Notícias Gospel (neste email contem: 13 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 13 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Maurício Zágari lança livro de ficção pela Editora Mundo Cristão

Posted: 21 Jun 2018 08:45 AM PDT

Maurício Zágari lança livro de ficção pela Editora Mundo Cristão

O teólogo Maurício Zágari lança a obra “Sete Enigmas e um Tesouro”, segundo livro da série "Aventuras de Daniel", publicada pela Editora Mundo Cristão. O livro é um eletrizante thriller espiritual repleto de aventura, ação, investigação e adrenalina, com uma história que promove excelentes valores.

No primeiro livro da série, “O Enigma da Bíblia de Gutenberg”, Daniel investiga um crime cometido dentro de sua própria igreja. Embora ele tenha enfrentado altos riscos, também aprendeu lições valiosas sobre si mesmo e sua fé.

Nesta nova trama, o protagonista tem que desvendar sete enigmas bíblicos para salvar a vida de seu melhor amigo, que se meteu em uma enrascada e desapareceu. Se ele não for encontrado logo, poderá perder a vida. Somente os conhecimentos bíblicos e muita sagacidade poderão ajudar Daniel a superar os desafios e salvar a vida do colega.

Excelente opção de literatura para toda a família, “Sete Enigmas e um Tesouro” elucida lições preciosas contidas na Bíblia de uma forma cativante e curiosa. A obra possui fascinante enredo, que prende a atenção do leitor do início ao fim.

O livro aborda temas como a importância da verdadeira amizade, a atenção ao julgamento pelas aparências, os perigos do namoro em jugo desigual, a centralidade da Palavra de Deus e da oração na vida do cristão, entre outros assuntos. Uma obra altamente indicada para quem quer se divertir para valer, mas sem negociar os bons valores da fé cristã.

“Sete Enigmas e um Tesouro” é também um ótimo recurso para os pais, professores e líderes de adolescentes e jovens que podem usar a obra como excelente material para a promoção de debates, discussões e palestras. A novidade chega às livrarias a partir de julho.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

A oração em 4 Níveis: o poder da persistência

Posted: 21 Jun 2018 08:17 AM PDT

A oração em 4 Níveis: o poder da persistência

“E contou-lhes também uma parábola sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer.” (Lucas 18.1)

A grande dificuldade que temos visto hoje em dia, em relação à oração, é que as pessoas não conseguem persistir em sua busca por milagres, desanimando e desistindo de estar na presença do Senhor. Isso acontece principalmente porque elas não conseguem alcançar aquilo que desejam, então desistem de orar.

Jesus Cristo ensinou: "Peçam, e será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta será aberta. Pois todo o que pede recebe; o que busca encontra; e àquele que bate, a porta será aberta” (Mateus 7.7 – 8). Este ensinamento fala justamente sobre a persistência na oração.

O que o Mestre dos mestres está ensinando, é que devemos persistir em buscar a Deus, sem desanimar. Este é tema da nossa aula que será transmitida no Facebook. Quando você desiste de pedir, a tua fé acaba sendo afetada e a tua vontade de orar diminui cada vez mais, até não restar mais nenhum tipo de ânimo para o exercício do clamor.

Ao ensinar sobre a persistência na oração, Jesus nos assegura que seremos recompensados o momento oportuno, mas demonstra ser necessário experimentar ao menos três níveis de persistência: pedir, buscar e bater. Ele ensina que a persistência nestes níveis irá resultar na resposta que precisamos.

O Senhor Jesus Cristo dá o exemplo através de uma parábola que fala sobre como a persistência pode ser recompensadora. Esse ensinamento é revelado pelo Evangelho de Lucas 18. 1 – 8. Esse é um dos melhores ensinamentos do Mestre sobre o exercício da fé e da oração.

Nesta parábola, conforme descrita pela Palavra de Deus, havia um juiz que não temia ao Senhor, assim como uma viúva que se dirigia continuamente a ele, buscando para que este fizesse justiça contra seu adversário. O juiz se recusou a ajuda-la por algum tempo, mas acabou cedendo por causa da persistência.

O juiz tomou a decisão dizendo: “Embora eu não tema a Deus e nem me importe com os homens, esta viúva está me aborrecendo; vou fazer-lhe justiça para que ela não venha mais me importunar”.

E o Senhor continuou: "Ouçam o que diz o juiz injusto. Acaso Deus não fará justiça aos seus escolhidos, que clamam a ele dia e noite? Continuará fazendo-os esperar? Eu digo a vocês: Ele lhes fará justiça e depressa” (Lucas 18.8).

Portanto, a oração é como uma causa na justiça, sendo que primeiro estamos nas instâncias comuns, na vara especializada, que é julgada por um juiz de direito. Depois podemos subir ao nível de um tribunal judicial, onde um desembargador irá julgar a causa. Mas no terceiro nível, entramos nos tribunais superiores, onde ministros irão julgar.

Na prática, nossa oração passa primeiro pela instância terrena, quando oramos pedindo, em seguida buscamos a intercessão do Espírito Santo e por fim batemos declarando a vitória sobre todas as dificuldades. É o que diz a Bíblia: “Tudo o que vocês pedirem em oração, creiam que já o receberam, e assim sucederá” (Marcos 11.24).

Por que comparar o processo da oração aos trâmites em um tribunal? Porque a oração é a única forma de vivermos os direitos do Reino de Deus em sua plenitude. Lembre-se da orientação de Jesus “Mas, buscai primeiro o reino de Deus, e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas” (Mateus 6.33).

Na parábola que Jesus contou, a viúva primeiro vai pedir por causa da sua necessidade, é o que eu chamo de nível de escravo. Depois ela busca por causa dos problemas, o nível emocional. Por fim, ela procura o juiz reclamando seus direitos, é o nível de filho. Então o juiz dá a sentença em favor da viúva.

Myles Monroe, quando esteve no Brasil, falou de uma experiência que teve com um rabino. Ele conta que o judeu ensinou que existe um costume entre os pais em Israel, que é de negar por três vezes o pedido de um filho. Segundo ele, o objetivo disso é para que o filho aprenda sobre os direitos que têm.

Ao ensinar sobre isso, ele explicou que o filho vai à primeira vez ao pai: “Pai, sou seu filho, quero isso”. Então o pai nega o pedido, dizendo não ao filho. O rabino disse a Myles que o primeiro não quer dizer: “Você crê que merece?”.

Então, o filho vai ao pai uma segundo vez, e diz: “Pai, eu insisto, eu sou seu filho, quero isso”. Novamente o pai irá negar o pedido ao filho. O segundo não quer dizer que o pai está testando o desejo do filho.

O filho insiste pela terceira vez: “Pai, eu ordeno o meu direito como filho”. E então o pai diz não novamente. O terceiro não significa que o pai está testando para saber se você sabe que tem direito mesmo. É uma maneira de testar o quanto o filho quer alguma coisa.

Finalmente, na quarta tentativa, o filho diz ao pai: “Tenho direito, porque sou seu filho”. Neste momento o pai responde positivamente, dando ao filho aquilo que ele pediu. O filho alcançou o entendimento do direito e recebeu o que pediu.

Somente quando o filho atinge a maturidade e está pronto para receber aquilo que deseja do pai é que ele consegue chegar ao 4º nível. Nessa fase ele recebe o direito de reivindicar aquilo que ele deseja como filho. Nesta faze o pai lhe entrega tudo, pois ele provou merecer.

Na Bíblia temos o caso do “filho pródigo”, que reivindicou sua parte na herança e o pai lhe atendeu. Porém, neste caso, o filho ainda não estava maduro para receber e acabou perdendo toda a sua herança.

É assim que deve acontecer com a oração. Nós devemos insistir, pedir ao Senhor, buscar o que desejamos, bater até que que Ele nos atenda. Devemos persistir na oração, importunando a Deus, até alcançarmos a maturidade que Ele exige. Portanto, se você já orou e não recebeu resposta, continue insistindo, pois talvez Deus esteja esperando a sua insistência para te entregar o que você precisa.

 

Por Joel Engel, pastor, líder do Ministério Engel, em Santa Maria (RS) e fundador do Projeto Daniel, que ajuda crianças órfãs em países da África.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor que foi torturado louva a Deus enquanto é libertado da prisão

Posted: 21 Jun 2018 07:46 AM PDT

Pastor que foi torturado louva a Deus enquanto é libertado da prisão

Um pastor chinês da província de Guizhou, que foi torturado pelas autoridades para confessar acusações forjadas de espionagem, foi libertado da prisão na última terça-feira e a atitude do líder cristão diante da liberdade emocionou aos que o receberam. O pastor Yang Hua, da Igreja Pedra viva, irrompeu em uma atitude de louvor sincero a Deus com uma canção de adoração, depois de ter recebido sua liberdade.

A organização 'Christian Solidarity Worldwide' disse que depois de completar sua sentença de dois anos e meio, Yang foi libertado, podendo voltar para seus amigos e partidários, mas segundo eles, o líder cristão ainda está sofrendo com vários problemas de saúde não especificados e precisa de tratamento.

Yang estava preso desde dezembro de 2015, acusado por oficiais do governo de espionagem contra o Partido Comunista, depois de um ataque à sua igreja, onde seu computador e disco rígido foram levados.

O advogado de Shandong, Zhao Yonglin, argumentou em janeiro de 2017 que Yang havia sido torturado e abusado verbalmente para fazer uma confissão falsa, embora as autoridades tenham rejeitado as alegações.

O pastor também foi forçado a assistir ao fechamento da Igreja Pedra Viva - que ele liderava - depois que oficiais fecharam o escritório da igreja e suspenderam suas contas bancárias.

Yang e o pastor Su Tianfu, outro líder da igreja, foram multados em mais de US$ 1 milhão por arrecadar as chamadas doações "ilegais" dos membros da congregação, apesar de argumentarem que o dinheiro era dado livremente pelos crentes.

"Enquanto saudamos a libertação do pastor Yang Hua, reiteramos nossa crença de que ele nunca deveria ter sido julgado e condenado, em primeiro lugar. O pastor Yang Hua e o pastor Su Tianfu foram alvos por causa de sua liderança na Igreja da Pedra Viva, uma igreja independente, que se engajava em atividades religiosas pacíficas, servia sua comunidade e apoiava membros carentes da congregação", disse Mervyn Thomas, diretor executivo da CSW.

"Estamos extremamente preocupados com a opressão das autoridades às comunidades religiosas independentes na China, em particular o uso de detenções arbitrárias e tortura para pressionar os líderes religiosos a interromper suas atividades", acrescentou. "Pedimos às autoridades para cessar todo o assédio à Igreja Pedra Viva e outras igrejas independentes, e para liberar imediatamente e sem condições todos aqueles detidos em conexão com sua religião ou crença".

A ChinaAid - organização americana de apoio à igreja perseguida na China - forneceu mais detalhes sobre a libertação de Yang, observando que, enquanto estava na prisão, o pastor contraiu vasculite, o que o tornou incapaz de andar devido a cuidados médicos inadequados. Durante seu tempo na prisão, ele também desenvolveu diabetes.

Sua esposa, Wang Hongwu, revelou que o pastor 'começou a cantar em alta voz após sua libertação' na terça-feira, apesar de tudo o que ele passou.

"Embora meu marido tenha experimentado a desgraça, sua crença permanece firme", acrescentou Wang.

A ChinaAid argumentou que o julgamento e a sentença de Yang foram manipulados pelas autoridades, uma vez que os participantes da Igreja da Pedra Viva vazaram um documento confidencial mostrando que a corte recebeu uma ordem específica de funcionários do governo para atacar a igreja clandestina.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor é considerado “herói” após deter atirador em supermercado

Posted: 21 Jun 2018 07:26 AM PDT

Pastor é considerado

Um pastor está sendo saudado como herói depois de impedir um atirador de prosseguir com seus planos, após ferir três pessoas na última segunda-feira (18) em Washington, nos Estados Unidos.

Tim Day, de 44 anos, atingiu um adolescente em um posto de gasolina na cidade de Olympia e feriu mais duas pessoas em uma loja da rede de supermercados Walmart, em Tumwater. Foi quando o pastor David George usou uma arma para imobilizar o atirador.

O drama começou quando a polícia de Olympia foi notificada de um possível roubo de carro em um posto de gasolina. O suspeito se aproximou de uma família e tentou roubar o carro, mas não obteve sucesso. No entanto, um menino de 16 anos foi atingido por um tiro.

Tim fugiu do local e foi em direção à cidade de Tumwater. O suspeito abandonou o veículo após batê-lo em um cruzamento e tentou roubar pelo menos outros dois automóveis. Uma outra vítima sofreu ferimentos leves nessas tentativas.

O criminoso conseguiu roubar um terceiro veículo e foi até o supermercado Walmart, onde abriu fogo contra uma vitrine de munição trancada e retirou algumas armas. O atirador saiu da loja e tentou roubar outro carro, mas atirou no motorista que reagiu.

O suspeito então se aproximou de outro carro, mas foi atingido e morto por dois clientes armados. Um deles era David, que é técnico de emergências médicas do Corpo de Bombeiros e pastor da Assembleia de Deus de Oakville.

“Ele é um herói”, disse Brian Adams, que presenciou a cena no local. “Eu acho que mais pessoas poderiam ter sido baleadas com o que esse cara estava fazendo”.

Inicialmente, o pastor queria permanecer anônimo para manter a “dignidade e integridade” de seu ministério, mas reconsiderou depois de ter sido considerado inocentado de qualquer irregularidade.


Pastor David George falando em coletiva de imprensa nesta quarta. (Foto: Reprodução)

“Eu tinha certeza que eram tiros e eu sabia como deveria agir, considerando a minha segurança e do público da loja. Eu estava preocupado com minha própria família e procurava encontrá-los e sair do prédio”, disse ele em uma coletiva de imprensa nesta quarta (20).

David tem permissão legal como portador de armas e possui treinamento para o uso de armas de fogo em ações de defesa. Como bombeiro, ele também é um oficial de segurança credenciado.

“Eu agi para proteger minha família e outras pessoas do atirador e sua óbvia intenção de matar. Isso está de acordo tanto com o treinamento como atendente de emergência quanto com meu papel como pastor, marido, pai e avô”, declarou David.

“Minha família, minha congregação e eu estamos orando pela recuperação completa das vítimas dos tiros e por todos aqueles que estão sofrendo com esse acontecimento, incluindo a família do atirador”, acrescentou o pastor.

A polícia ainda está tentando descobrir as motivações do atirador, mas especulam que Tim lidava com problemas mentais. De acordo com o site KOMO News, o homem foi demitido de seu emprego como mecânico duas semanas antes do crime, por causa de comportamento.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Líder do Jesus Culture diz que jovens se cansaram de pregadores que ocultam pecados

Posted: 21 Jun 2018 06:10 AM PDT

Líder do Jesus Culture diz que jovens se cansaram de pregadores que ocultam pecados

Kim Walker-Smith, vocalistas do grupo de louvor Jesus Culture disse que os líderes cristãos devem ser mais transparentes no púlpito porque membros, especialmente a nova geração, não querem ser ministrados por alguém que está encobrindo um pecado que mais tarde se tornará público.

"Uma das coisas mais poderosas que podemos fazer é continuar a viver uma vida de transparência, porque eu acho que essa geração está cansada de ser ministrada por alguém que de repente, sai no noticiário com algum tipo de pecado obscuro em seu armário", disse Walker-Smith ao The Christian Post em uma entrevista recente.

A mãe de três filhos fez um comentário semelhante sobre o movimento #MeToo e Hollywood, dizendo que as pessoas não estão mais tolerando que as pessoas no poder escondam seus atos malignos.

"Quando você é capaz de se esconder atrás de uma plataforma, você acha que é intocável e esconde sua bagunça", disse Walker-Smith. "Eu só acho que não é o que eles precisam ou querem", salientou.

A cantora passou a compartilhar o que acha que os líderes podem fazer para impedir que os jovens deixem a igreja e a fé. "Eles precisam ver a transparência de uma vida que é redimida por Jesus. Eles precisam ver a história da redenção. Não apenas: ‘Aqui estou eu na minha confusão ou nos erros que cometi’. Mas também: ‘Aqui está o poder redentor e transformador de Jesus em minha vida’”, explicou ela.

Fartos de falsidades

Quando perguntada sobre o que ela achava de uma estatística compartilhada com o site The Christian Post pela Campus Crusade for Christ, que afirma que 85% dos millennials nos EUA se consideram "não-cristãos", Walker-Smith disse que os jovens estão fartos de falsidades da Igreja.

Um estudo de 2016 do Public Religion Research Institute descobriu que 39% dos americanos entre 18 e 29 anos não pertenciam a uma igreja, embora muitos deles tivessem uma educação cristã. A geração Z, população nascida no início e depois do início do século XXI, também é notada por sua crescente descrença na religião.

O Grupo Barna divulgou um relatório em janeiro, segundo o qual 35% dos adolescentes se identificam como ateus, agnósticos ou religiosamente não afiliados, uma porcentagem ainda maior que a geração millennial.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"A perseguição é um privilégio", diz mulher espancada por ser cristã na Índia

Posted: 21 Jun 2018 05:59 AM PDT

"A perseguição é um privilégio", diz mulher espancada por ser cristã na Índia

Bahia atravessou a ponte enquanto os aldeões a perseguiam. Ela não se lembra exatamente do que aconteceu, mas ela caiu e perdeu a consciência. Os aldeões a pegaram do riacho onde havia caído, a acordaram e depois a espancaram.

Bahia era cristã há quase sete anos, mas esta foi a primeira vez que ela foi atacada por causa de sua fé em Jesus. Havia quatro famílias cristãs em sua aldeia. Durante um tempo houve cinco, mas uma das famílias sofreu tanta pressão que não resistiu e voltou ao hinduísmo. Apenas um menino de 16 anos daquela quinta família permaneceu fiel a Jesus. Ele é agora um cristão que vive sua fé secretamente. Bahia, que é uma líder do grupo de células, às vezes orava com ele.

Depois que Bahia chegou à fé cristã, seu irmão ficou tão doente que os médicos não puderam mais ajudar. A mãe da Bahia pediu-lhe que orasse e Deus curou seu irmão. A mãe de Bahia também se entregou a Jesus, mas o pai e o irmão da moça ainda não o fizeram.

Bahia e sua mãe foram repreendidas e perseguidas por deixarem o hinduísmo. Isso foi difícil, mas foi leve em comparação com o que aconteceu há alguns meses. Uma senhora da aldeia faleceu e, por alguma razão, os cristãos foram culpados por isso. Bahia e os outros foram expulsos da aldeia e fugiram para a mata.

O ataque

Na noite em que os cristãos começaram a ser hostilizados e culpados pelo falecimento daquela senhora, eles puderam ir para outra cidade, onde dormiram em uma igreja. No dia seguinte, eles voltaram para sua aldeia, mas os extremistas os esperavam com mais ódio.

“Fomos agredidos verbalmente e os líderes da nossa aldeia realizaram muitas reuniões para falarem sobre nós. Mas nós não vimos a violência chegando. Foi uma semana depois que voltamos para a aldeia que fomos atacados. Tudo aconteceu tão de repente", contou a moça.

Bahia segurou sua Bíblia quando alguns dos aldeões a arrastaram para fora de sua casa. Mulheres e homens a espancaram com as mãos. Eles a atingiram onde quer que pudessem.

Ela gritou: "Por que você está me batendo?".

"Você é Cristã! Você tem que sair daqui. Esta não é a sua casa", responderam os agressores.

"Eu moro aqui. Esta é a minha casa", ela gritou de volta para eles.

"Vá embora deste lugar", os aldeões disseram a ela mais uma vez.

Ela foi incapaz de se proteger dos golpes e começou a sangrar. Uma pessoa segurava o braço esquerdo e outra o direito. Ela apertou sua Bíblia com força sob o braço e protegeu-a o máximo que pôde.

Finalmente, alguém arrancou a Bíblia de seus braços, dizendo: "Vamos queimar este livro".

Eles a arrastaram para longe. Enquanto eles a puxavam pela aldeia, uma imagem surgiu em sua mente: uma imagem de Jesus sendo empurrado e chutado para o Calvário.

Bahia perdeu a consciência e não se lembra mais do que aconteceu depois daquilo. Ela acordou já em uma floresta. Sua mãe, que também fora espancada e tinha uma ferida logo abaixo do olho, a trouxera para um lugar seguro. Os outros 19 cristãos da aldeia também estavam lá. Um deles telefonou para a polícia. Os policiais só chegaram tarde da noite e trouxeram os outros aldeões com eles.

"A polícia simplesmente disse a todos que devemos viver juntos em paz. Então eles foram embora. Voltamos para a aldeia novamente", disse Bahia.

Mas alguns dias depois os aldeões tornaram-se agressivos novamente. Eles chamaram os cristãos para outra reunião.

“Nós nos recusamos a desistir de nossa fé, o que os deixou muito zangados”, disse Bahia. “Eles se tornaram agressivos porque éramos tão persistentes em seguir a Jesus. Eles nos mandaram deixar a aldeia, dizendo: 'Os cristãos pertencem a países estrangeiros".

Desta vez, os cristãos deixaram sua aldeia e Bahia decidiu não retornar por um tempo. Ela foi para uma escola bíblica em vez disso.

"Por quê? Porque quando nos expulsaram da aldeia, ameaçaram me estuprar ou me matar se eu voltasse. A situação na aldeia ainda não foi resolvida. Eu quero passar mais tempo aprendendo sobre Deus para que um dia eu possa voltar para lá com o evangelho. Essa é a promessa que fiz à minha mãe. É o meu profundo desejo de compartilhar a palavra de Deus", afirmou.

"Eu quero dizer a todos eles que Jesus não morreu apenas por estrangeiros. Ele morreu por todos. Essa é a minha mensagem para as pessoas da minha aldeia, para as pessoas na Índia e para as pessoas fora do nosso país", acrescentou.

Uma mensagem de Bahia a todos os cristãos

Parceiros locais da Missão Portas Abertas encontraram a Bahia quando ela estava em passando necessidade, desesperada. Os missionários atenderam suas necessidades básicas.

"Esse apoio foi tão significativo", disse Bahia. "Eu não tinha dinheiro nem roupas. Então vocês me trouxeram isto".

Os missionários perguntaram se ela tem uma mensagem para as pessoas que trabalham com missões na Índia. Eles esperavam um "obrigado", mas ela disse algo completamente diferente e estendeu a mensagem a todos os cristãos.

"Não tenham medo quando a perseguição chegar até vocês. Faz parte da vida cristã. É um privilégio ser perseguido. Não fique triste ou desanimado", disse.

Os missionários perguntaram se ela tinha algum pedido de oração específico e novamente sua resposta foi impactante e sincera.

"Por favor, orem para que Deus me ajude a viver de acordo com a minha visão: compartilhar a Sua Palavra com os incrédulos. Especialmente na minha aldeia, mas também em outros lugares onde a Palavra de Deus sofre perseguição. Eu também tenho um desejo profundo de que meu pai e meu irmão tenham fé em Jesus", explicou

Bahia tem 22 anos e é uma estudante cristã da Índia que sangrou por Jesus. Esse é o futuro da igreja indiana.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Bolo de milho cremoso com paçoca

Posted: 21 Jun 2018 05:26 AM PDT

Bolo de milho cremoso com paçoca

Ingredientes

4 ovos
1 lata de milho verde
½ xícara (chá) de azeite de oliva
¼ xícara de vinagre de maçã
1 xícara (chá) de açúcar
½ xícara (chá) de  fubá mimoso
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Cobertura de paçoca

1/2 lata de leite condensado
1 xícara (chá) cheia de amendoim torrado, sem pele e sem sal
3 colheres (sopa) de açúcar
2 colheres (sopa) de farinha de mandioca

Modo de preparo

No liquidificador coloque os ovos, o milho verde escorrido, o azeite de oliva, o vinagre de maçã e bata por 2 minutos. Acrescente o açúcar, o fubá e a farinha de trigo. Bata mais um pouco e adicione o fermento em pó, batendo rapidamente. Despeje em uma forma de bolo com orifício central de 22 cm de diâmetro, untada e polvilhada com fubá. Asse em forno médio (180◦C), pré-aquecido por cerca de 30 minutos. Espere amornar e desenforme.

Coloque o leite condensado em uma panela e leve ao fogo até ferver. Mexa por 2 minutos, retire e espere amornar. Cubra a parte de cima do bolo com o doce.

No processador, bata aos poucos o amendoim, o açúcar e a farinha de mandioca até obter uma farofa grossa. Cubra o bolo e sirva.

Dica: a presença do azeite de oliva em receitas de bolos confere uma textura macia e sem deixar gosto. O bolo vai ficar mais fofinho e leve além de ser uma gordura mais saudável por causa da presença das gorduras monoinsaturadas, que podem ajudar a prevenir doenças cardiovasculares, desde que consumidas com moderação. Além disso, o vinagre de maçã ajudar a deixar esta receita muito saborosa e saudável por causa da presença da madre do vinagre, que tem efeito benéfico à saúde, além do bolo ficar mais úmido.

Rendimento: 15 porções
Tempo de Preparo: 60 minutos

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

10 benefícios da proteína para sua saúde

Posted: 21 Jun 2018 05:22 AM PDT

10 benefícios da proteína para sua saúde

Com a correria do dia a dia, grande parte das pessoas acabam pulando refeições, consumindo alimentos pobres em nutrientes e, dessa maneira, situações de cansaço excessivo, falta de disposição, oscilações no humor e sono tornam-se frequentes. A melhor maneira de garantir a adequada quantidade de vitaminas e minerais é de manter bons hábitos de uma alimentação equilibrada, incluindo a ingestão correta de nutrientes, como é o caso da proteína.

De acordo com a nutricionista Priscila Bergamin, as proteínas são nutrientes necessários para o organismo produzir partes essenciais do corpo, como músculos, hormônios, tecidos, pele e cabelo. “Seja de origem animal ou vegetal, é imprescindível seu consumo como grande aliada da saúde e da boa alimentação”, afirma ela.

Confira abaixo 10 motivos importantes para incluir mais do nutriente na alimentação:

1. Melhora na performance física

A maior ingestão de proteínas auxilia na melhor performance em atividades físicas, pois contribui para a melhora da força e resistência muscular. A proteína é necessária para construção e reparação dos músculos após grande esforço em treinamentos, seja qual modalidade for praticada. “Além disso, também há evidências de que as necessidades proteicas aumentam em praticantes de atividades físicas, como na musculação e corrida”, complementa a profissional.

2. Auxilia o metabolismo, aumentando a massa muscular

A proteína, assim como o carboidrato e o lipídeo, fornecem a energia necessária para o metabolismo se manter ativo. No caso das proteínas, elas são degradadas em aminoácidos e, as células os utilizam para reparar tecidos e músculos, resultando no aumento de massa muscular. “Importante destacar que a quantidade de proteína a ser consumida é individual. Seu excesso é convertido em calorias extras e, consequentemente podem virar depósito de gordura”, explica Priscila.

3. Promove um sistema imunológico forte

O que comemos podem enfraquecer ou fortalecer o sistema imunológico, ou seja, como nosso corpo reage e se defende de vírus, bactérias e microorganismos. Os anticorpos são proteínas e todo o processo de defesa imunológica depende de um bom estado nutricional, relacionado a proteínas e fonte energética.

4. Ajuda a manter pele e cabelos saudáveis

A alimentação é uma das formas para nutrir e manter cabelos e pele saudáveis, evitando problemas como queda de cabelos e pele seca.  Para mantê-los saudáveis, é importante ingerir fontes ricas de proteínas, como ovos, carnes magras, iogurtes, queijos e leguminosas, como feijão e a quinoa. “A carne vermelha entra como a mais indicada para o crescimento dos fios, por conter grande quantidade de zinco e colágeno”, afirma Priscilla.

5. Bom equilíbrio hormonal e produção de anticorpos

Os hormônios, responsáveis por controlar o humor, o sistema digestivo, a libido, entre outras funções, podem ser produzidos de forma desequilibrada caso a alimentação não esteja sendo feita adequadamente. Por este motivo, o consumo adequado de proteínas é de extrema importância para manter um bom equilíbrio dos hormônios e da produção de anticorpos,

6. Auxilia no sistema nervoso

Uma alimentação correta traz melhorias no sistema nervoso, como por exemplo, pensar com mais clareza, melhorar a memória e aumentar o poder de concentração. A proteína, através dos nutrientes, é possível fornecer o necessário para manter um cérebro ativo e saudável.

7. É uma fonte natural de energia

A proteína é uma fonte natural de energia, necessária para trazer mais disposição para realizar as atividades do dia a dia. A alimentação funciona como um combustível para o corpo receber mais ânimo e energia, fundamental para um bom funcionamento do corpo e da mente.

8. Mantém a saúde das articulações

Por produzir colágeno, a proteína é importante para manter a saúde das articulações e ajuda a evitar lesões. O iogurte, por exemplo, com as vitaminas A e complexo B, importantes na prevenção do envelhecimento e suas propriedades antioxidantes, estimulam a produção do colágeno, além da tiamina, riboflavina e niacina, que protegem as células e a pele dos avanços de idade.

9. Traz saciedade

Apostar em opções ricas em proteína é uma boa estratégia para diminuir o apetite, ter mais saciedade e, assim, facilitar o processo de emagrecimento. Uma opção prática e rica em nutrientes são os iogurtes enriquecidos com whey protein, a proteína do soro do leite, garantindo uma quantidade de proteínas de alta qualidade, alta digestibilidade e principalmente, trazendo todos os aminoácidos essenciais.

10. Contribui para o retardamento do envelhecimento dos músculos

Os alimentos que consumimos também podem retardar o envelhecimento, por conta de seus benefícios nutricionais — como é o caso das proteínas, que ajudam a retardar o envelhecimento dos músculos, mantendo-os fortes durante a velhice.

Para uma alimentação ideal e individualizada, é importante destacar a importância do acompanhamento de um nutricionista, que irá auxiliar na quantidade ideal de cada macronutriente.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Preso injustamente, pastor que estava definhando na cadeia é libertado após 2 anos

Posted: 20 Jun 2018 01:04 PM PDT

Preso injustamente, pastor que estava definhando na cadeia é libertado após 2 anos

Um pastor chinês foi libertado na última terça-feira (19), após ser detido por dois anos e meio por “posse ilegal de segredos de Estado”, relata a Christian Solidarity Worldwide (CSW). Yang Hua, da Igreja Huoshi (que significa Pedra Viva) foi preso em dezembro de 2015. Ele foi sentenciado um ano depois, em janeiro de 2017.

De acordo com a CSW, o pastor Hua precisa urgentemente de assistência médica para vários problemas de saúde. Seu colega, o pastor Su Tianfu, foi sentenciado em maio deste ano a um ano de prisão com mais seis meses de vigilância residencial, por “divulgar intencionalmente segredos de Estado”.

Em janeiro deste ano, os dois homens também foram multados em mais de 1 milhão de dólares, depois que o dinheiro que a igreja recebeu em doações e ofertas foi considerado “renda ilegal”. Eles apelaram para o caso, mas perderam. O governo então fechou a Igreja Huoshi e supostamente vendeu o local para um grupo de investimento.

Embora a CSW tenha anunciado a libertação do pastor Hua, seu chefe executivo, Mervyn Thomas, disse que “ele nunca deveria ter sido condenado e sentenciado”. Ele coloca: “O pastor Yang Hua e o pastor Su Tianfu foram presos por conta se sua liderança da Living Stone Church, uma igreja independente que se engajou em atividades religiosas pacíficas, serviu a sua comunidade e apoiou membros carentes da congregação”, disse ele.

Forçada a fechar

A Igreja Huoshi foi anteriormente invadida pela polícia em 2015, durante a cerimônia de abertura de seu novo local, que contou com centenas de convidados, incluindo alguns estrangeiros. A igreja foi forçada a fechar e Yang Hua foi preso.

Um diácono da igreja, Zhang Xiuhong, também foi detido por mais de dois anos antes de sua libertação em agosto de 2017.

Antes da igreja ser forçada a fechar, contava com cerca de 700 membros, de várias origens - de estudantes e banqueiros a autoridades governamentais e ativistas de direitos - que se reuniram em três locais diferentes e também estiveram envolvidos em projetos comunitários.

Uma fonte local disse ao World Watch Monitor que o governo visa especificamente as igrejas de "alto perfil" que atraem grandes multidões, como Huoshi, em particular em áreas sensíveis onde há grupos minoritários ou se eles frequentemente têm contato com grupos estrangeiros.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

10 dicas cientificamente comprovadas para estudar menos e melhor

Posted: 20 Jun 2018 12:44 PM PDT

10 dicas cientificamente comprovadas para estudar menos e melhor

Estudar é mais uma das atividades em que focar na eficiência é mais benéfico do que na quantidade. Inclusive, segundo a ciência, estudar muito – prática chamada pelos especialistas de “overlearning” – prejudica o aprendizado.

Isso porque a capacidade das pessoas de relembrar um conteúdo tem limite proporcionalmente menor à capacidade de estudo.

Para aumentar a produtividade na hora de aprender diminuindo tempo e estresse, o site americano que cataloga universidades Best Colleges compilou diversas dicas para estudar melhor (e menos!), comprovadas pela ciência.

1. Impeça a “curva do esquecimento”

Os cientistas começaram a explorar o fenômeno psicológico “curva do esquecimento” em 1885. Ainda hoje, continua sendo um fator importante a ser considerado quando se estuda.

Essencialmente, ele diz que a primeira vez que você ouve uma aula ou estuda algo novo, tem a melhor chance de retenção, de até 80%, do que aprendeu apenas revendo o conteúdo novamente dentro de 24 horas.

E isso tem um efeito cumulativo. Depois de uma semana, você terá capacidade de reter 100% das mesmas informações após apenas cinco minutos de análise.

Geralmente, os psicólogos concordam que este tipo de intervalo estudando (e não estudando) é o melhor. Para otimizar seu tempo de estudo, aproxime-o mais do dia em que você teve contato com o material do que do dia da prova.

2. Utilize material impresso

Tablets e outros meios eletrônicos são ótimos para conveniência e portabilidade. No entanto, pesquisas sugerem que, quando se trata de estudar na faculdade, os materiais impressos tradicionais ainda têm vantagem.

Mesmo que alguns pesquisadores argumentem que adotar novos hábitos ao usar uma interface digital melhora a experiência acadêmica, mais de 90% de alunos entrevistados em um estudo compreensivo disseram preferir uma cópia impressa a um dispositivo digital quando se trata de estudo e trabalho escolar.

Além disso, um professor de psicologia da Universidade de Leicester, na Inglaterra, descobriu que os alunos precisam de mais repetição para aprender quando leem na tela do computador em comparação a quando consultam apenas material impresso.

3. Faça conexões

Muitos especialistas consideram que a diferença entre quem aprende rápido e devagar é a maneira como estudam: em vez de memorizar, os alunos mais rápidos fazem conexões entre as ideias.

Conhecido como aprendizagem contextual, o processo é crucial e exige que cada aluno personalize seus próprios métodos de aprendizagem, fazendo conexões que relacionem as informações para começar a se encaixar e fazer sentido.

4. Estude quando estiver cansado e descanse em seguida

Embora isso possa parecer contraintuitivo a princípio, de acordo com a ciência, faz sentido.

Estudar quando você está mais cansado imediatamente antes de dormir pode realmente ajudar seu cérebro a reter concentrações mais altas de habilidades novas, como falar uma língua estrangeira ou tocar um instrumento.

Existe até um termo para isso: “sleep-learning” (em português, “aprendizado do sono”).

Isso porque o processo de consolidação da memória está em seu melhor momento durante o sono “de ondas lentas”. O que significa que a revisão do material antes de dormir pode realmente ajudar o cérebro a reter as informações.

5. Não releia, relembre

Esse método de estudar foi tema em 2009, quando um professor de psicologia da Universidade de Washington em St. Louis publicou um artigo na Psychological Science aconselhando os alunos contra o hábito de leitura e releitura.

Segundo ele, ler e reler os materiais podem levar os estudantes a pensarem que conhecem bem o conteúdo, mesmo quando não é verdade.

Em vez disso, ele sugere que os alunos utilizem “recordação ativa”, fechando o livro e recitando tudo o que podem lembrar para praticar a memorização a longo prazo.

6. Use o sistema Leitner

O sistema Leitner é o mais conhecido para utilizar “cartões de memorização”. Ele serve para que os estudantes aprendam o conteúdo com o qual estão menos familiarizados pela repetição.

Na prática, o aluno coloca todos os cartões com perguntas na caixa 1. Em seguida, pega cada cartão e tenta responder a pergunta. Se acertar a resposta, coloca-o na caixa 2. Se errar, deixa-o na caixa 1.

O estudo passa para as caixas seguintes e a premissa permanece. A única diferença é que nas próximas se o estudante errar, deve voltar o cartão para a caixa anterior. Assim, os cartões na primeira caixa são estudados com mais frequência.

7. Pense sobre o pensar

Especialistas defendem o uso do método testado e comprovado de aprendizagem chamado metacognição, ou “pensar sobre o pensar”.

Aplicado ao estudo, os alunos precisam avaliar constantemente seu nível de habilidade e progresso. Além disso, monitorar cuidadosamente seu bem-estar emocional quando realizam atividades potencialmente estressantes. A premissa é de que a metacognição ajude em uma retenção mais consciente e efetiva do conteúdo.

8. Varie o conteúdo

Cientistas comprovaram que é melhor variar o tema ao estudar, em vez de se concentrar apenas em uma área. No entanto, é aceitável e até mesmo preferível unir campos de assuntos relacionadas ou semelhantes.

Por exemplo, em vez de apenas memorizar vocabulário em outro idioma, misture também a leitura. Se estiver estudando matemática, inclua vários conceitos juntos, em vez de apenas um.

9. Mude de cenário

Embora isso possa ser óbvio para alguns alunos, outros podem esquecer que uma mudança tão simples quanto de cenário pode ter um grande impacto nas habilidades de aprendizado.

Um psicólogo da UCLA, por exemplo, apontou que trocar de local de estudo aumenta pode aumentar os níveis de retenção de informações e concentração.

Mudar de cômodo já é o bastante, mas os especialistas também recomendam ir “um passo além” estudando ao ar livre.

10. Assuma o papel de “professor”

Pesquisas mostram que os alunos têm melhor chances de recordação ao aprenderem novas informações quando têm a expectativa de ensiná-las a outra pessoa. Além disso, estudos também sugerem que os alunos se engajam mais e instintivamente buscam métodos de recordação e organização para o papel de “professor”.

Se tiver oportunidade, experimente ensinar o que aprendeu a um colega ou até a um “colega imaginário”. O importante é ter a expectativa de “ser professor” desde o momento de estudo, porque é ela que proporciona os benefícios.

Esta matéria foi publicada originalmente no portal Na prática, da Fundação Estudar.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"Jesus deixa de ser suficiente quando adicionamos coisas ao Evangelho", diz pastor

Posted: 20 Jun 2018 12:21 PM PDT

"Jesus deixa de ser suficiente quando adicionamos coisas ao Evangelho", diz pastor

O pastor Douglas Gonçalves, líder do movimento JesusCopy, alertou os cristãos que colocam seus esforços próprios como condição para serem salvos e deixam de lado a simplicidade da mensagem do Evangelho.

Para isso, ele se baseou no trecho bíblico de Gálatas 5:1-6, que diz: "De novo declaro a todo homem que se deixa circuncidar que está obrigado a cumprir toda a lei. Vocês, que procuram ser justificados pela lei, separaram-se de Cristo; caíram da graça".

"Talvez isso não faça sentido para você, porque ninguém mandou você ser circuncidado ou cumprir um ritual judaico. Mas nós estamos adicionando coisas ao Evangelho", avalia o pastor.

Douglas observa que a maioria das pessoas que não se consideram salvas, justificam que não vão para o céu porque não leem a Bíblia todos os dias, não frequentam a igreja todos os domingos ou não fazem todas as coisas corretamente.

“Essas pessoas acreditam que para serem salvas precisam fazer alguma coisa. Elas estão dizendo que Jesus não é suficiente para salvar. É Jesus mais as minhas obras, Jesus mais a minha santidade, Jesus mais meu dízimo, Jesus mais a célula. Só Ele não é suficiente. Paulo estaria chocado, porque temos renunciado ao verdadeiro Evangelho e adicionado mais coisas”, afirma Douglas.

"Há pessoas jejuando não porque são apaixonadas pelo Pai, mas porque querem as coisas do Pai. Há pessoas fazendo campanha de oração porque querem coisas. Há pessoas fazendo teologia para vomitar conhecimento na cara dos outros", lamenta o pastor.

Com base na parábola do Filho Pródigo, o pastor ainda detectou dois tipos de cristãos, que usam diferentes estratégias para colocar as mãos nas coisas. "Ou eu finjo que Deus não existe, vou para a libertinagem e faço tudo o que quero; ou eu obedeço tudo o que o Pai manda para poder enfiar o dedo na cara Dele e falar: 'Você me deve uma benção'".

Douglas também explica que o pecado é uma consequência de não amar a Deus acima de todas as coisas, porém não há como disfarçar o que há dentro do coração.

“Há pessoas fazendo tudo certinho, mas Deus considera suas obras como trapo de imundícia. Ele olha dentro do seu coração, mas você prefere as coisas criadas do que o Criador. Você tem mais prazer em assistir Netflix do que falar com Ele. Você tem mais prazer em jogar no celular do que passar meia hora na presença do Criador. Você tem mais prazer em ler uma revista do que a Palavra", analisa.

Confira a pregação completa:

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"O discurso marxista é contrário à Bíblia e seus valores", diz doutor em Sociologia

Posted: 20 Jun 2018 12:05 PM PDT

"O discurso marxista é contrário à Bíblia e seus valores", diz doutor em Sociologia

O doutor em Sociologia Thadeu Silva explicou as divergências ideológicas entre o cristianismo e o marxismo, conjunto de concepções elaboradas por Karl Marx. Para ele, os dois não têm qualquer compatibilidade, provando que um cristão não deve se identificar com as pautas de Marx.

“Cristianismo e marxismo são duas coisas opostas entre si, impossíveis de serem conciliadas. As diferenças começam pela criação: a Bíblia mostra que Deus é o Criador do homem, ao passo que, para Marx, foi o homem quem construiu a ideia de Deus”, diz Thadeu.

“Para Deus, o ser humano é a menina dos Seus olhos, a luz do mundo e o sal da terra, reparador de brechas e restaurador de veredas, membro da geração eleita, do sacerdócio real, da nação santa, do povo adquirido, testemunha do Senhor, enquanto que, para Marx, o homem é o autor da revolução contra o capitalismo”, ressaltou.

Thadeu ainda explica sobre o mandamento cristão. “De acordo com a Palavra de Deus, os pensamentos geram as ações, o que é o perfeito e oposto ao que Marx diz. O mandamento de Deus é amar os inimigos; o de Marx é destruí-lo”, coloca.

“Deus diz que todos os males foram causados pelo pecado; Marx diz que o que causa o mal são as estruturas injustas da sociedade. Deus explica as ações humanas de acordo com a obediência dos homens à Sua Palavra; Marx explica as ações pelo dinheiro e pelo poder”, ressalta.

Interesses opostos

Thadeu explica os interesses do cristianismo. “O interesse dos dois é completamente oposto: o cristianismo se interessa pela salvação do ser humano da condição de pecado, prega o Evangelho, anuncia a volta de Jesus, chama atenção para Deus como a pessoa mais importante da nossa vida, deseja viver na Cidade Santa com Cristo e os salvos e baseia sua vida na Palavra de Deus”.

Para esclarecer, ele mostra os interesses de Marx. “O marxismo se interessa pelo poder, em tomá-lo das mãos da burguesia e passá-lo para os proletários; seu maior desejo é uma sociedade sem classes neste mundo e baseia sua vida pela vontade”. O doutor em Sociologia questiona: “Como poderiam ser compatíveis?”

Luta de Classes

Para Thadeu, o conceito de luta de classes de Marx (que reverbera nos discursos do “patrono da educação brasileira”, Paulo Freire e do criador do Teatro do Oprimido, Augusto Boal) prejudicou a sociedade. “A luta de classes é um dos grandes temas de Marx e, também, um dos que mais dano causou à humanidade”.

Ele explica: “Por meio dele, alega que o desenvolvimento da humanidade teria acontecido graças à briga infindável entre quem tem dinheiro (dominadores) e quem tem força de trabalho (dominados) e ao crescimento das forças produtivas”.

“A aparente veracidade dessa alegação separa as pessoas em dois grupos opostos, mediadas por um ódio crescente à medida que a vida se torna mais difícil. O tom de justiça e de emancipação da obra de Marx continua encantando gente em muitos lugares, especialmente em países cujas populações ainda possuem baixa escolaridade, como os da América Latina e do antigo bloco soviético”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Expoevangélica 2018 abre credenciamento antecipado online para o público

Posted: 20 Jun 2018 08:26 AM PDT

Expoevangélica 2018 abre credenciamento antecipado online para o público

Organização da Expoevangélica está solicitando que os visitantes façam seu credenciamento online antecipadamente. (Imagem: Divulgação)

A cada edição, a Expoevangélica tem conseguido uma adesão maior do público e, pensando na comodidade de seus visitantes, a equipe organizadora do evento está se mobilizando para evitar o acúmulo de grandes filas no setor de credenciamento. Para isso, já está disponível em seu site oficial, o credenciamento online.

Desta forma, o visitante agiliza o procedimento de sua entrada no evento e precisa apenas levar 1kg de alimento não perecível, que está sendo cobrado como entrada. Estes alimentos serão doados a projetos sociais cristãos e bases missionárias, atuantes no Ceará e em outros estados do Nordeste.

O credenciamento online pode ser feito diretamente pelo site oficial da Expoevangélica, clicando aqui.

Serviço:
Expoevangélica 2018
Data(s): 4, 5, 6 e 7 de julho
Horário(s): Quarta a Sexta: 14h às 22h / Sábado: 10h às 22h
Local: Centro de Eventos do Ceará
Endereço: Av. Washington Soares, 999 - Edson Queiroz, Fortaleza - CE
Mais informações:
• www.expoevangelica.com.br
• expoevangelica@gmail.com
• (85) 3469-9276
• (85) 4105-0142
• (85) 3055-9277

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: