Notícias Gospel (neste email contem: 7 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 7 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Lei que torna conversão religiosa em crime entrará em vigor no Nepal

Posted: 08 Jul 2018 08:04 AM PDT

Lei que torna conversão religiosa em crime entrará em vigor no Nepal

Uma melhoria na liberdade religiosa do Nepal parecia ser realidade há três anos. O país havia adotado uma nova constituição onde se declarava um estado secular. Mas, este sonho acabou mais cedo do que se imaginava.

Entrará em vigor em agosto deste ano uma lei que torna crime a conversão religiosa. E para agravar a situação, a nação conta agora com a união de dois partidos comunistas do país. Isso fez com que o Nepal tenha o maior partido comunista do sul da Ásia.

O novo partido tem uma maioria de dois terços no parlamento.

Pensando em como driblar este novo desafio, os cristãos nepaleses observam como essas mudanças os afetam. Para esclarecer, só nos últimos três meses houve um aumento no número de cristãos presos, totalizando 16.

Além disso, cinco igrejas foram danificadas ou destruídas por radicais hindus. Segundo o grupo de vigilância Portas Abertas, a situação está piorando mesmo antes de a nova lei entrar em vigor.

No decorrer dessa situação, a tendência é que o Nepal se pareça cada vez mais com a Índia, onde o governo não protege os cristãos mesmo com o aumento dos ataques de radicais hindus.

A Portas Abertas pede que os cristãos ao redor do mundo possam apresentar a Deus os governantes e autoridades do país. “Peça para que sejam justos em suas decisões. Ore pelos cristãos perseguidos, para que consigam testemunhar mesmo quando as coisas estão piorando”, finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor que estava em coma relata cura de malária cerebral contraída em viagem missionária

Posted: 08 Jul 2018 06:45 AM PDT

Pastor que estava em coma relata cura de malária cerebral contraída em viagem missionária

Um pastor de Dallas, cidade do Texas (EUA) testemunhou uma cura milagrosa. Ele havia sido diagnóstico com malária cerebral e contraiu o problema após ser exposto a mosquitos durante uma viagem missionária na Nigéria.

Steve Lawson ficou doente no final de maio, depois de ter feito a viagem à África Ocidental. Ele conheceu sua esposa de 29 anos, Karen, na Sibéria. Steve treina pastores em locais remotos do mundo.

"Eu tentei acordá-lo, mas ele não acordou. E ele não me reconhecia, como se seus olhos estivessem abertos, mas ele não me reconhecia. Ele estava dizendo palavras que não significavam nada", disse Karen.

O pastor entrou em coma e os médicos disseram que ele tinha malária cerebral, provavelmente contraída por picada de mosquito na África Ocidental. Ele ficou em coma por 10 dias. Devido à falta de tratamento disponível, o pastor foi levado para a Europa para receber atendimento médico.

"Quando Karen disse que estávamos em Paris, eu pensei: 'O que estamos fazendo em Paris?' Eu não sabia que tinha perdido quase duas semanas", disse Steve. Pessoas de vários locais do mundo oraram pela cura do pastor que recebeu um manifestação de apoio através das mídias sociais.

A banda cristã MercyMe passou a publicar em sua página no Facebook, pedindo a seus mais de 1,9 milhões de fãs e seguidores que orassem pelo pastor. O primeiro pedido recebeu milhares de reações e centenas de ações.

A filha de Lawson, Madison, compartilhou uma atualização em sua página no Facebook, descrevendo as falhas neurológicas e renais e febres que ele estava passando na época. No dia 29 de maio, Steve estava acordando, apertando as mãos de seus familiares, reconhecendo sua presença, e suas funções melhoraram significativamente.

Hoje, ele está de volta ao Texas e espera uma recuperação completa. Sua luta contra a doença fatal no campo missionário não impediu o pastor de ir ao exterior. "Isso me motiva ainda mais, porque meu pensamento é, se eu fui poupado disso, há uma razão. Existe um propósito por trás disso. Eu já estou pensando sobre a minha próxima viagem", disse ele.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Imprensa belga diz que “diabos venceram Deus” ao celebrar vitória contra Brasil

Posted: 07 Jul 2018 01:00 PM PDT

Imprensa belga diz que

Depois que a seleção da Bélgica eliminou o Brasil da Copa do Mundo na última sexta-feira (6), o jornal belga De Standaard confrontou o cristianismo, que é a religião seguida pela maioria dos jogadores brasileiros.

A primeira página do jornal apresentou as cores da bandeira da Bélgica, com o Neymar lamentando ajoelhado e a manchete: “diabos venceram Deus”. A frase faz referência ao mascote belga, Red, que é um demônio apelidado de Cramunhãozinho.

Embora a Bélgica esteja aproveitando a vitória sobre o Brasil para zombar da fé cristã, precisa conquistar cinco títulos mundiais para alcançar o país no torneio. Enquanto isso, jogadores brasileiros têm buscado forças em Deus para superar o sentimento de derrota.

Através de uma postagem no Instagram, Neymar revelou que este é o momento mais difícil de sua carreira, pois a seleção sabia que tinha condições de fazer história.

“Difícil encontrar forças pra querer voltar a jogar futebol, mas tenho certeza que Deus me dará força suficiente pra enfrentar qualquer coisa, por isso nunca deixarei de te agradecer Deus, até mesmo na derrota… Porque eu sei que o teu caminho é muito melhor do que o meu”, declarou o jogador.

Mensagens de fé também foram pronunciadas por jogadores que não foram convocados para a seleção brasileira como David Luiz, zagueiro titular da equipe em 2014.

“Os planos de Deus são maiores que os nossos! Todos lutaram até o fim e se dedicaram por todos nós, e isso deu orgulho de ver”, disse ele em seu Instagram nesta sexta.

“Orando por cada um de vocês, os jogadores, muitos meus amigos de longa data, comissão e cada funcionário que  todos os dias tem o prazer de representar nosso país”, acrescentou. “Deus abençoe a todos e que possa confortar cada coração entristecido no dia de hoje”, afirmou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Morre o cantor e pastor Feliciano Amaral, aos 97 anos

Posted: 07 Jul 2018 12:55 PM PDT

Morre o cantor e pastor Feliciano Amaral, aos 97 anos

O cantor Feliciano do Amaral morreu na manhã deste sábado (7). Ele, que também era pastor, estava internado em um hospital particular em Porto Velho (RO) desde o dia 20 de junho. O líder cristão faleceu aos 97 anos.

Feliciano era reconhecido como o “Rouxinol do Sertão” e no ano de 2013 ele foi reconhecido como o cantor com mais idade e que ainda estava em atividade, pelo Guinness Book (o livro dos records).

O cantor é natural de Minas Gerais, nasceu no ano de 1920 e foi bastante influente entre os cristãos, dentro e fora do Brasil.

Seu corpo está sendo velado neste sábado em uma funerária e no domingo, a partir das 10h. O local escolhido foi a Primeira Igreja Batista de Porto Velho, que fica na avenida Presidente Dutra, 3262. O corpo de Feliciano será sepultado às 16h do domingo.

Sobre o cantor

Feliciano chegou a pastorear várias igrejas inclusive a Primeira Igreja Batista da Pavuna, onde foi seminarista. Na cidade do Rio de Janeiro, estudou Teologia no Seminário Teológico Betel.

Foi em 1948 que ele iniciou sua jornada pela música cristã, com a gravação do 1º disco de 78 rpm do catálogo da gravadora Atlas, ligada à Convenção Batista Brasileira.

Mesmo sendo antecedido de outras produções, o disco é um dos primeiros registros sonoros de música evangélica do Brasil.

Feliciano ainda fez parte da famosa cruzada do pastor norte-americano Billy Graham, no Rio de Janeiro, em 1974 no estádio do Maracanã.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Xeique muçulmano sonha com Jesus e se converte após pedir ‘prova’ do evangelho

Posted: 07 Jul 2018 12:03 PM PDT

Xeique muçulmano sonha com Jesus e se converte após pedir 'prova' do evangelho

Um xeique muçulmano chamado Sadik*, que estava de férias na Alemanha, passeava por uma área comercial popular quando acabou conhecendo alguns missionários da organização Cru.

“Todos os anos, homens, mulheres e famílias da Península do Golfo Árabe passam férias na Europa”, observa Mike Duggins, da missão Cru. “E os membros da equipe da Cru estão compartilhando o evangelho com esses turistas, aproveitando cada oportunidade”.

Os missionários árabes iniciam conversas com turistas desses países restritos, distribuindo recursos cristãos e acompanhando o discipulado.

“Em Munique, o missionário Mehdi* conheceu um xeique chamado Sadik na rua. O irmão de Sadik havia se tornado cristão, o que o entristecia. Mas ele disse que se o cristianismo fosse verdade, se alguém conseguisse convencê-lo disso, ele acreditaria”, de acordo com Cru.

Uma das mulheres da equipe, Nafisa*, juntou-se aos dois e eles conversaram por um bom tempo.

"Você tem medo de que isso possa ser verdade?", Nafisa finalmente questionou, como se disparasse sua pergunta ‘à queima-roupa’.

Sadik ficou sem respostas para dar à missionária naquele momento, mas foi embora pensando em sua pergunta.


Mudança de atitude

No dia seguinte, Mehdi e Nafisa estavam de volta à rua, distribuindo material cristão e ficaram surpresos ao ver Sadik retornar.

Sua atitude havia mudado. Havia uma seriedade em seu desejo de conversar com eles. Ele contou sobre um sonho que teve na noite anterior.

"Eu estava no deserto correndo e estava com sede", disse ele. “Eu vi você lá, Nafisa. Você estava vestindo um manto branco, com uma cruz na frente e nas costas, e você estava oferecendo água fresca. Eu pedi água, mas você não me dava!”.

Quando Sadik despertou, ele imediatamente reconheceu a fonte do sonho.

“O sonho mudou meu coração!” Ele exclamou. “Eu sabia que era de Deus e que a água da vida é apenas para aqueles que acreditam em Jesus. Então eu orei para que eu encontrasse vocês novamente, o que aconteceu agora!”.

Lá, em uma movimentada rua comercial, ele inclinou a cabeça com os dois missionários e orou para receber a Cristo. Sadik nasceu de novo e se conectou com um suprimento infinito de Água Viva!

"O missionário Mehdi conseguiu continuar em contato com ele e lhe discipulando, enquanto ainda estava naquela viagem missionária", observou Duggins.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

“Não temos deixado Jesus entrar na nossa bolha de proteção”, alerta Gabi Sampaio

Posted: 07 Jul 2018 11:14 AM PDT

A cantora Gabi Sampaio foi a convidada deste ano para a ministração especial às mulheres, que aconteceu na manhã deste sábado (7) durante a programação da Expoevangélica em Fortaleza, no Ceará. Em sua pregação, ela destacou a importância de deixar o coração livre para Deus trabalhar.

Ela citou a passagem bíblica de Provérbios 4:23, que diz: “Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida”. Baseando-se nisso, ela disse que muitos cristãos têm guardado o coração até mesmo do próprio Deus.

“A gente tem guardado o coração até de Deus. Nós não temos deixado Jesus entrar na nossa bolha de proteção como se Ele viesse somente para nos julgar. O Espírito Santo não vêm para apontar o dedo”, disse ela sobre  nosso relacionamento com o Criador.

Em entrevista ao Guiame, Gabi salientou que por mais que o homem seja imperfeito, Deus nos cobre com sua perfeição. “Eu acredito nessa nossa imperfeição que foi coberta por Jesus. Continuamos imperfeitos, seremos imperfeitos, até que a gente volte para a Glória”, disse.

“Mas, Ele lança seu sangue sobre nós e nos fez parte dessa eternidade. Ele nos transformou em perfeitos quando olhou para nós. Não é que nós somos perfeitos, no sentido de não errarmos mais, mas é porque o sangue de Jesus nos fez completos, nos fez suficientes para estar com Ele”, continuou.

Gabi Sampaio em entrevista para o Guiame. (Foto: Divulgação)

Cobrança de perfeição

Para Gabi, um dos motivos pelo qual muitos cristãos acabam deixando as igrejas é a cobrança exagerada de perfeição. “Um grande problema que a gente tem hoje é justamente isso, uma cobrança de perfeição de um Deus muito severo, quando na verdade não é assim”, disse.

“E então, parece que Ele não ama a gente. E então a gente fica contando com as nossas forças para suprir essa necessidade de perfeição e não é isso que Ele pediu de nós. Ele pediu pra gente vir fraco e Ele nos fazer fortes. Ele quer que a gente venha do jeito que a gente está para Ele completar o que falta”, explicou.

Gabi reforça que Deus nos torna melhor por conta de sua perfeição. “Não é que Ele não aceite a gente como somos. Mas, ele nos completa e pode fazer melhor do que já somos. E essa necessidade de perfeição deixa a gente decepcionado com Deus”, pontuou.

“Deixa a gente frustrado por não poder fazer tão bem quanto a gente acha, porque a gente está olhando com um olhar humano. Mas, quando a gente olha com o olhar de Deus, tudo fica diferente. A nossa motivação é outra e os nossos frutos são outros”, disse.

O véu rasgado

A cantora  ainda abordou que mesmo imperfeitos, podemos ter acesso ao Pai, sem precisar de liturgias. “Como diz a Palavra de Deus, o povo se perde por falta de conhecimento. Acho que o nosso problema, a nossa falta de conhecimento de Deus faz com que a gente fique descrente das coisas que Ele mesmo fez”, disse.

“Nos tornamos descrentes justamente porque a gente não conhece Ele tão bem ao ponto de se entregar por inteiro. O que ele fez? O véu rasgou, ponto final. Não tem jeito da gente ficar tentando voltar, não têm jeito da gente voltar a diminuir o fato que aconteceu”, coloca.

Gabi explica que há cristãos que reagem como se não houvesse acesso a Deus. “Até os dias de hoje, tem gente andando como se este véu estivesse no nosso rosto. O que a gente precisa é de talvez um avivamento do conhecimento de Deus, para que  gente possa andar com a ousadia que Deus nos chamou para ter, porque aí a gente só consegue quando temos a revelação de quem Jesus é e de quem somos em Jesus”, ressaltou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Escritor ateu sugere abortar bebês com má formação para não terem “vida sofrida”

Posted: 07 Jul 2018 09:48 AM PDT

Escritor ateu sugere abortar bebês com má formação para não terem

O cientista criacionista Ken Ham perguntou ao autor ateu Richard Dawkins se ele acreditava que crianças nascidas em famílias cristãs deveriam ser abortadas para salvá-las do possível sofrimento e também criticou uma declaração do escritor que sugeria o aborto como solução para que as crianças com má formação congênita não tivessem uma vida sofrida.

Ham observou em um post que fez no Facebook na quinta-feira que Dawkins argumentou recentemente que os ensinamentos cristãos sobre um inferno eterno têm um efeito sobre as crianças “ainda pior que o abuso físico”.

"Ainda bem que eu nunca experimentei pessoalmente o que é acreditar  real e verdadeiramente e profundamente acreditar  no inferno. Mas eu acho que pode ser plausivelmente argumentado que uma crença profundamente arraigada poderia causar a uma criança um trauma mental mais duradouro do que o constrangimento temporário de abuso físico", escreveu Dawkins em seu site na época, referindo-se à sua própria experiência de ter sofrido abuso sexual pelas mãos de um padre.

Ham também vinculou um dos posts de Dawkins no Twitter em junho, onde o biólogo evolucionário afirma: "O aborto para evitar defeitos congênitos não é sobre eugenia. Trata-se de evitar o sofrimento humano individual".

"Richard Dawkins: 'Aborto para evitar defeitos congênitos ... [para] evitar o sofrimento humano individual.' E se alguém disser que Dawkins está ficando velho e seria melhor morrer para evitar o sofrimento da velhice? A Dawkins falta o temor a Deus e ele está aplicando sua religião evolucionária", escreveu Ham como resposta.

"E quem decide o que alguém está sofrendo e o que não está? Richard Dawkins declarou que ensinar às crianças sobre o cristianismo é 'abuso infantil'   e se ele decidisse que as crianças deveriam ser abortadas se estivessem em uma família cristã, do contrário elas sofreriam?", acrescentou o cientista criacionista e presidente da organização ‘Answers in Genesis’. "Quem desenha estas linhas e por quê?".

Contexto

O comentário de Dawkins sobre abortar crianças com má formação foi uma resposta ao discurso do Papa Francisco a uma delegação da Associação da Família da Itália em Roma. O líder maior da Igreja Católica Romana havia comparado a prática de abortar crianças para evitar defeitos congênitos aos experimentos eugênicos da era nazista.

"Ouvi dizer que é moda, ou pelo menos de costume, que quando nos primeiros meses de gravidez eles fazem estudos para ver se a criança é saudável ou tem alguma coisa, a primeira oferta é: vamos nos desfazer disto", disse Francisco.

"Eu digo isso com dor. No último século, o mundo inteiro ficou escandalizado sobre o que os nazistas fizeram para purificar a raça. Hoje fazemos o mesmo, mas agora com luvas brancas", acrescentou Francisco, referindo-se ao aborto.

Posicionamento protestante

Líderes evangélicos proeminentes, como James Dobson, criticaram algumas nações europeias, como a Islândia, por quererem "erradicar o nascimento da síndrome de Down" abortando uma alta porcentagem de bebês diagnosticados durante exames pré-natais.

Dobson, um psicólogo cristão e fundador do Focus on the Family, disse em 2017 que tal prática "se parece muito com a eugenia da era nazista".

"Essa é uma tendência seguida de perto por outras nações ocidentais, incluindo a Dinamarca, a França e até mesmo os Estados Unidos. Todos nós devemos estar profundamente tristes e indignados", alertou em um comunicado na época.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: