Notícias Gospel (neste email contem: 15 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 15 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Vídeo mostra crianças palestinas simulando assassinato de soldado israelense em formatura

Posted: 06 Jun 2018 07:29 AM PDT

Vídeo mostra crianças palestinas simulando assassinato de soldado israelense em formatura

Durante uma cerimônia de formatura do jardim de infância em Gaza, crianças em idade pré-escolar participaram de uma encenação na qual interpretavam terroristas da Jihad islâmica palestina matando um soldado israelense.

A TV do Instituto de Pesquisa de Mídia do Oriente Médio (MEMRI) compartilhou o vídeo que mostra as crianças vestidas com uniformes das Brigadas Al-Quds da Jihad Islâmica e portando armas e fuzis de brinquedo.

O cenário montado e a encenação incluíam o bombardeio a um prédio improvisado, o sequestro de outro estudante vestido como um judeu ortodoxo e a execução de outro aluno vestido como um soldado israelense.

O vídeo também mostrou os "militantes" colocando uma placa que supostamente dizia "Israel caiu" em hebraico e árabe nas costas do "soldado" israelense.

Ao final, os estudantes também fizeram uma demonstração de formações militares enquanto um discurso do falecido líder palestino Yasser Arafat tocava ao fundo.

Performances similares foram realizadas nas cerimônias de formatura do ano anterior no jardim de infância, que é afiliado à Jihad Islâmica, de acordo com o MEMRI.

"Infelizmente, vimos muitos vídeos como esse na região ao longo dos anos", disse Steven Stalinsky, diretor executivo do MEMRI, à Fox News.

Ao contrário do passado, este ano, o jardim de infância absteve-se de postar o vídeo nas redes sociais, dizendo aos pais que poderiam coletar uma cópia da apresentação na própria escola.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor morre abraçado ao púlpito durante erupção vulcânica na Guatemala

Posted: 06 Jun 2018 07:04 AM PDT

Pastor morre abraçado ao púlpito durante erupção vulcânica na Guatemala

A erupção do Vulcão de Fogo na Guatemala deixou milhares de pessoas evacuadas, 46 feridos e ao menos 75 mortos até o momento. Dentre eles está um pastor que foi encontrado em sua igreja e outros dois líderes cristãos da região.

O pastor Camilo Pamal morreu abraçado ao púlpito da Igreja Missionária da aldeia El Rodeo Los Lotes. Apenas duas pessoas de sua família sobreviveram aos danos causados pela erupção vulcânica, de acordo com Marly De Armas, porta-voz do ministério Casa de Deus.

Os sobreviventes da família do pastor estão sendo acompanhados por uma psicóloga identificada como Martha. Mesmo sendo católica, ela afirmou ter visto “empatia e amor das pessoas quebrando as barreiras religiosas desnecessários que o mundo colocou”.

Atualmente, o ministério da Casa de Deus está recrutando equipes de resgate e psicólogos para atender os abrigos onde as pessoas estão em estado de choque. “Ela olham para você e não conseguem falar”, relata o pastor Cash Luna.


Resgatistas buscam sobreviventes ou mortos em San Miguel Los Lotes, na Guatemala. (Foto: Reuters/Luis Echeverria)

O número de desaparecidos devido à erupção do Vulcão do Fogo ainda não foi fechado. A tragédia deixa 3.271 evacuados e 1.877 abrigados nos departamentos de Escuintla (sul), Sacatepéquez (oeste) e Chimaltenango (oeste), que são os mais afetados pela erupção vulcânica, segundo a Coordenadoria para a Redução de Desastres (Conred).

No domingo, o Vulcão de Fogo, que fica a 3.763 metros de altura, situado a cerca de 50 km da capital, teve a sua mais forte erupção desde 1974. Mais de 3 mil tiveram que deixar suas casas e 1,7 milhão de pessoas foram afetadas.

Uma forte explosão estremeceu novamente nesta terça-feira (5) as zonas devastadas pela erupção e obrigou as equipes de resgate a interromperem as operações. Sete comunidades foram esvaziadas pelo aumento da atividade vulcânica.

A cinza lançada pelo monte atingiu os 10.000 metros de altura acima do nível do mar e cobriu várias cidades. Imagens do desastre mostram corpos no chão, assim como veículos e casas destruídos pela erupção.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

John Piper: "Deus não te chama para ser dono, mas sim administrador do seu dinheiro"

Posted: 06 Jun 2018 06:42 AM PDT

John Piper: "Deus não te chama para ser dono, mas sim administrador do seu dinheiro"

A chave para administrar o dinheiro como cristão é perceber que nada disso é realmente seu - que Deus é o dono de tudo, diz o teólogo John Piper.

Os planejadores financeiros cristãos deveriam pensar diferentemente da visão americana deformada da aposentadoria, explicou o pregador em um episódio de segunda-feira da série "Pergunte ao Pastor John" do site 'Desiring God', onde ele respondeu a uma pergunta de um homem que estava pensando em se tornar um consultor financeiro.

O homem, que disse ter sido deixado de lado por perspectivas ímpias sobre a aposentadoria na sociedade o suficiente para lhe dar uma segunda opinião sobre a profissão, perguntou se um cristão pode, com a consciência limpa, ajudar as pessoas a planejar uma típica aposentadoria americana.

Piper respondeu que ele acredita fortemente no bom planejamento financeiro, referenciando as palavras de um planejador financeiro que resumiu sua carreira de 30 anos naquele campo com uma frase: "Deus é o dono de tudo".

"Em outras palavras, isso não é seu. Seu dinheiro não é seu - ponto final", disse Piper.

"O que coloca você em uma posição muito, muito precária. É de Deus, e você tem isso no seu banco e no seu bolso. Cuidado. Você pode se tornar um ladrão ou um mau administrador. Deus lhe deu a habilidade para ganhar esse dinheiro. É por isso que cometemos erros e achamos que é nosso. Ele está chamando você para ser um mordomo - um administrador, não um dono do que você ganha. Ele está chamando você para administrá-lo para os propósitos Dele, não para seus propósitos particulares", acrescentou.

Ele continuou a explicar que, seja em moedas, notas em papel ou transações on-line, o que importa é como os cristãos usam essa moeda.

"O fato de você negociar significa o que você valoriza", disse ele. "Portanto, o dinheiro se torna um meio de adoração, testemunho e amor - ou egoísmo. Podemos colocar fora de nossas mentes quaisquer pensamentos de que dinheiro é intrinsecamente mau. É intrinsecamente perigoso, porque Jesus disse que é difícil para os ricos entrarem no Reino do céu".

Enquanto o dinheiro pode ter poder significativo para corromper, quando usado corretamente e informado por valores e preferências piedosas, ele pode se tornar uma ferramenta para mostrar maior consideração por Deus, disse ele.

Ele encorajou o jovem a se tornar um planejador financeiro precisamente por causa das abordagens e atitudes dos ímpios americanos em relação a isso na sociedade.

"O próprio fato de que existe uma perspectiva distorcida sobre a aposentadoria, mesmo entre cristãos, é uma razão para se tornar um planejador financeiro - um planejador financeiro cheio de inspiração da Bíblia. Essa é uma razão para se tornar um, e não uma razão para não se tornar um - a menos que você não tenha convicção ou espinha dorsal", alertou.

"As pessoas precisam de ajuda. Pessoas ricas precisam de ajuda. Elas parecem poderosas, mas precisam de ajuda. Elas precisam ser libertadas das suposições de nossa cultura", destacou.

Um planejador financeiro cristão deve ajudar as pessoas a imaginarem como seria a aposentadoria de um ponto de vista claramente cristão, ressaltou.

"Seu objetivo não é aconselhar uma típica aposentadoria americana. Você quer que as pessoas se libertem disso. Você encorajará as pessoas a não priorizar os jogos e o lazer, mas priorizar a adoração a Deus e o ministério", concluiu Piper.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Estudantes cristãos estão sendo espancados e torturados para abandonarem sua fé

Posted: 06 Jun 2018 06:35 AM PDT

Estudantes cristãos estão sendo espancados e torturados para abandonarem sua fé

Um novo relatório do grupo de vigilância Christian Solidarity Worldwide (CSW) expôs as atrocidades enfrentadas por crianças cristãs em escolas de vários países, desde conversão forçada em outras religiões a até mesmo serem espancadas e humilhadas pelos professores por se atreverem a falar.

A CSW explicou no documento intitulado "Faith and a Future" (A fé e o futuro, em tradução livre) compartilhado com o site de notícias The Christian Post na última quinta-feira (31) que realizou pesquisas em cinco países, como Mianmar, Irã, México, Nigéria e Paquistão.

Segundo o relatório, estudantes cristãos enfrentam ódio religioso, incluindo abuso psicológico e físico de outros alunos e professores. "O impacto psicológico do abuso recebido pelas crianças na escola não pode ser exagerado. Muitos entrevistados disseram à CSW que sofreram com a discriminação religiosa e a intolerância em ambientes educacionais”, diz o texto oficial.

“Rejeitados por seus colegas e professores, esse sofrimento pode ter consequências duradouras”, ressalta o documento. A CSW apontou que em Mianmar, onde o nacionalismo budista tem como alvo as minorias cristãs e islâmicas, as crianças são "convertidas à força" nas escolas.

"Isto é particularmente prevalecente nos estados de Chin, Naga e Kachin, onde as famílias pobres são frequentemente oferecidas a oportunidade de mandar seus filhos embora para uma 'educação gratuita'. As crianças são levadas para um monastério budista ou escola monástica (escola Na Ta La) sem a permissão de seus pais, e forçadas a participar regularmente da adoração budista ou até se tornarem monges novatos", continua o relatório.

Intolerância

As crianças cristãs são "sistematicamente impedidas de praticar a religião em que foram criadas e são efetivamente obrigadas a se converter ao budismo", complementa. Enquanto a Nigéria está amplamente dividida entre suas populações cristã e muçulmana, os seguidores de Cristo em áreas sob a lei islâmica estão vendo seus filhos raptados, convertidos à força e forçados a casamentos islâmicos.

"Os pais que buscam a libertação de suas filhas sequestradas são geralmente informados de que se converteram e se casaram, ou estão sob a custódia de governantes muçulmanos tradicionais ou comissões da sharia e não têm desejo de voltar para casa", explica o relatório.

"Os apelos às agências policiais por assistência geralmente se mostram infrutíferos em meio a falsas alegações de que os sequestradores não são menores e temem, por parte da polícia, provocar agitação social em larga escala", ressalta.

A CSW compartilhou um estudo de caso específico em 2010 na Unity School em Kachako, onde estudantes cristãos foram interrogados e abusados ​​de várias maneiras diferentes após serem falsamente acusados ​​de insultar o profeta islâmico Maomé. Os alunos aparentemente foram instruídos pelos professores a usar o corredor como um banheiro, em vez de serem autorizados a ir ao banheiro.

Quando uma garota, chamada Grace, reclamou e disse que estava "cansada desse lixo", uma professora a denunciou ao diretor. "Grace foi tirada do quarto, espancada com um chicote feito de pele de animal, e seu cabelo foi raspado. Os outros foram chamados para ver o que havia acontecido com ela, e disseram: Você ouviu o que Grace disse? Ela vai descobrir o que lixo realmente significa na segunda-feira, quando os resultados da investigação aparecerem. Qualquer um que insulte a Deus, suas gargantas serão cortadas ou elas serão queimadas até a morte, ou serão expulsas da escola”, descreveu o relatório.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Genocídio de cristãos leva a milhares de mortos e estupro de mulheres grávidas, em Mianmar

Posted: 06 Jun 2018 05:55 AM PDT

Genocídio de cristãos leva a milhares de mortos e estupro de mulheres grávidas, em Mianmar

Um relatório investigativo revelou que, em regiões isoladas de Mianmar, acusadas de realizar um genocídio contra os muçulmanos Rohingya, os militares birmaneses também estão realizando secretamente uma limpeza etnicamente da minoria cristã Kachin.

A equipe de investigação da Sky News conseguiu viajar e documentar a situação no remoto estado de Kachin, onde os moradores locais dizem que uma "segunda campanha genocida" está em andamento.

A área está escondida de grande parte do mundo, já que a maioria budista de Mianmar negou aos jornalistas e agências de ajuda o acesso à região.

O povo Kachin, que tem lutado por auto-determinação há décadas e formado seus próprios exércitos, como o Exército Independente Kachin, teria morrido aos milhares em ataques realizados pelos militares de Mianmar.

Os moradores dizem que os ataques do governo central aumentaram significativamente desde janeiro. A perseguição em massa aos refugiados Rohingya também é suspeita de ter começado por volta de agosto passado e cerca de 700.000 foram forçados a fugir para Bangladesh.

A Sky News informou que milhares de civis Kachin, que são predominantemente cristãos, ficaram presos em selvas densas, tendo que fugir do pesado bombardeio de artilharia do exército central.

"Estou convencida de que o governo birmanês está tentando limpar etnicamente o povo Kachin", disse uma mãe de quatro filhos, com o nome de Lashi Ókawn Ja. "Sempre que eles vêem o povo Kachin eles tentam nos matar e eles estupram as mulheres, até mesmo as mulheres que estão grávidas".

O general Sumlut Gunmaw, vice-presidente do Conselho de Independência de Kachin, também argumentou que Mianmar está submetendo o povo a uma grande perseguição.

"Talvez suas ações contra nós não sejam tão súbitas quanto a violência contra os Rohingya, mas suas intenções são as mesmas. Eles querem nos eliminar", disse ele.

O grupo de vigilância de perseguições, Missão Portas Abertas EUA, que classifica Mianmar como a 24ª nação entre os países onde os cristãos sofrem a pior perseguição em todo o mundo, já alertou que os cristãos no estado de Kachin enfrentam grande violência na comunidade.

Centenas de milhares de crentes são forçados a viver em campos para deslocados internos, privados de comida e recursos de saúde.

A Portas Abertas também alertou que movimentos budistas radicais, como o "Ma Ba Tha", frequentemente visam seguidores de Cristo, com governos locais mostrando tendência para líderes budistas e discriminação contra cristãos.

Em maio, o The Guardian também relatou um "genocídio lento" dos cristãos em Mianmar.

O ativista dos direitos humanos San Htoi, secretário-geral da Associação de Mulheres Kachin da Tailândia, advertiu que uma "guerra invisível" está ocorrendo e acusou a mídia internacional de se concentrar apenas na crise Rohingya, ignorando a situação sombria em Kachin.

Os Rohingya enfrentaram uma violência horrível, com relatos de bebês cortados ao meio, e mães e filhas foram estupradas. Em abril, clérigos budistas, cristãos, judeus e muçulmanos fundaram a Coalizão de Fé para Acabar com o Genocídio na Birmânia, viajando para Bangladesh para aumentar a conscientização sobre a crise.

O imã muçulmano Malik Mujahid, um dos organizadores da coalizão, disse ao The Christian Post que cerca de 500 a 600 refugiados rohingya continuam a chegar todas as semanas nos campos de refugiados de Bangladesh, na cidade fronteiriça de Cox's Bazar.

"Eu perguntei às pessoas várias vezes por que elas vieram", disse Mujahid ao CP. "Eles disseram: 'Bem, eles atiraram em nós'. Em alguns casos, o presidente da aldeia disse-lhes para sair ou eles ouviram que as aldeias vizinhas estão sendo atacadas. As mulheres dizem que suas vizinhas foram estupradas, então elas foram embora".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

3 dicas para não errar na hora de comprar roupas

Posted: 06 Jun 2018 05:27 AM PDT

3 dicas para não errar na hora de comprar roupas

Comprar roupas pode ser um desafio para muitas mulheres. Chegar nas lojas sem saber o que comprar, escolher um look pronto só porque achou bonito na vitrine e depender da indicação das vendedoras — que nem sempre falam a verdade ou estão preparadas para indicar as peças certas — podem ser armadilhas para comprar peças que ficarão com etiqueta para sempre dentro do guarda-roupa.

Pensando nisso, a personal stylist Juliana Parisi, especialista em estilo personalizado, separou dicas valiosas para quem vai às compras.

1. Lista de prioridades

“A primeira dica para comprar bem é levar uma lista com as peças que realmente precisa ou gostaria de comprar. Ir focada para as compras, com uma lista nas mãos, faz economizar com compras desnecessárias”, ensina.

2. Autoconhecimento

Juliana conta que conhecer o próprio corpo e saber como valorizá-lo com as roupas fará toda a diferença para que uma mulher se sinta 100% confiante em qualquer ocasião. “Entender o estilo pessoal, que é o resultado da sua personalidade, sentimentos e desejos, faz com que uma pessoa adquira peças que a representem e permita então que o guarda-roupa se multiplique com mais combinações”, diz.

Para a especialista, cada peça pode ter uma função na sua imagem e, por isso, conhecer o seu tipo físico e estilo pessoal vai ajudar a tornar mais fácil a escolha das peças que valorizam o seu corpo e sua personalidade.

“Seja um quadril largo, seios grandes ou costas largas. A roupa pode ser uma ferramenta de valorização pessoal e pode destacar aquela parte do corpo que você gosta mais ou camuflar aquela parte do corpo que não agrada tanto”, afirma.

3. Saber escolher cores e modelos

“Escolher usar cores vivas, claras e estampas na parte do corpo onde deseja destacar e usar cores mais escuras e discretas nas partes onde não quer exposição, é uma dica essencial. A preferência ainda deve ser para as modelagens que alongam a silhueta como a calça flare, vestidos acinturados e saias com cintura mais alta que valorizam todos os tipos físicos”, ensina a personal Stylist, que ressalta: “Na hora de comprar uma peça de roupa escolha aquela peça que te represente".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

10 mitos e verdades sobre a tireoide

Posted: 06 Jun 2018 05:23 AM PDT

10 mitos e verdades sobre a tireoide

Para esclarecer as dúvidas sobre a saúde da tireoide, a Sociedade de Endocrinologia e Metabologia (Sbem) elegeu como tema do Dia Internacional da Tireoide de 2018 os “Mitos e Verdades” que envolvem essa parte do corpo.

A instituição criou um panfleto para desbancar mentiras propagadas sobre a tireoide e trazer fatos concretos que ajudam a preservar seu funcionamento. A partir desse material, o site da revista Saúde elencou os mitos e verdades abaixo:

1) O hipotireoidismo é muito comum – VERDADE

Pois é: esse quadro chega a afetar de 8 a 12% dos brasileiros. Mulheres e idosos são os mais acometidos pela baixa produção dos hormônios tireoidianos (T3 e T4).

2) A obesidade pode ser causada pelo hipotireoidismo – MITO

Não confunda ganho de gordura com ganho de peso. De fato esse quadro resulta em alguns quilos a mais na balança. No entanto, isso decorre eminentemente do acúmulo de líquidos. Em outras palavras, a pessoa guarda mais água no corpo.

É possível que a indisposição tire a vontade de se exercitar, por exemplo. Mas disso a dizer que essa encrenca é a responsável pela obesidade do paciente é um grande salto. Que nos perdoe o Ronaldinho Fenômeno.

3) Tomar hormônio da tireoide (ou ter hipertireoidismo) emagrece – MITO

A lógica é a mesma do item anterior. Com um adendo importante: o hipertireoidismo descontrolado ou a ingestão de hormônios sem indicação acelera a perda de massa magra.

Isso significa que o sujeito perde peso e fica mais mirrado mesmo – mas às custas eminentemente de musculatura. O uso inadequado dos hormônios ainda causa arritmias cardíacas, hipertensão, diarreia e outras manifestações até fatais.

4) Posso saber se tenho uma disfunção com exames de sangue – VERDADE

Os testes que detectam alterações na função tireoidiana envolvem justamente medir a dosagem de certos hormônios na circulação sanguínea. Mas, claro, o médico pode pedir outros exames, dependendo do caso e dos resultados.

5) Todo mundo deve fazer o ultrassom da tireoide e remover eventuais nódulos – MITO

Os nódulos são muito frequentes. Mas, na maioria das vezes, eles são benignos, não provocam qualquer chateação e dispensam a cirurgia. Reforçando: nódulo e cisto não são sinônimos de câncer.

O ultrassom só deve ser solicitado quando o médico suspeita de um problema mais sério.

6) Cansaço é sintoma do hipotireoidismo – VERDADE

Os principais sintomas dessa doença são: sonolência excessiva, falta de disposição, lentidão e dificuldade para exercer as tarefas e funções habituais, esquecimento fácil, tristeza, intestino preso, ressecamento da pele e dos cabelos e unhas fracas.

7) Quanto mais iodo, melhor para a tireoide – MITO

Ainda circula pela internet uma fake news pra lá de perigosa: a de que o lugol, um concentrado de iodo, faria bem para a saúde como um todo. Balela das grandes.

Em excesso, o iodo desencadeia danos sérios à glândula. Ele pode agravar (ou até mesmo causar) o hiper e o hipotireoidismo.

Geralmente, a alimentação garante a quantidade necessária de iodo para o funcionamento da tireoide. O sal de cozinha, fortificado com essa substância, e boa parte dos pescados fornece iodo.

8) Doenças da tireoide afetam a gravidez – VERDADE

Tanto o hipo como o hipertireoidismo afetam a fertilidade até certo ponto. Mais: se não tratados direitos, eles são associados a complicações na gestação e para o feto.

9) Crianças não têm doenças da tireoide – MITO

Nada disso. O hipotireoidismo também pode dar as caras na infância – e atrapalhar o crescimento e o desempenho na escola. Muitas vezes a produção hormonal insuficiente decorre de uma enfermidade autoimune chamada de tireoidite de Hashimoto.

Há ainda uma forma mais grave, embora menos comum, do hipotireoidismo. É o congênito, que afeta o recém-nascido desde os primeiros dias de vida e, se não diagnosticado, pode causar déficits mentais irreversíveis. O teste do pezinho é capaz de flagrar essa chateação.

10) Os hormônios tireoidianos podem ser formulados em farmácias de manipulação com segurança – MITO

Segundo a Sbem, a maioria desses estabelecimentos não atinge alta precisão ao formular o hormônio em microgramas. Esse tipo de medicamento não estaria sujeito aos mesmos controles de qualidade de um remédio normal.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Namorar com quem não é cristão dá certo?

Posted: 05 Jun 2018 12:57 PM PDT

Namorar com quem não é cristão dá certo?

Está interessado em alguém que não tem a mesma fé que você e quer saber a vontade de Deus? O pastor Nelson Júnior, do movimento Eu Escolhi Esperar, dá uma resposta curta e objetiva: “não”.

“Não existe namoro evangelístico. Namoro não é estratégia para ganhar pessoas para Jesus”, ele explica. “Isso é desculpa da sua alma para você quebrar um princípio da palavra de Deus”.

Confira o vídeo completo:

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

O diabo não tem poder sobre nós quando negamos nossas vontades, diz Luciano Subirá

Posted: 05 Jun 2018 12:46 PM PDT

 O diabo não tem poder sobre nós quando negamos nossas vontades, diz Luciano Subirá

O pastor Luciano Subirá falou sobre o instinto de sobrevivência que atrapalha a vida dos cristãos. Ele explica que a vontade de ganhar a vida na terra pode fazer com que percamos a vida eterna. Em outras palavras, devemos abdicar de nossas vidas e morrer para Cristo.

“O Senhor Jesus estabeleceu uma exigência para os seus discípulos, tomar a Cruz, morrer para si mesmo. O grande desafio é lidar com o nosso instinto de sobrevivência, uma exigência estabelecida por Jesus. Precisamos entender essas declarações do Senhor”, diz.

“Em primeiro lugar, Ele estabelece como uma exigência e não como uma opção. Mas é uma condição, que para ser discípulo de Cristo é preciso tomar a cruz. Ele relaciona essa frase com ‘negue-se a si mesmo’. No entanto, Jesus sabia que diante esta exigência estabelecida para cada um de nós, haveria um desafio a ser enfrentado e esse desafio é o nosso instinto de sobrevivência”, explicou.

“A nossa natureza não está inclinada a auto negação, não é inclinada a esse processo de morte, proposto e exigido pelo Senhor Jesus. A nossa natureza é lutar contra isso, é resistir, tentar escapar ou contornar o que Jesus está propondo. Jesus não está falando sobre salvação ou permissão no sentido espiritual. Ele disse que perder a vida por causa do Evangelho é salvá-la”, colocou.

Tome a sua Cruz

Subirá explica que Deus estabeleceu uma exigência. “Se quer ser meu discípulo, tome a sua cruz, assim como Jesus carregou a sua cruz quando foi sentenciado à morte. E essa figura de carregar a cruz é uma admissão pública de que aquela pessoa havia sido sentenciada à morte. Jesus usa essa linguagem simbólica para dizer que as pessoas não precisam apenas morrer, mas elas precisam viver de tal forma que todos saibam o que elas estão sentenciadas à morte, a morte para si mesmo”, salientou o pastor.

“Se você tentar escapar desse processo de auto negação, você vai perder a sua vida. O homem precisa morrer para sua própria vontade, porque a sua vontade normalmente o coloca em uma rota de colisão contra a vontade de Deus e leva para longe da vontade de Deus. Se o próprio Jesus que não nasceu nessa natureza adâmica precisou no Getsemane fazer uma escolha, o que dizer nós?”, indagou.

“Se você tentar contornar esse processo, quem vai perder e você. Mas se você se dispuser a tomar a Cruz, ao invés de permitir que o seu instinto de sobrevivência te faça lutar contra isso, se você tomar decisão de perder, na verdade você vai ganhar. Nós percebemos que ao longo da história que o problema do homem tem sido o mesmo. É a rebeldia, o desejo de buscar a sua própria vontade e de rejeitar a vontade de Deus”, disse.

“Nós precisamos entender que embora isso seja da natureza do homem, hoje o homem não difere de nada do homem daquele tempo. Já havia essa inclinação desde o começo. A Palavra de Deus nos ensina que só vai ficar pior quando chegamos ao fim”, coloca.

“Apocalipse fala de homens que venceram o diabo. A Bíblia diz que Eles venceram o diabo porque eles não amaram as suas vidas. A vontade do inimigo não é necessariamente de tirar as vidas de quem passa a ser um seguidor de Cristo. O que o diabo quer não é apenas matar os cristãos. O diabo sempre quis ameaçar os cristãos”, explicou.

“Mas quando amamos o Senhor, mais do que a nossa própria vida, então o diabo não tem controle sobre as nossas vidas. Quando negamos as nossas vontades, então é hora de negar a nós mesmos porque enquanto estamos tentando salvar as nossas vidas, estamos perdendo”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Palestinos ameaçam queimar camisetas e fotos de Messi por causa de jogo em Israel

Posted: 05 Jun 2018 12:04 PM PDT

Palestinos ameaçam queimar camisetas e fotos de Messi por causa de jogo em Israel

Por causa do amistoso que será realizado entre as seleções da Argentina e Israel em Jerusalém, os palestinos ameaçaram nesta segunda-feira (4) queimar as fotos e camisetas do jogador Lionel Messi.

O presidente da Associação de Futebol Palestina, Jibril Rajoub, pediu no último domingo (3) que o atacante não jogue na partida.

“Ele é um grande símbolo, então vamos mirá-lo pessoalmente. Pedimos a todos para queimar suas fotos e suas camisas e abandoná-lo. Ainda esperamos que Messi não venha”, disse Rajoub em uma coletiva de imprensa na cidade de Ramala, na Cisjordânia.

A Federação Palestina de Futebol ainda alertou que poderá reunir esforços para inviabilizar a candidatura da Argentina para sediar a Copa do Mundo em 2030.

“Se a seleção argentina continuar com seus planos de jogar em Jerusalém, lançaremos uma campanha mundial para questionar a elegibilidade da Argentina para sediar a Copa do Mundo de 2030”, declarou.

A Argentina irá enfrentar Israel na noite do próximo sábado no estádio Teddy, na parte ocidental de Jerusalém. O amistoso é ansiosamente esperado — em apenas 20 minutos, foram vendidos quase todos os 34 mil ingressos disponíveis.

Segundo a Federação Palestina de Futebol, a Argentina está sendo “usada por políticos do governo de Israel como uma ferramenta para normalizar a anexação ilegal da Jerusalém Oriental Ocupada e para encobrir a sistemática violação israelense do direito internacional e dos direitos humanos”.

No entanto, a história mostra o contrário. A parte oriental de Jerusalém foi conquistada por Israel na Guerra dos Seis Dias em 1967, mas sua anexação não foi reconhecida por grande parte da comunidade internacional. Já os palestinos afirmam que Jerusalém Oriental é a capital de seu futuro Estado.

No Escritório de Representação da Argentina em Ramala, Rajub ainda entregou uma carta assinada por 70 crianças palestinas, pedindo a Messi para não disputar o amistoso em Jerusalém.

Os menores lamentaram que o amistoso “será um dia triste” e pediram que Messi não desiluda seus “corações” em um texto assinado pelas “crianças forçadamente deslocadas de Malha”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Nova lei irá diminuir pena de detentos que leem a Bíblia, em São Paulo

Posted: 05 Jun 2018 10:41 AM PDT

Nova lei irá diminuir pena de detentos que leem a Bíblia, em São Paulo

Presidiários que leem a Bíblia Sagrada poderão ter suas penas diminuídas, de acordo com um projeto de lei aprovado pela Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp) no último dia 29.

O projeto faz parte da política de remição de penas recomendada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), na qual todos os detentos têm direito a abreviar seu tempo na prisão por meio do trabalho, estudo ou leitura. Cada livro lido possibilita a remição de quatro dias de pena, com o limite de doze obras por ano.

Antes da nova lei, a Bíblia era considerada um único livro e daria direito a quatro dias de diminuição da pena como um todo. Agora, as Escrituras estão sendo classificadas como uma coletânea livros e contarão como uma obra literária separada.

“Sendo a Bíblia a obra literária escolhida, esta será dividida em 39 livros segundo o Velho Testamento e 27 livros integrantes do Novo Testamento, considerando-se assim a leitura de cada um destes livros como uma obra literária concluída”, explica o projeto apresentado por quatro deputados estaduais do PRB.

O método de avaliação será o mesmo aplicado em relação a outros livros: o condenado terá que apresentar uma resenha a respeito do assunto e seu conteúdo será avaliado por uma comissão.

Segundo a advogada Maíra Zapater, professora de Direito Penal da FGV-SP, medidas de redução da pena são bem-vindas em um ambiente de superlotação dos presídios brasileiros.

“Na prática, o que a gente vê são os estabelecimentos penitenciários arranjarem mais formas de conseguirem a remição de pena. A diminuição por trabalho, por exemplo, nunca foi suficiente: os presos querem trabalhar, mas não tem trabalho o suficiente”, disse ela ao jornal O Globo.


Fachada da Assembleia Legislativa de São Paulo. (Foto: Pedro Kirilos/Agência O Globo)

Adriana Martorelli, presidente da comissão de política criminal e penitenciária da OAB-SP, explica que, no estado de São Paulo, há 10 livros considerados aptos para a remição de pena. Caso o condenado leia outro, deve pedir a homologação da Vara de Execução Penal para sua diminuição de pena.

O projeto foi inicialmente barrado pelo então governador Geraldo Alckmin (PSDB), pois considerou que a obrigação sobre a regulamentação da remição da pena por leitura caberia à esfera federal e não à estadual.

Segundo o ex-governador, 165 das 168 unidades prisionais já contam com salas de leitura para que os presos tenham acesso à remição da pena.

“Em razão do trabalho desenvolvido pela Secretaria da Administração Penitenciária, 1.035 presos foram beneficiados com a remição de pena em razão da leitura no ano de 2016, conforme dados revelados pelos Grupos Regionais de Ações de Trabalho e Educação - GRATEs vinculados à Pasta”, afirmou Alckmin.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Paulo Sérgio, tetracampeão mundial, lança sua autobiografia pela Mundo Cristão

Posted: 05 Jun 2018 09:06 AM PDT

Paulo Sérgio, tetracampeão mundial, lança sua autobiografia pela Mundo Cristão

Paulo Sérgio, tetracampeão e ex-jogador do Corinthians, lança pela Editora Mundo Cristão seu livro. “Transformado para vencer - Autobiografia de um tetracampeão”, compartilha aprendizados que que o autor  teve no futebol e em sua passagem por diferentes times, países e culturas.

No ano da Copa do Mundo na Rússia, Paulo divide sua jornada com os leitores em um relato permeado de curiosidades e lições de vida. Na obra, ele, que já foi flanelinha e tinha o sonho de ser piloto de avião, compartilha os principais fatos da carreira e fala sobre erros e acertos, vitórias e derrotas, superação, família, vida espiritual e profissional.

O autor oferece ainda insights para que leitores de diferentes idades possam esboçar uma trajetória de sucesso e de resultados genuinamente dignos de nota.

Do início nos campos à aposentadoria, da infância modesta no centro de São Paulo até os mais prestigiados círculos do futebol mundial, por meio do testemunho de Paulo Sérgio, o leitor terá a chance de reviver momentos importantes do futebol, enquanto faz uma viagem instigante por gramados, estádios, pódios, países e gritos de gol.

Seja você amante do futebol ou alguém que acompanha o esporte à distância, terá a oportunidade de saber mais sobre momentos históricos da paixão nacional, ao revisitar importantes eventos que marcaram o futebol brasileiro no passado recente — como a inesquecível Copa do Mundo de 1994, mundial em que estive entre o privilegiado grupo de atletas que ergueram a taça mais cobiçada do esporte bretão.

Cativante do início ao fim, a história de Paulo Sérgio promete não apenas saciar a curiosidade de quem deseja conhecer mais sobre os bastidores do futebol profissional do Brasil e do exterior, mas também levar o leitor à reflexão sobre diferentes áreas da vida.

“Em Transformado para vencer trago à tona princípios valiosos que apliquei à minha vida e carreira e que podem e devem ser utilizados por quem deseja viver com excelência, aproveitando cada oportunidade, rumo a uma carreira pessoal e profissional de conquistas. Meu desejo é que cada fato narrado seja fonte de inspiração para a jornada do leitor, inspirando-o a voar sempre mais alto”, diz o autor.

O livro traz ainda uma sequência de fotos que abarcam momentos importantes da trajetória de Paulo Sérgio, um recurso adicional para tornar a experiência de leitura ainda mais emocionante.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Brasileiro trabalha 123 dias do ano para pagar impostos

Posted: 05 Jun 2018 08:23 AM PDT

Brasileiro trabalha 123 dias do ano para pagar impostos

Há anos os brasileiros vêm sendo escravizados por um Estado gigante, que cada vez mais busca satisfazer sua ganância, impondo um novo tipo de tributo, consumindo boa parte do suado trabalho do povo brasileiro. Em média, 123 dias do ano do trabalhador, servem somente para pagar impostos. Isso é o equivalente a 4 meses de árduo trabalho do cidadão de bem.

O resultado deste confisco, promovido pelo governo, é o descrito em Provérbios 29:2: “Quando os justos governam, alegra-se o povo; mas quando o ímpio domina, o povo geme”. E é isso que o brasileiro tem demonstrado a cada dia, dando sinais de indignação com a situação que vive o país, na qual muito é cobrado e poucos benefícios são devolvidos.

O sábio Salomão deixou um conselho para os governantes a respeito dos impostos. Em Provérbios 29:4, ele diz: “É pela justiça que um rei firma seu país, mas aquele que o sobrecarrega com muitos impostos, o arruína”. Nosso país parece estar sendo arruinado pela sobrecarga que os impostos se tornaram para o bolso do contribuinte.

Vemos que, a bem da verdade, os impostos que sobrecarregam o brasileiro tornaram-se uma forma de exploração, como disse anteriormente: uma maneira de escravizar o povo. E esse confisco exorbitante tem causado a revolta do povo brasileiro contra seus governantes, às vezes até mesmo o ódio contra aqueles que deveriam buscar o bem de seu país.

Vejamos, caros leitores, como essa carga tem pesado em nosso bolso. A começar pelos serviços básicos, como luz, água, remédios, combustível, etc. Os preços destes serviços são acrescidos de taxas exageradas, que fazem as contas saltarem exorbitantemente, levando o trabalhador ao desespero.

Somente a conta de luz, por exemplo, recebe um acréscimo de ao menos 20 taxas em suas tarifas. Mesmo se levarmos em consideração que o Brasil tem uma das melhores redes elétricas do mundo, com energia limpa e de qualidade, sendo que mais de 80% da energia consumida é produzida por hidrelétricas, o consumidor acaba sendo lesado por tantos impostos embutidos.

O Imposto sobre Circulação de Mercadoria e Serviços (ICMS), que recai sobre a luz, chega a encarecer em até 30% a conta. Isso mesmo! O consumidor paga 30% a mais em sua conta de energia elétrica para o governo. Alguns destes impostos chegam a ser cobrados sobre outros impostos (imposto sobre imposto!).

Enquanto um consumidor americano, que vive na Flórida, pagaria US$ 95 por uma conta de 1000Kwh/mês, um gaúcho, atendido pela CEEE, pagaria R$ 743,34. Essa cobrança absurda é inflada pela alta carga de impostos que são cobrados do consumidor, simplesmente para sustentar o Estado.

Na conta de água os impostos chegam a 8,5%, incluindo o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) e a Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (COFINS). Se levarmos em consideração que o país tem a maior reserva de água potável do mundo, essa cobrança fica ainda mais sem sentido.

Em nosso país os preços dos remédios também são inflados pela alta carga de impostos. A verdade é que nenhum país do mundo cobra um valor tão exorbitante de impostos sobre os remédios como no Brasil. Essa carga chega a representar 34% do valor final, sendo que em países como Estados Unidos e Canadá não há cobrança de impostos para remédios.

Também podemos ver este pesado fardo de impostos colocados sobre os ombros do brasileiro no combustível. Na gasolina, por exemplo, os impostos podem representar até 43% do valor final. O governo impõe cobranças como ICMS, PIS/COFINS e CIDE.

Os impostos também sobrecarregam os alimentos que consumimos. Apesar de o país ser considerado o “celeiro do mundo”, pois tem uma imensa produção no agronegócio, as taxas sobre os produtos variam entre 8% e 45%. As carnes chegam a ter uma carga de 16,5% de impostos. O molho de tomate chega a ter 27% de impostos em seu preço final.

Um levantamento da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) revelou que os impostos sobre materiais escolares podem chegar a até 50% do preço final do produto. Isso se torna ainda mais grave se considerarmos que a melhor posição do país nos índices mundiais de educação foi o 59º lugar entre os 70 países avaliados.

Diante destes números, que se tornam ainda piores se considerarmos outros serviços, nós precisamos cobrar dos governantes que ouçam os conselhos dos anciãos. Tomem uma atitude digna diante do povo brasileiro e retirem este jugo pesado que os impostos se tornaram para a população brasileira.

Lembrem-se que na Palavra de Deus há casos de governantes que não ouviram o clamor do povo pela redução da alta carga de impostos e acabaram causando divisão e sendo rejeitados pela população, como foi o caso de Roboão.

Quando ele herdou o trono de Salomão o povo pediu que a alta carga de impostos, que era mantida até a construção do Templo, fosse aliviada, mas Roboão não ouviu o conselho dos anciãos, preferindo dar ouvidos aos seus amigos, prometendo assim que tornaria o jugo ainda mais pesado contra o povo.

Ao ouvir a queixa das tribos de Israel, Roboão consultou os anciãos, que disseram que ele deveria ouvir a vontade do povo e reduzir os pesados impostos que eram cobrados. A Bíblia diz que eles disseram a ele em 1 Reis 12.7: "Se hoje fores um servo desse povo e servi-lo, dando-lhe uma resposta favorável, eles sempre serão teus servos".

Mas em vez de ouvir estes sábios conselhos, Roboão fez exatamente o contrário e ouviu seus jovens amigos que o aconselharam a tornar mais duro o fardo sobre o povo, pois assim eles seriam submissos a ele. Essa decisão foi um erro fatal, que causou a divisão do Reino de Israel e, como resultado, Roboão reinou apenas sobre 2 das 12 tribos.

Neste artigo em que estamos expondo o pesado fardo que o brasileiro carrega, quero aconselhar os governantes a ouvir o povo e reduzir essa carga de impostos. Ninguém aguenta mais tanto sacrifício para sustentar um Estado ganancioso.

Quando compramos um veículo, por exemplo, além de ter de pagar uma carga de impostos que pode chegar a 70% do preço do automóvel, também somos obrigados a pagar para andar com este mesmo veículo. Pagando o IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores). Isso é um grande absurdo!

Também pagamos o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) para que tenhamos direito a uma moradia. O Imposto de Renda (IR) por causa da renda que o brasileiro conquistou com o seu trabalho. Entre tantos outros tributos e impostos que fazem a vida no país ser tão sofrida.

Espero que os governantes possam se conscientizar sobre as necessidades do brasileiro e comecem a fazer alguma coisa para tirar esta carga absurda que o Estado impõe, dando fim a extorsão que o trabalhador vem sofrendo.

 

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Ex-traficante conta sua jornada do vício em cocaína ao pastorado: “Deus me preencheu”

Posted: 05 Jun 2018 08:06 AM PDT

Ex-traficante conta sua jornada do vício em cocaína ao pastorado:

Dos 13 aos 18 anos,  Leonardo Matos viveu no mundo das drogas. Ele foi usuário e passou até mesmo a ser traficante. Ele viveu situações de desespero, mas hoje é pastor formado em Teologia e ajuda pessoas que passam pelos mesmos problemas que um dia ele passou.

“Nasci em uma boa família, mas nós não tivemos uma base bíblica. Quando as crises familiares vieram, a minha família se desestruturou e logo chegaram meus problemas. Vivia um vazio muito grande e eu buscava uma coisa que eu não tinha. Foi quando aos 13 anos, em uma ausência da minha mãe, levei alguns amigos para casa”, iniciou.

“Naquela busca de sentir prazer e de saciar um buraco no meu interior, um dos amigos tirou um cigarro de maconha e eu que já tinha experimentado a bebida alcoólica pensei então que a maconha poderia saciar a vontade que eu tinha”, disse.

“Eu tive aquela experiência e não satisfeito fui buscando mais, porque já tinha entrado em outro universo. Aquilo aconteceu e começou a se repetir com frequência. Toda semana e depois todo dia. Com 14 anos eu experimentei o crack. Foi outra experiência, mas da mesma forma a busca continuava”, relatou Leonardo.

“Quando eu vi, já estava vendendo quilos de maconha. Então a minha experiência não ficou só no crack, eu passei para cocaína, para o ecstasy, LSD e outras drogas sintéticas. Vivi em um universo de muitos de muitos jovens e adolescentes, usando drogas. Então eu passei a vender cartelas de LSD e pacote de ecstasy, tanto para o meu uso como para o uso dos meus amigos”, disse.

“Eu percebi que eu já usava drogas antes de qualquer coisa e depois de qualquer coisa. A minha mãe tomou uma iniciativa e me tirou das más companhias. Mas quando eu me mudei, o meu vazio me acompanhou. Houve algumas proteções colocadas para que eu ficasse longe das drogas, como terapia. Mas o meu vazio continuava lá”, disse que que foi levado pela polícia por duas vezes.

Transformação

“Então eu fui convidado para ir em uma casa. Eu tinha todos os sinais de que precisava de algo, que estava vazio. E foi nesse ambiente que escutei o Evangelho pela primeira vez. Que Jesus me ama, que Ele tem um plano para minha vida, que eu pequei e que os meus pecados me impedem de escutar do amor de Deus para mim”, disse.

Leonardo tinha 18 anos nessa época. “Naquele momento eu disse que queria entregar minha vida para Jesus e chamei Cristo para entrar na minha vida. Ele de fato entrou eu comecei a ter experiências com Deus de forma que ele preencheu, me saciou. Ao usar drogas novamente eu comecei a perceber algo diferente”, contou.

“Foi lendo a Bíblia e sendo discipulado por aquele grupo que eu percebi que todos os meus valores haviam sido transformados. Eu sou a favor de casas de recuperação, mas no meu caso eu tive uma experiência muito forte com Jesus eu entreguei a minha vida para Ele. Eu entendi que aquilo que eu estava fazendo era pecado diante de Deus, mas eu também falei para Deus que não dava conta, então eu entrei nesse processo”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Quase 5 mil israelenses têm contato com mensagem do Evangelho

Posted: 05 Jun 2018 07:54 AM PDT

Quase 5 mil israelenses têm contato com mensagem do Evangelho

A organização Jews for Jesus (“Judeus para Jesus”, em tradução livre) realizou uma ação evangelística no último mês a fim de pregar as verdades sobre Jesus Cristo em Israel. Contando com o apoio de mais 200 voluntários, quase 5 mil israelenses ouviram a mensagem do Evangelho.

Diversas equipes de evangelismo abordaram diferentes grupos de pessoas durante um mês em Jerusalém: israelenses de língua russa, estudantes universitários, desabrigados, viciados em drogas, fãs de esporte e ortodoxos.

Ao final da ação, as equipes contabilizaram 4.937 interações com israelenses sobre Jesus. Destes, 1.747 declararam seu interesse em saber mais sobre o Messias e forneceram seu contato — das quais 700 pessoas já estão sendo acompanhadas. Além disso, 58 pessoas entregaram suas vidas a Cristo.

A Jews for Jesus espera ver esse número aumentar enquanto continua trabalhando na campanha “Behold Your God” (“Contemple Seu Deus”, em tradução livre), que há 18 anos vem realizando ações evangelísticas em todas as cidades do mundo que tenham mais de 25 mil judeus em sua população.

Jerusalém é lar de 497 mil judeus, que representam 62% da população, de acordo com o último censo realizado em 2011. Dentre todas as campanhas realizadas pela Jews for Jesus, a ação na cidade santa foi o grande destaque.

“Este é apenas o começo de uma nova era de propagação para a nossa organização de 45 anos. Estamos alcançando todos os tipos de pessoas na cidade”, disse David Brickner, diretor executivo da Jews for Jesus. “Nós experimentamos relativamente pouca oposição e muito envolvimento entusiasta”.

Cristo para todos

Ao contrário dos esforços anteriores, a Jews for Jesus aumentou a diversidade de suas abordagens para Jerusalém, que vive cercada de conflitos religiosos. “Quando Jesus andava pelas ruas de Jerusalém, Ele também tinha uma audiência diversificada, que ia desde coletores de impostos e mendigos até mestres da lei e empresários ricos. Acreditamos que Ele estabeleceu o precedente para nós”, acrescenta Brickner.

Outro ponto identificado pelo grupo é que, dentre todas as cidades de Israel, Jerusalém é a que tem o nível mais alto de pobreza e mazelas sociais. “Como crentes em Jesus, vemos como nosso Messias viveu para os outros e queremos seguir Seus passos. Estamos alimentando os pobres, limpando parques e reformando casas. Nesse processo, mostramos que Aquele em que cremos quer curar quem está quebrado ou em necessidade”, diz Dan Sered, diretor da organização em Israel.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: