Notícias Gospel (neste email contem: 3 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 3 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

YouTube exclui canal que tenta salvar bebês do aborto: “Nocivo e perigoso”

Posted: 06 May 2018 07:16 AM PDT

YouTube exclui canal que tenta salvar bebês do aborto:

Na semana passada, o YouTube suspendeu a conta “Abortion Pill Reversal - APR” (Pílula de Reversão do Aborto, em tradução livre), por "repetidas ou graves violações das diretrizes da comunidade". Apenas quatro vídeos haviam sido publicados na conta. Os vídeos "ofensivos" incluíram um seminário explicando o uso da pílula em termos científicos e médicos. Os outros três vídeos contavam histórias de mulheres que escolheram a vida para seus bebês, usando a APR.

Citando suas políticas de "conteúdo prejudicial ou perigoso", o YouTube optou por suspender totalmente a conta da APR, explicando que "não permite conteúdo que encoraje ou promova atos violentos ou perigosos que tenham um risco inerente de sérios danos físicos ou morte". Exemplos que violam esta política são vídeos sobre "fabricação de bombas instrucionais, jogos de asfixia, uso de drogas pesadas ou outros atos em que possam resultar ferimentos graves".

O movimento surgiu há poucas semanas depois que um novo estudo descobriu que o protocolo de reversão do aborto é seguro e eficaz para mulheres que mudaram de ideia depois de iniciar um aborto químico. O estudo, que acompanhou 754 mulheres que queriam interromper o aborto químico em andamento, relatou uma taxa de sucesso de 68% na reversão dos efeitos do mifepristone, a primeira pílula do processo de abortamento químico.

O protocolo APR envolve a administração de progesterona para neutralizar a primeira pílula abortiva. A progesterona é aprovada pela FDA e tem sido usada para prevenir abortos desde a década de 1950. Desde 2007, mais de 500 mulheres usaram o protocolo APR para salvar seus bebês do aborto. Hoje, o protocolo é apoiado por uma rede de 350 provedores de serviços médicos.

A Heartbeat International, que assumiu as rédeas da APR Network iniciou o processo de apelação formal com o YouTube há cerca de duas semanas.

Não é estranho que a Heartbeat International tente silenciar a mensagem da APR, de salvar vidas. Apesar de sua segurança e eficácia, o protocolo tem sido criticado por defensores do aborto, que se opõem ao direito de uma mulher escolher não terminar um aborto indesejado.

Desde o início de 2016, a Heartbeat International derrotou com sucesso vários esforços dos burocratas da Califórnia para impedir que os enfermeiros aprendessem sobre o protocolo de salvar vidas.

Confira um dos vídeos classificados como "nocivo e perigoso", republicado na plataforma Vimeo:

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Países da Ásia aprovam leis proibindo conversões ao cristianismo

Posted: 06 May 2018 05:43 AM PDT

Países da Ásia aprovam leis proibindo conversões ao cristianismo

Quatro países do sul e sudeste da Ásia agora têm leis que proíbem a conversão de seus cidadãos de religião majoritária, e outros dois países estão considerando a implementação da legislação, além de inúmeras outras nações da região que proíbem a blasfêmia e a apostasia, voltadas principalmente para missionários cristãos.

Na terça-feira (8), a ala internacional da Alliance Defending Freedom (Aliança em Defesa da Liberdade) apresentará um documento sobre as leis que regulam as conversões com o embaixador dos Estados Unidos, Samuel Brownback.

Comumente conhecidas como leis anticonversão, a legislação regula o ato de conversão para outra religião através de termos vagamente definidos de "indução", "força" ou "meios fraudulentos". Essas palavras poderiam incluir trabalho social, oração pelos enfermos ou mesmo evangelismo.

Essas leis estão em vigor em partes da Índia e em todo o Nepal, Mianmar e Butão, enquanto o Sri Lanka e uma província no Paquistão ainda precisam aprovar uma lei semelhante. Com exceção do projeto de lei no Paquistão, onde as religiões minoritárias estão supostamente sendo protegidas por meio da legislação, a lei é baseada na premissa de que a religião majoritária está sob ameaça.

"Nenhuma pessoa ou grupo deve viver com medo de ser morto, torturado ou oprimido por causa de suas crenças religiosas. O surgimento de leis anticonversão no mundo atesta a crescente crise da liberdade religiosa", disse Balakrishnan Baskaran, consultor jurídico da ADF International.

Índia

No mês passado, o estado indiano de Uttarakhand tornou-se o oitavo a aprovar a legislação, que é oficialmente chamada de "Lei da Liberdade Religiosa" na Índia, mas tem a pretensão de punir aqueles que facilitam conversões religiosas, especialmente conversões do hinduísmo ao cristianismo. Essa lei leva uma pena de prisão de até dois anos.

"Nacionalistas hindus" declararam a razão para as leis anticonversão é que cristãos e muçulmanos estão usando a coerção para converter hindus vulneráveis ​​nas castas mais baixas, também conhecidos como dalits ou intocáveis. Nacionalistas também citaram a necessidade de 'proteger a identidade cultural das comunidades tribais do país.

As leis anti-conversão surgiram pela primeira vez na década de 1930 nos estados onde a Grã-Bretanha não tinha regra direta na época. O parlamento indiano considerou vários projetos de lei anticonversão após a independência em 1947, mas todos foram eventualmente abandonados. No entanto, devido à estrutura federal da Índia, as legislaturas estaduais foram capazes de aprovar medidas anti conversões.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor diz que a cultura tem distorcido a imagem de Jesus e alerta contra “falsos cristos”

Posted: 05 May 2018 08:12 AM PDT

Pastor diz que a cultura tem distorcido a imagem de Jesus e alerta contra

O pastor sênior da Calvary Baptist Church nos Estados Unidos, David Schrock explicou em um artigo publicado no site Ten Cultural Christs que Jesus pode ter sua imagem distorcida por vários cristãos que deixam a cultura falar mais alto que a Palavra de Deus. “Infelizmente, muitos ‘cristãos’ hoje teriam problemas para definir quem Jesus é, pois muitos usam esse nome para promover diversas ideias”, escreveu.

“Dessa forma, tão importante quanto apresentar uma visão positiva de Jesus quando pregamos a doutrina de quem é Cristo, é mostrar os falsos Cristos que têm conquistado a preferência em nossa sub-cultura cristã”, alertou o pastor.

David compartilha alguns “Cristos culturais”, intencionalmente caricaturados para mostrar as falsas imagens de Jesus que tem sido reproduzidas.

Jesus Terapêutico: “De forma delicada e sutil, ajuda a melhorar a auto-estima através do pensamento positivo. Seus seguidores minimizam o pecado e tratam a religião como um reforço para enfrentar a semana”.

Jesus Treinador: “Vai te dar as dicas e as ferramentas para ser bem sucedido em qualquer coisa que você fizer. Seus seguidores o procuram de acordo com o interesse pessoal – Jesus Gerente, Jesus Goleador, Jesus Casamenteiro”.

Jesus Guerreiro: “É super macho e pode ser confundido com Jack Bauer (24 Horas). Seus seguidores (na maioria homens) se enfurecem contra as imagens feminilizadas de Jesus e confundem ‘masculinidade’ com piedade”.

Jesus do Evangelho Social: “Melhora a sociedade através da justiça social e suprindo necessidades. Silenciando o Evangelho, esses seguidores constroem casas, alimentam os pobres e combatem a AIDS por Jesus. Lema: Pregue o Evangelho e, se necessário, use palavras”.

Jesus Buginganga: “Se torna o talismã cristão. A presença dos produtos Jesus combate o pecado. Seus seguidores se enfeitam com a parafernália cristã e focam em viver por Jesus”.

Jesus Rock Band: “Baseia sua igreja nas atividades divertidas e música legal. Seus seguidores vivem atrás de shows cristãos, acampamentos, retiros e outros eventos desse tipo. Lema: Deus é fera”.

Jesus Paz e Amor: “Rejeita religiosos intolerantes e apenas ama a todos como eles são. Seus seguidores questionam autoridades, verdades objetivas, julgamentos e a religião institucional, mas amam mentes abertas. Lema: Deus é amor; tudo é espiritual”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: