trás das Escrituras? Segundo o pastor Billy Graham, a Bíblia não é um código a ser decifrado, mas sum um livro com registros claros e profecias reveladas por Deus.

Respondendo a uma pergunta enviada por um leitor ao site do evangelista, Billy Graham foi enfático em destacar que essa suposta descoberta de um "código bíblico decifrado" é apenas especulação.

"Meu amigo acredita que a Bíblia foi escrita com base em algum tipo de código secreto e que contém todos os tipos de mensagens ocultas sobre o futuro. Ele até me mostrou um livro que supostamente explica tudo isso. Isso é verdade?", perguntou o leitor ao evangelista.

Graham não hesitou em explicar que o leitor não deveria acreditar em tais informações.

"Não, essas especulações não são verdadeiras, e você não deve acreditar nelas - por mais convincentes que pareçam. (Um especialista em informática me disse uma vez que ele suspeitava que poderia fabricar uma 'mensagem secreta' em quase qualquer parte da literatura, se ele apenas tentasse todas as possibilidades suficientes e tivesse um computador poderoso o suficiente para isso!)", disse.

O evangelista destacou que as revelações dadas por Deus aos profetas do Antigo Testamento foram ouvidas claramente e transmitidas ao povo com a mesma clareza.

"Quando os profetas do Antigo Testamento entregaram a mensagem que Deus lhes tinha dado, seus ouvintes a compreenderam (mesmo que nem sempre a obedecessem). Quando Jesus pregou aos milhares que se aglomeravam para ouvi-Lo, Ele usou palavras que as pessoas poderiam facilmente entender. Quando Paulo e os outros apóstolos escreveram cartas aos primeiros cristãos, eles fizeram com que sua mensagem fosse a mais clara possível. Deus disse ao profeta Habacuque para 'anotar a revelação e torná-la clara' (Hab. 2: 2)", lembrou.

No entanto, Graham destacou que é importante que a mente e o coração humano estejam abertos para que a Palavra de Deus penetre e promova a real transformação.

"A verdadeira questão, entretanto, é esta: A mensagem de Deus penetrou em seu coração e sua mente? Ou a Bíblia permanece como um livro fechado para você? Não se deixe enganar, mas leia a Palavra de Deus com o coração e a mente abertos. Quando você o fizer, descobrirá não só que Deus existe, mas que Ele te ama e enviou Seu Filho ao mundo para perdoá-lo e torná-lo parte de Sua família para sempre", destacou.

O pastor de 98 anos disse que muitos têm tentado distorcer a mensagem da Bíblia, mas as pessoas não devem aceitar isso e precisam buscar a verdade.

"Ao longo dos séculos, algumas pessoas tentaram mudar a mensagem clara da Bíblia: uma mensagem de esperança e vida nova em Jesus Cristo. Não vos enganeis, mas fazei dEle o centro e fundamento da vossa vida, começando por hoje", finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Criado por Juliano Son, Instituto Livre Ser completa 10 anos de ajuda a vítimas de abusos

Posted: 23 Nov 2016 10:07 AM PST

Criado por Juliano Son, Instituto Livre Ser completa 10 anos de ajuda a vítimas de abusos

O Instituto Livre Ser foi criado em 2006, pelo cantor Juliano Son, vocalista da banda Livres para Adorar. Em 2016 o projeto comemora 10 anos de atividade e celebra um grande progresso, mas a luta para dar dignidade às crianças e de levar Cristo para comunidades tão pobres prossegue. Em entrevista para o programa De Tudo Um Pouco, da Rede Super, a coordenadora de comunicação do projeto, Daniela Brandão conta como tudo começou.

“O Instituto foi fundado pelo pastor Juliano Son em 2006 para promover o resgate de crianças em situação de risco, que são crianças vítimas de violência física, abandono, orfandade e maus tratos. O pastor Juliano decidiu criar o instituto porque ele ouviu uma vez uma missionária que retornou do Nepal e ela contou como era o caso das crianças, sobre a questão da prostituição infantil. E ele se sentiu movido pela causa e disse que queria fazer algo no Brasil”, iniciou.

“O projeto dele de musicalidade também começou em função disso. O primeiro CD, ‘Livres para Adorar’, foi gerado com o objetivo de arrecadar recursos para essa causa, inicialmente no Nepal”, contou.

A coordenadora explica que o trabalho da banda está voltado para divulgar o projeto. “Hoje em dia o trabalho dele é voltado para divulgar a necessidade do acolhimento no Brasil, na questão da proteção especial a crianças e adolescentes vítimas de violação dos seus direitos e tem 10 anos que o livres, a banda, vem divulgando e impulsionando esses projetos sociais”, ressaltou.

Projetos

Daniela ainda explica quais são esses projetos. “A casa de acolhimento, que a gente tem está em Teresina (PI). Começou inicialmente em São Paulo. O projeto ‘Mais Água’ que leva soluções hídricas para comunidades que não tem acesso a água potável. O ‘Impacto Sertão Livre’, que é um movimento evangelístico que acontece duas vezes por ano em comunidades carentes, com baixo IDH e com altos índices de mortalidade infantil [e que ajuda crianças vítimas de abandono, abuso, agressão e maus tratos]. E o CTMS, que é um centro de formação missionária para o sertão. Ele serve para promover e que sejam instaladas bases missionárias por essas comunidades por onde nós temos passados e temos visto a necessidade de levar uma oportunidade. Não só de combater a sede, a mortalidade, mas de levar especialmente a oportunidade deles conhecerem a Cristo”, explanou.

“Hoje nós estamos em Teresina, no Piauí, onde a gente tem a base do escritório do ‘Instituto Livre Ser’. É lá onde nós temos o centro de acolhimento onde temos uma casa instalada com 20 crianças. Temos a segunda casa já construída para iniciar as operações até julho de 2017 e temos espaço para a construção de mais três casas. Porque segundo a lei, cada casa só pode acolher no máximo 20 crianças. Para que você possa dar conforto pra elas, ter o cuidado e uma equipe de profissionais que fica só em função daquelas 20 crianças, né? Porque ali você faz o trabalho de pai e mãe”, pontuou.

O Impacto Sertão Livre é um movimento evangelístico que acontece duas vezes por ano em comunidades carentes. (Foto: Divulgação).

Cuidados com as crianças

“A criança precisa de representação e cuidados. A gente tem psicólogos, educadores. Essa criança precisa receber amor, proteção, quem leve e busque na escola. Ensinamos a tomar banho, a comer. Às vezes elas vêm de uma condição de que elas nunca comeram. Elas não sabem o que é isso. Tem criança que come carvão, que come plástico. E ela é removida da família e quando vai pra lá, o nosso papel é ensinar essa criança a viver de forma digna”, afirmou.

“Algumas não sabem nem falar e elas chegam lá para passar por esse processo de transformação. É uma questão de negligência familiar mesmo. Os pais, às vezes, fazem uma opção por causa do uso de drogas ou casos de esquizofrenia extrema que a gente tem lá. E resolve ir pro meio do mato e vive com as crianças. Quando as crianças foram encontradas pelo concelho tutelar, elas viviam peladinhas, nunca tinham comido comida, não sabiam falar, tinham os dentes necrosados”, compartilhou.

Confira a entrevista na íntegra:

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

'Quem é Jesus?' e 'Porque Ele Vive' estão entre as buscas mais feitas no Google

Posted: 23 Nov 2016 09:11 AM PST

'Quem é Jesus?' e 'Porque Ele Vive' estão entre as buscas mais feitas no Google

Quais são as maiores dúvidas dos brasileiros no buscador do Google? A questão foi esclarecida através de um levantamento feito pela plataforma de marketing digital SEMRush, que revelou as 10 maiores dúvidas dos internautas do Brasil.

Dentre dúvidas relacionadas a tecnologia, soluções e significados de palavras estão questões ligadas à fé. O 3º item mais pesquisado no Google por brasileiros é a canção "Porque Ele Vive", um dos tradicionais hinos que compõem a Harpa Cristã. Entoada por católicos e protestantes, a música já foi gravada nas vozes de diversos cantores como André Valadão, Aline Barros, Thalles Roberto, entre outros.

O 6º item mais pesquisado no Google é a pergunta "Quem é Jesus?". Para responder a questão, o conceito apresentado pelo Wikipedia costuma ter destaque, seguido de diversos outros sites cristãos.

De acordo com o SEMRush, o levantamento foi feito nos seis primeiros meses de 2016 na base da plataforma de pesquisas por keywords, que possui mais de seis milhões de palavras-chave. Os dados representam buscas feitas no celulares e na web, considerando apenas a plataforma de buscas do Google.

Confira a lista completa dos top 10 mais pesquisados no Google [alguns empates foram contabilizados]:

1. Como chegar? 823 mil buscas

2. Como fazer tapioca? 90,5 mil buscas

3. Porque Ele Vive? 12,1 mil buscas

4. Como cozinhar batata doce? 9,9 mil buscas

4. Como usar Whatsapp no PC?  

5. Como montar um currículo?  8,1 mil buscas

5. O que significa keep calm?

6. Quem é Jesus? 5,4 mil buscas

6. Onde fica Punta Cana? 5,4 mil buscas

7. De onde é esse número? 1,3 mil

8. Como consertar ventilador? 720 buscas

9. Qual a diferença entre mal e mau? 590 buscas

10. Como se chama o esquilo da era do gelo? 140 buscas

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

O que você pode levar ou não dos hotéis?

Posted: 23 Nov 2016 08:26 AM PST

O que você pode levar ou não dos hotéis?

O que é pago e o que é cortesia dentro dos quartos de hotéis? O UOL Viagem esclareceu algumas dúvidas sobre o que pode ou não colocar na mala antes de fazer o check-out.

Xampus, sabonetes e itens de higiene

Chamados de amenities nos hotéis ao redor do mundo, xampus, condicionadores, sabonetes, cremes dentais, entre outros itens básicos de higiene são oferecidos em versão miniatura e geralmente podem ser levados. Pentes, escovas de dentes, toucas e artigos descartáveis similares também entram no pacote. Os valores desses itens estão inclusos na diária, já que a ideia é que o cliente os utilize enquanto estiver hospedado.

Segundo Ghassan AIDI, presidente da IHRA (International Hotel and Restaurant Association), não há uma regulamentação acerca do assunto ao redor do mundo. "Mas todos os hotéis devem disponibilizar um documento esclarecendo o que está ou não incluso na diária", avisa. Geralmente, informações importantes são passadas aos hóspedes em avisos afixados atrás da porta ou deixados na mesa de apoio do quarto.

Revistas e jornais

Elas podem estar dentro do quarto ou na área de convivência, mas devem ser utilizadas apenas durante o tempo de permanência no local. Podem ser levadas apenas as publicações com conteúdo promocional, como o catálogo com as unidades da rede de hotéis, por exemplo. Carimbo ou etiqueta de identificação do hotel sempre indicam que o item tem dono.

Canetas e blocos de anotações

Assim como os produtos de higiene, a ideia é que você os utilize durante o tempo de estada no hotel. Portanto, se decidir levá-los para casa, isso não será motivo de nenhum tipo de constrangimento na hora do check-out.

Roupões, toalhas e roupas de cama

Ao colocar um desses itens na mala, você corre o risco de ser acusado de furto e de responder conforme a legislação do país onde estiver hospedado. Embora a maioria dos hotéis pense duas vezes antes de expor seus hóspedes a qualquer tipo de constrangimento, se houver diversos artigos faltantes no momento do check-out, o prejuízo poderá ser repassado ao cliente.

Roupas de cama e banho, louças, além de outros itens do mobiliário podem ou não estar à venda, caso o turista tenha interesse em adquiri-los, mas isso varia de hotel para hotel. "Os itens que estão à venda geralmente constam de uma lista que fica à disposição do hóspede, em local visível do quarto de hotel, com os respectivos preços", explica Gonçalves.

Alimentos que estão fora do frigobar

Quanto aos alimentos acondicionados na geladeira do quarto, não há dúvida sobre a obrigatoriedade do pagamento vinculado ao consumo. Mesmo os alimentos deixados sobre a mesa de apoio terão seu valor debitado da conta, a menos que esteja claro o oferecimento como cortesia por parte do hotel. Isso vale até mesmo para itens simples, como sachês de café e chá.

Cabides

Eles estão entre os itens que mais frequentemente são levados pelos hóspedes dos hotéis. Por isso, a maioria das redes, na atualidade, trabalha com cabides fixos ao roupeiro. A exceção é feita aos descartáveis.

Para não correr o risco de sofrer nenhum tipo de constrangimento e ainda ter certeza de que estará usufruindo de todo o conforto que o hotel tem a oferecer, informe-se já no momento do check-in sobre tudo o que está incluído na reserva, principalmente se comprou um pacote promocional ou está participando de uma ação especial. Para uma abordagem mais discreta, se não quiser se expor, um papo rápido com o mensageiro ou a camareira pode ser o suficiente.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Internautas protestam contra palestra 'homofóbica' e pastora esclarece: "Meu papel não é julgar"

Posted: 23 Nov 2016 08:24 AM PST

Internautas protestam contra palestra 'homofóbica' e pastora esclarece: "Meu papel não é julgar"

Pastora Isildinha Muradas (esquerda) e parte do banner polêmico (direita). (Imagem: Facebook)

O post sobre um evento da Igreja Batista Getsêmani, unidade Missão Portugal, em Belo Horizonte acabou gerando muita polêmica nas redes sociais durante os últimos dias e internautas acabaram classificando a iniciativa da comunidade cristã e da palestrante como "homofóbicas".

A polêmica começou quando o pastor Clovis da Costa, líder da unidade Missão Portugal (filiada à Igreja Batista Getsêmani), compartilhou a divulgação do curso com o título “Como prevenir e reverter a homossexualidade”, informando que este seria ministrado pela pastora e "psicopedagoga" Isildinha Muradas no próximo dia 24 de novembro.

Diversos internautas começaram a protestar contra o evento, afirmando que a iniciativa tinha um caráter "homofóbico".

“Que eu saiba Jesus nos mandou amar o próximo, queridos, como ele nos amou. Sou cristã, evangélica e estudante de psicologia e senti muita vergonha quando li isso”, comentou uma internauta na postagem do evento, feita na página da própria unidade Missão Portugal.

Uma mobilização foi criada por internautas para protestar contra a palestra, com o seguinte convite: "mobilização contrária a essa agressão e disseminação de ódio ministrada por aquela que se diz psicopedagoga: Isildinha Muralhas (pastora)". Muitos aprovaram o convite e já aderiram ao movimento.


Esclarecimento
Porém a própria pastora Isildinha cuidou de explicar que toda essa polêmica não tem fundamento, já que sua palestra nunca teve a homossexualidade como tema. Na verdade, o tema real da palestra era "Orientando Pais Sobre a Sexualidade de seus filhos" e a divulgação já tinha sido postada por ela mesma em seu perfil oficial do Facebook. Além disso, ela esclareceu que nunca se apresentou como psicopedagoga em nenhum lugar e o banner polêmico foi produzido pelo pastor Clóvis da Costa por contra própria dele, alterando o tema e as informações profissionais da palestrante.

Postagem feita pela pastora Isildinha Muradas, semanas antes do pastor Clóvis Costa divulgar o post polêmico. (Imagem: Facebook)

"Eu sou pastora, odontopediatra e orientadora de famílias na área de educação de filhos. Desde o dia 06 de novembro, eu venho postando um folder sobre uma palestra marcada para o dia 24 de novembro, intitulada 'Orientando Pais Sobre a Sexualidade de Seus Filhos'. Nessa postagem, eu tive muitos 'likes' e muitos comentários positivos", explicou.

"Porém na última segunda-feira (22), o pastor Clóvis Costa e Santos, que me convidou para ministrar essa palestra, resolveu por conta própria, fazer um novo folder com informações que ele 'achou' que seriam verdadeiras, sem ao menos me consultar. Ele 'achou' que deveria mudar o título da palestra e também 'achou' que eu era psicopedagoga", acrescentou.

Confira o vídeo completo logo abaixo:

Na última terça-feira, a igreja apagou o post com o banner elaborado pelo pastor Clóvis e divulgou a publicação com as informações corretas.

Procurado pelo portal 'Hoje em Dia', o pastor Atilano Muradas, marido de Isildinha, afirmou que o casal não estava ciente sobre as alterações feitas pelo pastor Clóvis e acabou sabendo das mudanças após a polêmica.

"A igreja onde vai ocorrer a palestra colocou esse post por conta própria, nem nós sabíamos. Quando vimos, entramos em contato e pedimos para trocar, porque estava errado", disse.

Pastor Atilano também destacou que não é papel da Igreja, promover qualquer tipo de preconceito.

"Em uma palestra para orientar pais sobre sexualidade dos filhos, esse assunto pode ser tocado em algum momento. Mas não tem nada disso, porque a Igreja não tem esse papel", afirmou.


Posicionamento da Igreja Batista Getsêmani
Líder da Igreja Batista Getsêmani, o pastor Jorge Linhares também publicou um vídeo, no qual apoiou a pastora Isildinha e afirmou que a palestra não foi cancelada, já que o tema original foi divulgado pela igreja que sediará o evento e notas de esclarecimentos já estão sendo divulgadas.

"Muitas semanas antes da polêmica, a informação correta já estava sendo difundida nas redes sociais", destacou.

O pastor também lembrou que há assuntos mais importantes para que as pessoas se rebelem, em vez de ficar focadas no fruto de um boato.

"Nós temos coisas mais importantes para nos preocuparmos. Tem gente morrendo de fome, se suicidando... tanta gente com problemas e outros estão preocupados com o que as pessoas estão fazendo com seus órgãos sexuais. Isso é um problema seu, querido. Uma coisa eu sei: Jesus Cristo ama a todos nós, só não ama as nossas práticas que a Bíblia condena", finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Evangelista celebra progresso na cura de câncer e pede: "Precisamos continuar orando"

Posted: 23 Nov 2016 07:20 AM PST

Evangelista celebra progresso na cura de câncer e pede: "Precisamos continuar orando"

O evangelista cristão, autor e ex-muçulmano Nabeel Qureshi, que tem lutado contra um estágio avançado de câncer de estômago, informou na semana passada que seu tumor está completamente desaparecido. "O que aconteceu é notável", disse ele em um vlog na última quinta-feira (17). "A massa primária do tumor que estava no meu estômago se foi".

Quando o câncer foi descoberto, Nabeel disse que o prognóstico era "bastante sombrio" e com grande risco de vida. Agora, a história é diferente. Não só o tumor desapareceu, mas os gânglios linfáticos cancerígenos perto do estômago estão "todos resolvidos também".

"Este é um momento de alegria para a nossa família", disse ele, acrescentando que os resultados dos testes lhe deram um "alívio enorme".

Mas sua batalha contra o câncer ainda não acabou. A parede do estômago de Nabeel ainda mostrou aumento da captação de glicose nas varreduras, um sinal de câncer. Além disso, há outro linfonodo longe de seu estômago que também parece ser cancerígeno.

"Ele ainda está aumentado e ainda está tomando uma grande quantidade de glicose, então eles [os médicos] ainda estão considerando-o ativamente cancerígeno, mas diminuiu um pouco de tamanho e diminuiu a captação de glicose", disse ele.

Processo

O evangelista explica que ainda existem pontos a serem resolvidos. "Nessa história, algumas coisas foram totalmente curadas e o resto foi parcialmente curado. Não há nenhum novo tumor", ressaltou.

"Eu acho que estou no meio de uma cura onde faltam apenas poucos passos para o final", disse Nabeel. "Acho que também estou começando a ver Deus com mais clareza. Antes do câncer, vi Deus com muito cuidado em relação à teologia", explicou Qureshi.

"Eu não queria dizer ou fazer algo no qual eu não tivesse 100% de certeza. Mas eu estou começando a perceber que, embora devamos seguir uma boa teologia, não acho que devemos viver nossa vida cristã de forma defasada", pontuou.

“Continuem orando! Precisamos continuar orando. Muito obrigado por todas as suas contínuas orações, amor e jejum. Estou sobrecarregado", disse Qureshi. "Este é um tempo para se alegrar, mas depois eu vou voltar para mais uma maratona intensa de oração ao Senhor, pedindo a cura", finalizou.

Assista ao vídeo na íntegra (em inglês):

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Atleta cristão usa dia de folga para visitar crianças em hospital: "Oro por milagres"

Posted: 23 Nov 2016 06:24 AM PST

Atleta cristão usa dia de folga para visitar crianças em hospital: "Oro por milagres"

Entre os jogos da temporada da Liga de Futebol Americano, o jogador dos Seahawks, Russell Wilson tem o costume de visitar semanalmente o Hospital Infantil de Seattle. Ele recentemente passou seu dia de folga com as crianças internadas no local e registrou sua visita com uma postagem no Facebook e no Instagram.

Na visita mais recente de Wilson, ele levou presentes para distribuir para as crianças no hospital. Em janeiro deste ano, a Nike assinou um contrato com o jogador para patrociná-lo e lançar um modelo de tênis com seu nome por um longo período. O atleta decidiu doar seu primeiro lote do modelo do tênis às crianças internadas.

Russell, que fala abertamente sobre sua fé cristã, gosta de fazer as visitas ao hospital com sua esposa. Às vezes, ele também convida alguns atletas famosos e celebridades de Hollywood para acompanhá-lo.

Quando questionado sobre essa visita mais recente, Wilson observou que era um dia especial, mais importante que qualquer jogo que ele tivesse ganho. Ele aprecia a oportunidade de ver o sorriso de uma criança por em suas visitas. Ele sabe o que significa ter seus entes queridos no hospital, pois seu pai morreu em 2010, depois de lutar contra diabetes e sua mãe é enfermeira de um pronto-socorro.

Recentemente, o ator Chris Pratt ("Parque dos Dinossauros" e "Guardiões da Galáxia"), que também é cristão, como Wilson, acompanhou o atleta em dezembro passado.

Pratt considera Russell Wilson como um de seus modelos de conduta. Em seu post, Pratt pediu a seus seguidores de mídia social para orarem pelas crianças que não podem estar em casa para celebrar o Natal, devido à sua doença. Em seguida, passou a citar Salmo 37: 3-4: "Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra, e verdadeiramente serás alimentado. Deleita-te também no Senhor, e te concederá os desejos do teu coração".

Wilson considera as visitas ao hospital como sua oportunidade de retribuir por todas as bênçãos que Deus tem derramado em sua vida.

"Compartilhar momentos com as pessoas e a ideia de que nada é perfeito na vida, mas que podemos encontrar uma maneira de compartilhar o amor e retribuir, com esperança, dar um sorriso a alguém, essa é a esperança", destacou.

"Estou orando por um milagre. Sempre que você vê um garoto de oito anos de idade, 10 anos, seis anos, talvez um recém-nascido, nunca é uma boa visão, mas finalmente você espera e acredita que essa pessoa será capaz de superar a situação e espero que você será capaz de incentivar os membros da família também também", acrescentou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor diz que sírios "têm sede de saber mais de Deus", apesar da guerra

Posted: 23 Nov 2016 06:10 AM PST

Pastor diz que sírios "têm sede de saber mais de Deus", apesar da guerra

Quase seis anos depois que a guerra civil estourou na Síria, muitas pessoas ainda estão conhecendo a Cristo e indo para a igreja pela primeira vez, pedindo suas próprias Bíblias. Quem informa é um pastor do país. Ele afirmou que em Tartus, na costa síria, "as pessoas têm sede de saber mais de Deus".

Através de parceiros da igreja pelo mundo todo, o ministério Portas Abertas distribuiu cerca de 12.300 Bíblias, 1.600 Bíblias de estudo e 6.800 Bíblias infantis na Síria, de janeiro a setembro deste ano. Também deu 73.792 novos testamentos.

Alguns destinatários já eram cristãos, que fugiram de suas casas com apenas as roupas do corpo, mas outras pessoas que ainda nunca tinham ido a uma igreja também receberam as doações.

Um Natal diferente

O Pastor B (nome não revelado por motivo de segurança) decidiu não decorar sua igreja para o Natal, como um sinal de respeito àqueles que estão sofrendo na guerra prolongada. "Por causa da guerra, não há decoração na igreja, não há luzes, não há árvore de Natal. Há dor em cada pessoa, até mesmo os nossos vizinhos. Há dor e muito sofrimento. Vamos respeitar seus sentimentos e pausar as celebrações", disse ele.

Em vez disso, os membros da igreja irão visitar campos de refugiados com presentes e farão uma apresentação de natal para as crianças. "Conversamos com essas crianças sobre como Jesus nasceu em um estábulo e como Ele fugia de uma área para outra, assim como os refugiados. E como Deus protegeu Jesus da mesma maneira que os protege agora", explicou.

"Quando damos os presentes que são trazidos de outras crianças para eles, isso faz com que eles se alegrem juntamente com suas famílias. Eles aprendem que o verdadeiro significado do Natal é ajudar aqueles que estão em necessidade. Nossos filhos têm roupas, mas há crianças que não têm o que vestir. Nossos filhos têm comida e sapatos, mas existem crianças que não têm comida nem sapatos”, ressaltou.

"Comemoramos o Natal agora reunindo nossos membros da igreja e trazendo coisas para dar às crianças que não têm nada, é uma coisa linda no Natal", pontuou.

Desde o início da guerra civil em 2011, cerca de 11 milhões de sírios, metade da população total, fugiram de suas casas. Cerca de 4,8 milhões se refugiaram em países vizinhos, como o Líbano e a Jordânia, ou ainda mais longe. Os restantes foram deslocados internamente. Pelo menos 13,5 milhões de pessoas precisam de ajuda na própria Síria e mais de 400 mil pessoas foram mortas desde o início do conflito, incluindo mais de 12 mil crianças.

A igreja do Pastor B apoia 2 mil famílias a cada mês com dinheiro para aluguel, suprimentos de comida e roupas.

Em toda a Síria, o ministério Portas Abertas tem fornecido apoio, salva-vidas, suprimentos, cuidados de trauma e micro-empréstimos para 12 mil famílias, a cada mês. Em Homs, Damasco e Maaloula, o ministério também está ajudando a reconstruir as casas de famílias que puderam voltar para casa.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: