Notícias Gospel (neste email contem: 21 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 21 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Mulheres visitam clubes noturnos para levar o amor de Deus a strippers

Posted: 08 Aug 2018 08:53 AM PDT

Mulheres visitam clubes noturnos para levar o amor de Deus a strippers

Um ministério de mulheres que visita clubes de strip em Atlantic City, nos Estados Unidos, é movido por uma única missão: fazer com que as strippers se sintam dignas do amor de Deus.

O Love's Way Out foi fundado por Cissy McNickle, 40 anos, que lidera junto com seu marido, Buff, a Igreja Batista Grace Falls. Junto com outras mulheres, uma vez por mês, ela vai até os famosos clubes da cidade para levar amor e um pequeno presente.

“Olá! Temos cupcakes!”, anunciou Cissy para cerca de dez strippers que faziam a maquiagem em frente a grandes espelhos.

Uma das perguntas que Cissy mais escuta é: “Quantas strippers você salvou?” Ela geralmente responde: “Eu não posso salvar ninguém. Eu posso começar mostrando amor e levando bolinhos para elas saberem como são amadas por Deus”.

O objetivo da Love's Way Out é complexo, de acordo com Morgan, uma das participantes de 28 anos. Embora o processo não dê resultados imediatos, as mulheres são pacientes.

“Os clubes nos deixam entrar no vestiário e sair — isso já é um avanço. Foi preciso muito trabalho da Cissy”, explicou, fazendo referência ao esforço de Cissy para ganhar a confiança da administração.

“Sentimos que Deus tem um caminho mais seguro e um caminho mais saudável para as mulheres”, disse Cissy, enfatizando a importância das dançarinas saberem que o ministério está orando por elas. “Eu simplesmente amo muito essas mulheres e quero que elas saibam que são amadas”.

Muitas vezes, os clubes não deixam as mulheres evangélicas entrarem. “As pessoas podem ter tanto medo dos cristãos”, comentou Raven, uma das participantes. “É exatamente por isso que eu nunca me apresento como uma ‘batista’. As pessoas geralmente atribuem algo a esse nome”, disse Cissy.


Caixa de presentes com frase inspirada em Lucas 1:45: “Feliz é aquela que creu”. (Foto: Max Burkhalter/The Guardian)

Início

A primeira vez em que Cissy foi a um clube de strip foi a “noite mais aterrorizante” de sua vida. “Não é suficiente a igreja dizer [às garotas de programa]: ‘O que você está fazendo é errado’. Ela precisa dizer: ‘Vamos te ajudar a fazer parte da sociedade novamente’. Nosso ministério seria obsoleto, a menos que a gente considere a realidade”, ela afirma.

Cissy lembra que certa vez uma stripper contou sobre sua família. “Ou trabalho numa mercearia, ganho um salário mínimo e não vejo meus filhos, ou ganho mais dinheiro enquanto meus filhos estão dormindo na casa da minha mãe”, lembra Cissy. “Eu honestamente não fui capaz de resolver isso”, lamenta.

Antes de fazer parte do ministério, Morgan nunca havia entrado em um clube de striptease. “Mas Jesus foi a lugares que faziam 'boas moças cristãs' se sentirem desconfortáveis. Ele foi julgado por isso, mas ele foi para esses lugares porque era onde estava a necessidade”, observa.

Uma mulher chamada Envy, que trabalha em vários clubes de Atlantic City, conhece o trabalho das mulheres. “Eu achava elas meio estranhas, mas elas nos trouxeram um monte de coisas legais”, disse ela, enquanto mastigava chiclete. “Elas falaram com as meninas e fizeram perguntas pessoais, e eu nunca vi isso antes. Apesar de ser bem esquisito, é legal e muito generoso”.

“Ah, elas são tão irritantes”, interveio outra stripper, enquanto Envy falava. “Mesmo que elas estejam fazendo isso com a bondade de seus corações, eu sei que elas não acham que estamos no mesmo nível que elas”, justificou.

Embora haja muita resistência por parte das mulheres que trabalham nos clubes, Cissy continua em oração por todas elas: “O Senhor conhece as histórias delas, conhece os nomes delas, conhece a situação delas, as ama e se preocupa com elas. Nos dê ousadia. Nós oramos em nome de Jesus. Amém!”

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Será que é só isso?

Posted: 08 Aug 2018 08:08 AM PDT

Será que é só isso?

Pense na rotina básica de um brasileiro, acordar, tomar um rápido café, encarar um busão, um trem, um metrô, trabalhar, voltar encarando a mesma luta no transporte, estudar, assistir novelas, jornais, futebol, dormir e depois no dia seguinte, tudo de novo. Final de semana compras, passeio na casa de alguém, pizza, churrasco, shopping, igreja, Silvio Santos, Faustão, mais futebol, mesas redondas, fantástico, filmes, séries...

Os anos passam voando. Sem perceber, milhares de pessoas vão repetindo hábitos, gestos, manias e rotinas muito semelhantes. Uns tentam ser mais modernos, outros mais tradicionais, uns mais conservadores, outros mais liberais. Mas o fato é que a rotina está lá. A questão nem é se é bom ou ruim, a questão é que inevitavelmente, mais cedo ou mais tarde, todos chegarão a mesma pergunta: Será que é só isso?

Será que a vida será sempre esta repetição? Será que vamos ficar por aqui falando de copa, eleição, juros, inflação, corrupção, dívida, decepção, dor, TCC, emprego, celebridades, políticos, política, novos carros, celulares, fotos, fatos, vídeos, alienação? Será que vou encontrar doenças nos produtos industrializados que consumo? Será que seremos engolidos pelo politicamente correto? Será que nos resta ficarmos trancados em nossas casas enquanto a bandidagem segue livre, leve e solta? Será que é só isso? Sempre só isso?

Que sociedade é esta? Que mata, aborta, estupra, humilha, rouba, falsifica, ilude, sequestra, detona, apavora, causa, debocha e esculacha com a vida sem qualquer pudor? Sem qualquer receio de que um dia se encontrará com a justiça? Que universo é este que o homem vem criando povoado de loucuras e sandices sem fim?

Este é um tipo egoísta de universo criado por homens amantes de si mesmos, que adoram o próprio ventre e cuja visão não ultrapassa o próprio umbigo. Neste universo, sim, é só isso mesmo. Expectativas estarão sempre reféns das rotinas mortíferas que se imaginou a última bolacha no pacote da modernidade, do hedonismo, do secularismo, do materialismo, enfim, da mais fria indiferença quanto ao futuro.

Aliás, futuro, não é preocupação neste universo minúsculo governado por homens. O que importa é somente o aqui e o agora, o resto é matéria, Deus não existe, dramaticamente tudo terminará num absoluto nada. O incrível, mesmo para os conformados e confortáveis habitantes deste limitadíssimo universo é que, inescapavelmente, a pergunta sempre chega: Será que é só isso?
Salmo 45:11, na tradução da Bíblia Viva, traz esperança e conforto para os que creem: “O Senhor do Universo está entre nós; Ele, o Deus de Israel é a nossa proteção!” A poesia hebraica nos dá a perspectiva correta: Não! Não é só isso!

Se fosse “só isso”, para quê “tudo isso” que diariamente enfrentamos? Tudo isso que diariamente lutamos, trabalhamos, sofremos e vivemos? Para quê? Isso, para começo de conversa, não é “só”. É a nossa história que nEle encontra significado e sentido, pois o dono do Universo, dentre tantos espaços e planetas possíveis, os quais Ele mesmo criou, escolheu habitar entre nós através do seu Filho. Mais que habitar, escolheu relacionar-se conosco através de Cristo, o Emanuel, o Deus conosco, dando vida e proteção.

Na sua caminhada da fé, frente as suas mais angustiantes perguntas, diante das mais profundas dúvidas sobre sua rotina, suas repetições, sobre os cultos que ano a ano participa, a respeito das promessas que fez e cumpriu, não se esqueça e nem se desanime, porque definitivamente não é só isso. É isso e muito mais, afinal, para sempre “o Senhor do Universo está entre nós!”.

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '"Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".

*O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Turquia força cristãos a assinarem termo, dizendo que "não sofrem perseguição"

Posted: 08 Aug 2018 07:50 AM PDT

Turquia força cristãos a assinarem termo, dizendo que "não sofrem perseguição"

Cristãos na Turquia foram pressionados pelo governo a assinar uma declaração de que eles não sofrem perseguição religiosa, disse o líder de uma igreja local.

"A Ordem de Santo André, Arcontes do Patriarcado, lamenta a pressão que o governo turco colocou claramente sobre as minorias religiosas da nação na obtenção de uma declaração sobre a liberdade religiosa deles", disse Anthony J. Limberakis, o Comandante Nacional do Leste Ordem da Igreja Ortodoxa, em um comunicado na semana passada.

"Não é preciso ser um 'evangelista dos EUA' ou ter uma 'mentalidade sionista' para ver que a declaração de representantes das igrejas greco-ortodoxas e armênias e outras comunidades minoritárias religiosas foi obtida sob coação", acrescentou ele, referindo-se aos comentários Presidente Recep Tayyip Erdogan fez.

A declaração do presidente turco afirma que pessoas de diferentes religiões vivem "livremente" na nação de maioria muçulmana, de acordo com a agência local de notícias, Anadolu.

"Nós, como representantes religiosos e diretores de fundação de sociedades de diferentes religiões e crenças, que foram estabelecidos neste país por séculos, estamos livres para seguir nossas crenças e práticas", afirma a declaração.

Erdogan usou a declaração para afirmar que "a Turquia não tem problemas relacionados a minorias [religiosas]".

As declarações do presidente vieram em meio a uma grande disputa com os Estados Unidos sobre a prisão do pastor americano Andrew Brunson.

O presidente dos EUA, Donald Trump, juntamente com numerosos congressistas e grupos de vigilância de perseguição, acusaram a Turquia de manter Brunson como refém e puni-lo por sua fé cristã.

O tribunal turco colocou Brunson em julgamento sob falsas acusações de que ele se comunicou com grupos curdos acusados ​​de realizar um golpe fracassado no país em 2016.

Contexto

Enquanto Brunson foi recentemente autorizado a sair do regime fechado e esperar o fim do julgamento (previsto para outubro) em prisão domiciliar na Turquia, isso não diminuiu as tensões.

Na semana passada, o Departamento do Tesouro dos EUA atingiu a Turquia com sanções econômicas pelo tratamento o país de maioria islâmica está dando a Brunson. Erdogan respondeu ao bloqueio econômico, anunciando que seu governo "congelará os ativos dos ministros americanos da Justiça e do Interior que vivem na Turquia".

A Ordem de Santo André, que tem sede nos EUA, disse em seu comunicado que as comunidades greco-ortodoxas e armênias na Turquia estão "bem conscientes" das principais preocupações religiosas para os crentes minoritários no país.

Limberakis acusou o governo de continuar interferindo nas atividades do Patriarcado no país.

Ele argumentou que Erdogan está "agindo como um ditador contra minorias religiosas, pedindo-lhes para assinar um documento que 'desmente a realidade', quando eles não estão em condições de recusar, por medo de que sua situação se deteriore ainda mais".

Limberakis também apontou que a Turquia continua a aprisionar um grande número de jornalistas.

"Assim, esperamos que esta afirmação notória, claramente obtida sob coação, inspire os jornalistas de todo o mundo a investigarem e lançarem luz sobre a situação do Patriarcado e de todos os cristãos e outras minorias religiosas na Turquia", escreveu ele.

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Bethel Church irá doar 1000 dólares para cada casa destruída em incêndio na Califórnia

Posted: 08 Aug 2018 06:43 AM PDT

Bethel Church irá doar 1000 dólares para cada casa destruída em incêndio na Califórnia

A Bethel Church, conhecida mundialmente por seu ministério de louvor, está doando 1000 dólares (equivalente a mais de R$ 3.760) para cada família que perdeu sua casa no maior incêndio da história da Califórnia, nos Estados Unidos.

Os incêndios florestais, que começaram no dia 27 de julho na região de Mendocino, já devastaram uma área equivalente à cidade de Los Angeles. Ao menos 14 mil bombeiros combatem 16 focos, que no total já consumiram 2.370 quilômetros quadrados, segundo O Globo.

A Bethel Church é localizada na cidade de Redding, próxima ao incêndio "Carr", considerado o sexto mais destrutivo da história da Califórnia. O incêndio Carr, que teve origem na "falha mecânica de um veículo", matou sete pessoas e destruiu 1,6 mil prédios, incluindo 1 mil casas.

“É nosso desejo oferecer uma oferta de US$ 1.000 de assistência aos moradores que perderam suas casa e bens por terem sido destruídos. Conseguimos dar uma oferta por casa perdida (não por pessoa), para as pessoas que estavam morando na casa durante o incêndio de Carr”, anunciou a igreja em nota.

O plano original da Bethel era arrecadar 200 mil dólares para distribuir para cerca de 150 a 200 lares afetados pelas queimadas. No entanto, com o aumento de residências destruídas para mil casas, a meta de arrecadação da igreja passou a ser 1 milhão de dólares.

“Este foi um passo de fé para nós dizermos ‘sim’ a este compromisso; US$ 200 mil seria um desafio, mas viável com a nossa própria força e recursos. Mas US$ 1 milhão é um passo de fé do tamanho de Deus”, destacou a Bethel.

“Estamos crendo Nele para isso e agora estamos no processo de incentivar nossos amigos ao redor do mundo para sermos as mãos de Cristo para nossa cidade neste momento. Estamos determinados a honrar este compromisso, seja pela generosidade das ofertas da comunidade global ou por nossas próprias finanças da igreja”, acrescentou a denominação.


A Bethel Church é conhecida pelo seu ministério de louvor, Bethel Music. (Foto: Bethel Music)

Os moradores que se qualificarão para receber a quantia em dinheiro são aqueles cujas casas eram sua residência principal. As casas ainda devem estar reconhecidas no relatório da Autoridade de Habitação como mais de 50% destruídas. O dinheiro não beneficiará aqueles que perderam suas casas de veraneio ou propriedades alugadas.

Mobilização da Igreja

A Bethel Church não conseguiu abrigar famílias afetadas pelo incêndio por estar localizada em uma zona de risco. No entanto, a igreja está servindo como um centro de distribuição de ajuda do Exército da Salvação. Voluntários vinculados à Bethel também estão ajudando moradores a limpar as cinzas de suas casas para recuperar quaisquer objetos de valor.  

O pastor Bill Johnson, líder da Bethel Church, disse no domingo (5) que ficou emocionado com a mobilização das igrejas e outras organizações.

“Esta destruição não foi causada por um Pai amoroso”, destacou. “Você pode ter ouvido a voz do devorador por vários dias, mas está prestes a ouvir a voz do Restaurador por muitos meses. Deus vai restaurar [esta cidade] a um nível tão alto, a algo maior do que qualquer coisa que já vimos antes”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Gangue estupra menina de 9 anos para desencorajar novas conversões ao cristianismo

Posted: 08 Aug 2018 06:39 AM PDT

Gangue estupra menina de 9 anos para desencorajar novas conversões ao cristianismo

Uma menina de nove anos, que morava com sua família na Índia e que havia se convertido ao cristianismo recentemente, foi estuprada por gangues e assassinada no último domingo (5). O crime aconteceu no estado de Punjab.

Anjali Masih estava brincando com seus amigos na cidade de Gurdaspur, perto da fronteira com o Paquistão, quando um grupo de homens a atraiu mostrando uma goiaba. Ela foi estuprada pelas gangues e estrangulada com um fio de telefone.

Cristãos locais disseram ao World Watch Monitor que houve um aumento do sentimento anticristão na área, que é predominantemente hindu e sikh, uma vez que várias famílias se converteram ao cristianismo.

Um cristão, que não quis ser identificado, sugeriu que o ataque foi realizado por pessoas que queriam desencorajar conversões ao cristianismo. A Índia tem visto uma onda de violência anticristã nos últimos anos, com um notável aumento desde que o nacionalista Narendra Modi chegou ao poder em 2014.

No entanto, o estado de Punjab tem sido amplamente poupado dessa violência. Depois do assassinato de um pastor na cidade de Ludhiana, no ano passado, um cristão local disse ao World Watch Monitor: “O estado de Punjab é muito seguro na Índia para os cristãos”.

O cristão continuou: “Há sikhs vivendo aqui — eles também são uma minoria religiosa na Índia. Somos também uma minoria, mas nunca tivemos ameaças. Mas infelizmente isso aconteceu e estamos todos chocados sobre como isso é possível. Ninguém sabe como isso pode acontecer”, lamentou.

O estado de Tamil Nadu, no sul, viu o maior número de ataques religiosos motivados, mas a violência se espalhou. O World Watch Monitor relatou na semana passada um aumento nos incidentes em dois estados do sul.

Os estados com as chamadas “leis anti-conversão” foram particularmente afetados. Essas leis, apesar de tentar evitar conversões forçadas, na verdade desestimulam todas as conversões. Os acusados ​​de tentar converter outros a outra religião enfrentam violência em massa.

Os estados com tais leis são: Uttarakhand, Odisha, Madhya Pradesh, Chhattisgarh, Himachal Pradesh, Gujarat e Jharkhand. Quando Jharkhand se tornou o sexto estado indiano a aprovar a legislação, em agosto do ano passado, os líderes da igreja protestaram contra o governo liderado pelo partido BJP, acusando-o de se apressar pela lei, que foi aprovada no mesmo dia.

O BJP é o partido no poder em seis dos sete estados a adotar tal legislação. Rajasthan, Arunachal Pradesh e Tamil Nadu também procuraram introduzir a lei, mas ela foi revogada em 2004 em Tamil Nadu, enquanto em Rajasthan e Arunachal Pradesh não foi aprovada pelo governador do estado. Em junho, o ministro-chefe budista de Arunachal Pradesh anunciou que a lei não seria introduzida.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

China quer submeter todas as religiões ao Partido Comunista em cinco anos

Posted: 08 Aug 2018 05:23 AM PDT

China quer submeter todas as religiões ao Partido Comunista em cinco anos

Uma nova onda de perseguição aos cristãos vem ocorrendo na China, desde que o presidente Xi Jinping apresentou um plano de 5 anos para submeter todas as religiões ao governo do país. O projeto pretende infundir as crenças com "características chinesas", o que inclui a lealdade ao Partido Comunista, que governa o país.
 
Nos últimos meses, o governo deu alguns passos em direção a essa medida, fechando centenas de igrejas domésticas e apreendendo Bíblias.

As igrejas domésticas não registradas, que surgiram independentemente do Conselho Cristão oficial, foram amplamente toleradas até certo ponto. Mas desde o lançamento do novo plano, se tornaram um alvo certo do Partido Comunista.
 
"Os líderes chineses sempre suspeitaram do desafio político ou da ameaça que o cristianismo representa para o regime comunista", disse Xi Lian, estudioso do cristianismo chinês na Duke University. "Sob o governo de Xi Jinping, esse medo da infiltração do Ocidente se intensificou e ganhou uma proeminência que não vemos há muito tempo".
 
Alguns cristãos perderam seus empregos, foram despejados de suas casas, presos e até mesmo mortos por causa de sua fé cristã.
 
Em março, um proeminente líder de uma igreja doméstica chinesa foi condenado a sete anos de prisão, depois de ter construído escolas cristãs em Mianmar.
 
A ChinaAid, organização cristã que denuncia os abusos contra os Direitos Humanos na China, relatou que no mês passado, meia dúzia de cristãos foram condenados a até 13 anos de prisão, após terem sua religião chamada de "seita".

Por causa dessa repressão, a ChinaAid diz que dezenas de pastores e suas famílias fugiram para os Estados Unidos nos últimos anos.
 
"O governo diz que temos liberdade religiosa, mas na verdade não há liberdade alguma", disse a esposa de um pastor, que pediu anonimato para preservar a segurança do marido. "Muitos de nossos irmãos e irmãs cristãos estão decepcionados e temerosos".

Causas 

Especialistas dizem que a nova onda de perseguição ocorre quando o país passa por um renascimento religioso. Os relatórios dizem que há cerca de 67 milhões de cristãos, incluindo católicos no país  o que significa que a China está a caminho de se tornar o lar da maior população cristã do mundo em questão de décadas.
 
"Após o 'colapso' da ideologia comunista, nenhum sistema de valores foi estabelecido para preencher o vazio espiritual", disse o escritor Zhang Lijia. "A China testemunhou um renascimento religioso nas últimas décadas, precisamente por causa desse vácuo e controle relaxado".
 
Sob a nova repressão, crianças e membros do partido comunista são banidos das igrejas em algumas áreas, e pelo menos uma cidade encorajou os cristãos a substituir os cartazes de Jesus por retratos do presidente Xi.
 
O pastor e fundador da China Aid, Bob Fu, disse: "Acho que tem a ver com a ideologia do presidente Xi Jinping. Ele está realmente querendo levar a China ao antigo caminho do presidente Mao Tsé Tung, exercendo mais controle político, controle mental, ideológico, Sinicização na ideologia do partido comunista, e qualquer outra coisa seria considerada uma ameaça".

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Sopa purê de mandioquinha com bacon

Posted: 08 Aug 2018 04:53 AM PDT

Sopa purê de mandioquinha com bacon

Ingredientes

300 g mandioquinha in natura
30 g cebola pérola em brunoise
15 g manteiga integral sem sal
700 ml fundo claro de ave
Sal refinado a gosto
Pimenta-do-reino branca moída a gosto
Cebolinha em chiffonade a gosto
30 g bacon

Modo de Preparo

Cortar a mandioquinha em cubos pequenos. Suar o bacon cortado em cubos pequenos e reservar. Suar a cebola na gordura do bacon, se necessário adicionar manteiga, suar a mandioquinha. Acrescentar o fundo.

Cozinhar até que os legumes estejam macios, escumando sempre. Fazer um purê dos sólidos (na peneira), ajustar com o líquido até obter a consistência desejada. Ajustar os temperos com sal e pimenta.

Servir decorando com a cebolinha e o bacon.

Tempo de preparo: 50 minutos
Rendimento: 4 porções

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Alimentos amigos e inimigos no combate ao colesterol

Posted: 08 Aug 2018 04:49 AM PDT

Alimentos amigos e inimigos no combate ao colesterol

Vital para o organismo, o colesterol é um composto que desempenha funções como transporte das gorduras, manutenção da permeabilidade das células, síntese de hormônios e de vitamina D. Apenas 30% do colesterol total são provenientes do consumo de alimentos de origem animal (origem exógena). Os outros 70% são fabricados pelo fígado (origem endógena).

“Existem vários tipos de colesterol, mas em geral destacamos dois: o bom e o mau. O colesterol bom é conhecido por HDL, enquanto o mau é chamado de LDL, cujo o excesso é justamente o que está associado ao desenvolvimento das doenças cardiovasculares”, explica a nutricionista, Rosana Perim, gerente do Serviço de Nutrição do Hospital do Coração (HCor).             

Para conscientizar a população sobre os riscos do acúmulo do LDL no organismo, em prol do Dia Nacional de Combate ao Colesterol, nesta quarta-feira (8), a gerente de nutrição do HCor explica que fatores genéticos podem estar relacionados ao aumento de colesterol sanguíneo, mas na maioria dos casos ocorre por meio de hábitos alimentares incorretos, influenciados pelo elevado consumo de alimentos ricos em colesterol, gorduras saturadas e gordura trans.

“Uma alimentação balanceada, rica em frutas, verduras, legumes e cereais integrais é indicada para todos os indivíduos, especialmente para aqueles que pretendem manter os níveis de colesterol no sangue desejáveis”, recomenda a nutricionista.

Dieta equilibrada

De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, os valores ideais de colesterol devem ser: LDL abaixo de 130mg/dL, HDL acima de 40 mg/dL e colesterol total abaixo de 190 mg/dL. Por isso, Rosana ressalta que é muito importante ficar atento ao tipo de alimentação que adotamos em nosso dia-a-dia.

“A base de uma dieta saudável e balanceada para quem está com o colesterol aumentado está na diversificação e na escolha correta dos tipos de gordura presentes nos alimentos. Isso, claro, sempre de maneira equilibrada e sem exageros”, lembra a nutricionista.

Amigos e inimigos da saúde

Para que possamos compor uma dieta mais saudável, Rosana destaca quais alimentos são “amigos” e “inimigos” da saúde no combate ao colesterol ruim. Entre os amigos, temos verduras e legumes; frutas; cereais integrais; aveia; laticínios desnatados; margarinas cremosas; peixes (de preferência salmão, sardinha, anchova e atum); azeite de oliva; azeitona; óleos vegetais de soja, milho, girassol ou canola; e oleaginosas, como castanhas, nozes, amêndoas, amendoim e linhaça.

Já entre os inimigos, temos carnes gordurosas, como costela, picanha, contrafilé e pernil; frutos do mar, como camarão, lula, marisco e lagosta; manteiga e margarinas duras; embutidos, entre os quais estão salsicha, linguiça, mortadela, salame, bacon e torresmo; banha de porco, azeite de dendê; leite integral e derivados; queijos amarelos; biscoitos amanteigados e croissant; aves com pele; vísceras, como coração de frango, miolo e fígado; doces com cremes e chantilly; chocolate ao leite; polpa e leite de coco.

Consumo de ovos

Por algum tempo, o ovo foi considerado vilão, pois acreditava-se que o colesterol existente na gema poderia elevar os níveis de colesterol no sangue. Porém, os resultados de diversas pesquisas recentes mostraram que a lecitina presente nos ovos funciona como emulsificante natural de gordura, o que inibe a absorção do colesterol presente no alimento, quando ele chega ao intestino. “Esse processo, por sua vez, impede, naturalmente, que o colesterol aumente, mesmo que os ovos sejam ricos nesta substância”, explica Rosana.

Segundo a nutricionista, a inibição da absorção não ocorre 100%, mas a quantidade é significativa e suficiente para comprovar que o consumo de ovo não contribui para elevação do colesterol sanguíneo.

“Estudos realizados na última década evidenciam claramente os efeitos benéficos dos ovos, indicando que é possível consumir uma unidade por dia sem que haja riscos. Portanto, usando o bom senso em relação a quantidade, o alimento pode ser consumido sem grandes preocupações e deve ser alternado com outras fontes de proteínas como as carnes magras, aves sem pele e peixes”, conclui a gerente de nutrição do HCor.

LDL Colesterol (mau)

Transporta o colesterol do fígado para as células. Se estiver em excesso, pode acumular-se nas paredes das artérias, impedindo a passagem do sangue, aumentando o risco de infarto e acidente vascular cerebral (AVC). Para manter a saúde do nosso coração, devemos manter o nível do “colesterol mau” baixo.

HDL Colesterol (bom)

Transporta o colesterol até o fígado onde posteriormente é eliminado. Funciona como um sistema de limpeza nas artérias. Este tipo de colesterol ajuda a manter a saúde do nosso coração e devemos mantê-lo elevado.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Nova constituição obriga cristãos que vivem nas ilhas Comores a seguirem o Islã

Posted: 07 Aug 2018 12:50 PM PDT

Nova constituição obriga cristãos que vivem nas ilhas Comores a seguirem o Islã

Comores, um país formado pelo conjunto de três ilhas do continente africano, realizou um referendo no final de julho para decidir novos pontos de uma reforma constitucional. A nação queria chegar a uma conclusão: decidir qual seria a religião oficial. Após o evento, que foi marcado com a esmagadora vitória do "sim", Comores se declarou como um Estado islâmico sunita.

Com as mudanças na constituição. foram estabelecidos princípios e regras para o cumprimento da religião sunita. Segundo informações de um missionário local, a nova decisão deve ter um forte impacto sobre a minoria cristã do país.

Sabe-se que Azali Assoumani, o presidente de Comores, suspendeu o tribunal constitucional por incompetência em abril deste ano. De acordo com analistas, esta foi uma tentativa de diminuir a ordem jurídica no país.

Durante sua campanha, o presidente apelou ao povo que votasse na extensão de seu mandato presidencial. Em troca disso, Assoumani prometeu que medidas mais severas seriam tomadas para com as pessoas que não são sunitas.

Por direito emitido pela emenda constitucional, o presidente pode ainda concorrer a outra eleição — o que antes não era possível, já que o cargo presidencial se alterava a cada cinco anos entre as três ilhas do país.

A World Christian Database informou que mais de 95% da população de Comores é muçulmana sunita. Isso torna os 2,1% de cristãos e islâmicos xiitas do país como alvos de perseguição.

Além disso, houve um crescimento do islamismo radical entre a população com o passar dos anos. Outros nichos sociais também sofreram impacto com esse aumento, como os oficiais do governo, líderes religiosos e grupos de jovens muçulmanos. Tal fato está preocupando os cristãos que residem no país.

Uma das formas de perseguição religiosa aos cristãos é a obrigação dos pais de enviar seus filhos para as madraças. Lá, os líderes muçulmanos ensinam sentimentos anticristãos.

Outro ponto é que as pessoas que abandonaram a fé muçulmana para abraçar o cristianismo podem ser processadas. Os lugares de adoração para cristãos são negados e os djaulas, grupo ultraconservador radical que são contra os convertidos, forçam o país a adotar uma visão mais extrema da sharia (lei islâmica).

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Ator de “Jesus” revela como a novela influencia sua fé: “Estou mais próximo Dele”

Posted: 07 Aug 2018 12:03 PM PDT

Ator de

O ator Dudu Azevedo, protagonista da novela “Jesus”, exibida pela Record, enxerga a oportunidade de interpretar o Filho de Deus como uma experiência transformadora.

Depois que o carioca de 39 anos ficou imerso no enredo bíblico, ele reconhece que sua relação com Deus está mais forte. “Sem sombra de dúvida, estou mais próximo Dele, mas eu já pratico a minha fé”, disse Dudu ao Diário da Região.

“Tenho fé em Deus, em nosso Senhor Jesus Cristo e em mim mesmo, em meu comprometimento com Ele, com a minha comunhão com o dogma do amor, da generosidade, tudo aquilo que Jesus nos ensinou e continua nos ensinando”, acrescentou.

“Praticar a minha fé me faz um cara melhor e ter fé em Deus aumenta o meu comprometimento com o que eu sou, vivo e faço agora com relação ao próximo, a mim mesmo e ao planeta”, o ator completa.

Dudu revela que nunca imaginou interpretar Jesus, nem mesmo em seus mais ambiciosos sonhos profissionais. “É um personagem tão grandioso e acredito que tantos atores gostariam de fazer esse personagem. Mas nunca imaginei”, comenta.

Mesmo não tendo as características físicas que costumam ser retratadas nas artes, o ator acredita que a estética é apenas um detalhe. “Acho que o público, ao longo do tempo, vai perceber que isso é o menos importante. A joia dessa história é o que a gente tem para contar. A Bíblia é o maior de todos os livros. Jesus Cristo é o maior de todos os homens”, destaca.

Crucificação

A cena da crucificação de Jesus, gravada no Marrocos e exibida no primeiro capítulo da novela, foi um dos momentos mais emocionantes para o ator.

“Contar esta história e encerrar um dia de trabalho duro, longo, com a sensação térmica de 53 graus, com uma maquiagem pesada que demorou cinco horas e carregando uma cruz de 70 quilos. Ao fim de cada dia, eu olhava para o céu ou então nas minhas orações diárias no meu quarto e agradecia por esta oportunidade, porque isso que está acontecendo justifica a perseverança. Esse é o maior trabalho da minha vida”, conclui Dudu.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"Deus está me deixando viver normalmente", diz idosa com buracos no cérebro

Posted: 07 Aug 2018 11:25 AM PDT

"Deus está me deixando viver normalmente", diz idosa com buracos no cérebro

Duane e Peggy King sempre tiveram uma vida plena e feliz. Casados ​​desde 1961, eles passaram a maior parte do tempo viajando e pregando o Evangelho como fundadores das “Missões Surdas”. Mas no início de 2010, Duane percebeu que algo parecia estar errado com Peggy.

“Havia um terrível olhar distante em seus olhos”, disse Duane. O filho de Peggy comentou: “Ele me dizia que ela tinha alguns ataques extremos de raiva se não conseguisse o que queria, e isso não era uma característica da minha mãe. Ela é uma das senhoras mais doces do planeta”, disse JD.

Christine, irmã de JD, também notou uma diferença. "Ela simplesmente não tinha o mesmo tipo de limites. Nós fomos ficando mais preocupados". Os médicos diagnosticaram Peggy com demência frontotemporal. Uma ressonância magnética revelou que o lobo frontal havia encolhido e havia buracos em todo o cérebro.

“Ela não vai fazer nada além de piorar”, disse o esposo. Um dos médicos chegou a dizer que “a melhor coisa que você pode fazer é orar para que ela morra rapidamente”.

Duane continuou: "Ela fugia, me mantinha acordado, eu não conseguia dormir, finalmente a colocamos na enfermaria. Nós cuidamos dela da melhor maneira que pudemos”, explicou.

"Eu me lembro de sentir como se estivesse perdendo minha mãe", disse Chris. "Mas, quando meu pai ficou ainda mais preocupado, comecei a sentir que estava perdendo ele também", pontuou.

Sem esperança

O prognóstico de Peggy, emitido pela comunidade médica, era de nenhuma esperança de recuperação. Então, os familiares procuraram outros parentes e amigos para a oração. “Orações por sua cura, orações de conforto para meu pai, orações de conforto para nós”, disse JD.

O esposo de Peggy disse: “Eu estava orando: 'Senhor, ajude-me a aceitar isso' e houve um dia em que eu disse que aquilo era muito mais do que eu poderia suportar. Nesse mesmo dia, Peggy começou a melhorar”. Desde aquele dia, não só Duane percebeu uma diferença no comportamento e nas habilidades motoras de Peggy, como também os médicos.

No Natal daquele ano, os médicos e a equipe da unidade de memória concordaram que Peggy estava bem o suficiente para ser dispensada e mandada para casa. "Ela começou a cozinhar e conseguiu seguir uma receita. Ela tocou piano. Aquele olhar terrível e distante desapareceu de seus olhos”, disse Duane.

Um dos médicos disse: “Eu já tratei centenas de pacientes e ninguém melhorou. Isso é um milagre”. Embora uma tomografia computadorizada mostre que Peggy ainda tem um cérebro anormal, sua condição nunca regrediu e ela nunca teve que retornar à unidade de memória. Sua família diz que eles devem tudo a Deus e ao poder da oração.

"No começo eu estava com medo de voltar", disse Peggy com honestidade. “Mas me fez muito bom. Isso é mais que um milagre. Deus está me deixando viver normalmente com um cérebro anormal. Deus é bom e maravilhoso”, finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Mais de 650 mil cristãos oram contra a legalização do aborto nas ruas da Argentina

Posted: 07 Aug 2018 08:38 AM PDT

Mais de 650 mil cristãos oram contra a legalização do aborto nas ruas da Argentina

Mais de 650.000 pessoas marcharam no último sábado (4) pelas principais ruas de Buenos Aires para contra a legalização do aborto na Argentina. Os números foram estimados pela organização do movimento.

Evangélicos e católicos se reuniram em torno do palco onde houve momentos de louvor e orações pelas famílias, senadores, bebês que estão para nascer e mães que estão em conflito, de acordo com o site Clarín.

Também foram lidos documentos religiosos e civis que reivindicavam uma melhoria na lei de adoção que ampare a mãe "desde a concepção", no caso das gestações que sejam resultado de estupros.

A votação definitiva será feita pelo Senado da Argentina nesta quarta-feira (8), depois que o projeto de lei foi aprovado em junho na Câmara dos Deputados. Enquanto isso, centenas de igrejas e organizações pró-vida têm unido forças para combater a descriminalização do aborto.

A Aliança Cristã das Igrejas Evangélicas da República Argentina (Aciera), organizadora da campanha “Vamos salvar duas vidas”, declarou em nota que “o aborto não é uma política de saúde porque não pretende curar, mas sim causar a morte”.

Cristãos se uniram em oração pelas famílias da Argentina, em marcha contra o aborto. (Foto: Fernando De La Orden)

“Todo mundo fala sobre o aborto, mas os pastores evangélicos são quem lidam com a mulher que não quis a gravidez e fez o aborto”, disse o presidente da Aciera, Ruben Proiettie. “Ninguém fala sobre a síndrome pós-aborto”.

Proietti destacou que o papel das igrejas evangélicas é receber as mulheres grávidas, “mostrar o valor da vida e dar apoio total”. “Várias igrejas têm um sistema de acolhimento para a gravidez indesejada, todos com dinheiro das igrejas, sem nenhuma assistência social”, disse ele à rede argentina Todo Noticias.

O pastor Osvaldo Carnaval, um dos promotores da marcha, deixou claro que os políticos que promoverem as leis de aborto não poderão mais contar com o apoio da igreja. “Precisamos ouvir a voz da vida nascer”, afirmou

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Hernandes Dias Lopes: "Enquanto não há despertamento para oração, não há avivamento"

Posted: 07 Aug 2018 08:15 AM PDT

Hernandes Dias Lopes: "Enquanto não há despertamento para oração, não há avivamento"

O desejo de inúmeros cristãos para que o Brasil seja tomado por um grande avivamento é um fato incontestável. Porém o Rev. Hernandes Dias Lopes alertou que enquanto as igrejas não entenderem que o clamor genuíno e permanente do povo é parte essencial nesse processo, não haverá o tão aguardado mover divino sobre as famílias, sobre a Igreja, sobre a nação.

Lendo a passagem de Isaías 62:1-7 durante uma de suas ministrações na Igreja Presbiteriana de Pinheiros, o pastor destacou que Deus deseja mostrar à Sua Igreja que Ele tem prazer no Seu povo.

"Revezes acontecem, lutas chegam, tempestades desabam e parece que a nossa Jerusalém fica desolada, mas Deus está agora prometendo que esta terra não vai ser mais um povo desolado, mas vai ser a delícia de Deus. Não vai trazer mais desgosto para Deus, mas vai ser o prazer de Deus", afirmou.

Hernandes também lembrou que tal expressão ocorrerá de forma plena quando a Igreja se comprometer sinceramente em orar e amadurecer nesta prática.

"Quando Deus quer fazer uma grande obra na nossa vida, na nossa casa, na nossa igreja, já dizia o teólogo clássico do avivamento, Johnathan Edwards: 'Deus começa a despertar o Seu povo para orar", lembrou.

"Enquanto não há despertamento para a oração, as chuvas não chegam, as torrentes não descem, o avivamento não acontece, os milagres de Deus na nossa vida, na nossa igreja, na nossa casa, não acontecem", acrescentou Hernandes. "Foi quando Elias subiu até o cume do [Monte] Carmelo que as torrentes caíram".

Confira a mensagem completa no vídeo acima.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

“Ninguém pode dizer que ama Jesus, mas não suporta a Igreja”, alerta pastor

Posted: 07 Aug 2018 07:09 AM PDT

O pastor e autor Jonathan Leeman fez um alerta sobre os cristãos que não se engajam em nenhuma igreja. Ele ressalta a importância de congregar e explica que um cristão não pode amar o Evangelho sem amar a Igreja de Cristo.

“Você já conheceu alguém que diz que ama o Evangelho, mas não ama a igreja? Apesar do que essas pessoas dizem, amar o Evangelho, mas não amar a igreja é, na realidade, impossível”, disse em seu artigo para a Table Talk Magazine.

“O Evangelho é uma mensagem. Essa mensagem, quando abraçada e crida, cria um povo. E esse povo, por sua vez, demonstra as promessas e a verdade da mensagem. Chame isso de o maior ciclo virtuoso da história. O Evangelho cria a Igreja e a Igreja protege e apresenta o Evangelho”, explicou.

Jonathan usa de passagens bíblicas para aprofundar seus argumentos. “O que é o Evangelho? São as boas novas proclamando que Jesus ama um povo indigno e pecador, resgatando-o da ira de Deus (Rm 5.8; 1 Jo 4.10). Ele nos salva individualmente, mas nos salva em um povo. Nós nos tornamos ‘membros do mesmo corpo’ através do evangelho (Ef 3.6)”, pontuou.

Segundo o pastor, o apóstolo Pedro também observou sobre o assunto nas Escrituras: “‘Vós, sim, que, antes, não éreis povo, mas, agora, sois povo de Deus, que não tínheis alcançado misericórdia, mas, agora, alcançastes misericórdia’ (1Pe 2.10). Tornar-se um povo e receber a misericórdia de Deus acontecem juntos”, alertou.

E a Igreja?

Após contextualizar bem o conceito do Evangelho, Jonathan mostra que a Igreja de Jesus está ligada diretamente. “Invisivelmente, a Igreja são as pessoas que Cristo salva. Visivelmente, é onde ‘vestimos’ todas as realidades individuais e corporativas do Evangelho”, disse.

“Nós nos reunimos para ouvir o Evangelho e afirmar a participação uns dos outros no Evangelho por meio dos sacramentos, isso protege o Evangelho. E então nós nos dispersamos para obedecer a tudo o que Jesus ordena. Amar uns aos outros como Jesus nos amou – sacrificialmente e em face da indignidade pecaminosa – demonstra que somos seus discípulos”, ressaltou.

Ele continua: "Devemos duvidar do testemunho de qualquer um que afirme ser um membro do corpo de Cristo, mas que nunca assuma sua participação em uma igreja local. Aqueles que amam o Evangelho vão amar uma igreja, enquanto aqueles que abandonam a igreja efetivamente abandonam o Evangelho. Pedro aprendeu todas essas coisas através de uma severa repreensão de Paulo. Quando Pedro se separou dos gentios na igreja, Paulo lhe disse-lhe que não estava agindo em sintonia com a verdade do Evangelho”.

Para finalizar, ele cita as Escrituras. "Paulo sugeriu que as ações de Pedro negavam o Evangelho da justificação somente pela fé. Se o apóstolo João estivesse em cena, ele poderia ter dito a Pedro: ‘Se alguém disser: Amo a Deus e odiar a seu irmão, é mentiroso’ (1Jo 4.20). Menos inspirado, mas ainda incisivo, Kevin DeYoung observou: ‘Alguém dizer: Eu amo Jesus, mas não suporto a igreja é como eu dizendo à minha esposa: Eu te amo, mas não suporto seu corpo!’. O Evangelho cria a igreja. A igreja protege e mostra o Evangelho. Você não pode ter um sem o outro”, finalizou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"Fecharemos uma igreja a cada semana", dizem extremistas a cristãos na Índia

Posted: 07 Aug 2018 05:31 AM PDT

"Fecharemos uma igreja a cada semana", dizem extremistas a cristãos na Índia

Aldeões cristãos no distrito rural de Gadchiroli, no estado de Maharashtra, na Índia, foram informados de que igrejas serão fechadas toda semana, porque estão "destruindo" a tradição e a cultura locais ao atrair outros para o cristianismo, segundo um relatório da agência World Watch Monitor.

"Fecharemos uma igreja a cada semana", disseram os extremistas em alerta aos cristãos.

Desde junho, mais de uma dúzia de casas pertencentes a cristãos foram atacadas por grupos extremistas locais em cinco aldeias do distrito de Gadchiroli.

Cristãos nas aldeias de Halwar, Tekla, Bharagad, Kospundi e Alenga também foram informados de que, se adorarem a Jesus, eles serão excluídos do fornecimento de água local e não terão mais acesso a mantimentos subsidiados pelo governo.

Boicotes sociais e ameaças

O último incidente ocorreu no domingo, 5 de agosto, em Kospundi, quando um cristão local, Gallu Kowasi, foi seriamente agredido por moradores exigindo que ele renunciasse à sua fé.

De acordo com uma fonte local confiável, os extremistas estão sendo “impulsionados” pelo governo em nome de uma lei de autogovernança em áreas tribais: a Lei de Provisões do Panchayats (Extensão para Áreas Planejadas) de 1998.

Vários cristãos receberam ameaças de morte ou foram ameaçados de expulsão de sua aldeia, enquanto novos convertidos ao cristianismo enfrentam a rejeição por parte de sua família e da comunidade local.

“Se uma pessoa da família é convertida ao cristianismo, o resto da família se une à aldeia e todos eles imediatamente boicotam socialmente essa pessoa”, explicou a fonte à World Watch Monitor.

“O novo convertido cristão na Índia não terá emprego na aldeia e ninguém virá ajudá-lo com seu trabalho. O boicote social é apenas o começo. Depois disso, o novo convertido é constantemente ameaçado sob exigência de abrir mão de sua fé em Jesus; ele pode ser facilmente atacado ou ter a sua casa atacada”.

Aumento de ataques

A maioria dos ataques aos lares cristãos ocorreu no final de junho em protesto contra a construção de uma nova igreja na aldeia de Halwar. Cerca de 15 casas foram vandalizadas durante a manifestação violenta.

Em 27 de junho, a construção da igreja foi interrompida à força por uma multidão e uma reunião pública foi convocada, durante a qual os cristãos foram instruídos a renunciar à sua fé ou deixar a aldeia. Após a reunião, 15 casas pertencentes a famílias cristãs foram atacadas.

Os cristãos da aldeia de Bharagad apresentaram uma queixa à polícia, mas as autoridades não agiram. Em vez disso, os cristãos mais tarde receberam cartas avisando-os contra novas queixas.

Depois que três famílias cristãs na vila de Koskundi foram à polícia, uma multidão de cerca de 100 pessoas se reuniu em volta da delegacia, exigindo que todo e qualquer cristão fosse expulso da aldeia.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Igrejas e juristas cristãos discursam contra a legalização do aborto no STF

Posted: 06 Aug 2018 01:11 PM PDT

Igrejas e juristas cristãos discursam contra a legalização do aborto no STF

Igrejas e juristas cristãos apresentaram argumentos contrários à descriminalização do aborto nesta segunda-feira (6), no segundo dia de audiência pública no Supremo Tribunal Federal (STF).

Desde sexta-feira (3), o Supremo ouve representantes da sociedade para embasar o julgamento da ação movida pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), que pede a liberação do aborto até a 12ª semana de gestação.

No Brasil, o aborto é permitido somente nos casos de anencefalia do feto, gravidez resultante de estupro e quando a gestação representa um risco para a vida da mulher, nos termos do Código Penal.

Entre os contrários à descriminalização do aborto estavam líderes de igrejas católicas e evangélicas e juristas de associações cristãs. Eles defenderam o princípio da inviolabilidade da vida desde a concepção e destacaram que o tema não deveria ser discutido pelo Poder Judiciário, mas sim pelo Legislativo.

“O direito à vida não pode ser mitigado por qualquer outro direito. Essa ação, ao legalizar o assassinato de ser indefeso no ventre da mãe, não merece prosperar”, declarou Douglas Roberto de Almeida Baptista, representante da Convenção Geral das Assembleias de Deus.

Baptista ainda observou que não cabe ao STF alterar a norma sobre o aborto, já que quem tem a prerrogativa de alterar qualquer legislação vigente é o Senado e a Câmara dos Deputados. “Essa ação me parece um atalho tomado por um partido político para impor goela abaixo uma legislação genocida”, afirmou.

O mesmo foi defendido pela representante da União dos Juristas Católicos de São Paulo, a advogada Angela Vidal Gandra Martins Silva, que destacou que o Judiciário só deve alterar normas em caso de omissão do Legislativo. “Não há omissão, pois há vários projetos em tramitação. Aprovar esse pedido seria um aborto jurídico”, analisou.

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), representada por Dom Ricardo Hoepers, sugeriu que o poder público busque alternativas de apoio e acolhimento às mulheres em vez de legalizar o aborto. O bispo ainda convidou a ministra Rosa Weber, relatora do processo, para visitar casas de acolhida da Igreja Católica para mulheres que desistiram de abortar.

Divergências

Os discursos de expositores vinculados à religião foram agendados para o mesmo período por terem posições semelhantes, mas surpreendentemente não houve consenso. Dentre os 11 representantes religiosos, sete foram contrárias ao aborto; duas favoráveis e duas não tiveram posição definida.

Entre os religiosos que se posicionaram a favor da descriminalização do aborto estavam a diretora da organização Católicas pelo Direito de Decidir, Maria José Rosado, e a pastora luterana Lusmarina Campos Garcia, do Instituto de Estudos da Religião.

“O Estado não pode confundir leis de crime com o que é considerado pecado. Mesmo assim, a Bíblia não condena o aborto. O argumento mais importante das religiões contra o aborto é o mandamento ‘não matarás’, mas ele não era de aplicação universal porque a Bíblia autorizava matar estrangeiros, mulheres adúlteras, inimigos. A vinculação do aborto com esse mandamento é uma manipulação do texto bíblico”, argumentou a pastora Lusmarina.

Seguindo a mesma linha de argumentos, Maria José alegou que muitas católicas praticam o aborto e que as mulheres pobres são as que mais sofrem com as consequências do procedimento clandestino. “Não podemos continuar fechando os olhos para essa realidade. A Constituição deve ser cumprida e a religião deve acolher e não julgar”, afirmou.


Feministas vestidas como na série “The Handmaid’s Tale” em frente ao STF, em Brasília. (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Protestos

Do lado de fora do Supremo, grupos pró-vida e pró-aborto fizeram protestos antes mesmo do início da audiência pública. Por um lado, católicos clamavam “pelo direito à vida” enquanto grupos feministas carregavam cartazes a favor do procedimento.

Em uma das manifestações, algumas integrantes dos grupos feministas se vestiram como personagens da série americana The Handmaid’s Tale, na qual mulheres são feitas escravas sexuais com o objetivo de procriar.         

Um dos protestos foi marcado pela hostilidade na chegada da advogada e professora da Faculdade de Direito da USP Janaína Paschoal, que ficou conhecida por ser uma das autoras do pedido de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff. Participante da audiência pública como uma das expositoras, ela foi recebida com vaias e gritos de “golpista”.

Na sexta-feira (3), primeiro dia da audiência pública, dentre as 26 entidades ouvidas, 20 foram favoráveis à descriminalização do aborto e apenas seis foram contra. Após o encerramento das audiências públicas, a ministra Rosa Weber irá elaborar seu voto e agendar a data do julgamento.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Record aposta em Ben-Hur para sua nova novela bíblica

Posted: 06 Aug 2018 01:03 PM PDT

Record aposta em Ben-Hur para sua nova novela bíblica

A Record já tem planos para sua nova produção bíblica. Dessa vez a história não será baseada em um livro das Escrituras, mas em um romance que usa personagens bíblicos. A emissora comprou os direitos do clássico “Ben-Hur”, escrito por Lew Wallace.

O livro foi publicado em novembro de 1880 e agora ganhará uma produção nacional em formato de novela. Atualmente a Record está exibindo “Jesus”, que por sua vez é um dos personagens trabalhados em Ben-Hur.

Após a exibição do atual folhetim, a Record deverá exibir “Gênesis” anunciada como a próximo produção da emissora. E logo em seguida, Ben-Hur, que será transformado em novela religiosa.

Segundo a coluna de Flávio Ricco no UOL, a produção já tem até título: "Ben Hur - Uma História dos Tempos de Cristo". O colunista afirma que ainda não foi feita a escolha de quem assinará a adaptação.

O enredo da história acontece sobre o personagem fictício Judah Ben-Hur, que por sua vez é contemporâneo de Cristo. No contexto, os judeus e os romanos vivem tempos de grandes conflitos.

A história de Ben-Hur já ganhou diversas produções para o teatro, mas uma das maiores referências é o filme clássico de 1959, dirigido por William Wyler. Em 2016 a trama ganhou uma nova produção, mais moderna e cheia de ação, dirigida por Roma Downey.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

“Estamos nos últimos dias para a vinda do novo mundo de Deus”, alerta filha de Billy Graham

Posted: 06 Aug 2018 12:10 PM PDT

Anne Graham Lotz, filha do evangelista Billy Graham, que faleceu em fevereiro deste ano, alertou cristãos sobre a vinda de Jesus e disse que este dia não está tão distante, em mensagem compartilhada no YouTube.

A evangelista conta que ao ler as notícias, foi tomada por uma vontade de falar com Deus. “Eu tentei ler as notícias durante uns 10 minutos e eu não consegui. Eu olhava as manchetes e percebi que estamos vendados politicamente, espiritualmente, racialmente, socialmente, em várias categorias. São tantas catástrofes e crimes hediondos, como o tiroteio em Toronto por exemplo”, comentou.

Em seguida, Anne fez uma oração e foi direcionada para um trecho específico da Bíblia. “Eu estava falando com o Senhor e Ele me levou a ler Isaías 35. Deus me fez ver que está chegando um novo mundo. Os versículos 3 e 4 dizem: ‘Fortalecei as mãos fracas, e firmai os joelhos trementes. Dizei aos turbados de coração: Sede fortes, não temais; eis que o vosso Deus virá com vingança, com recompensa de Deus; ele virá, e vos salvará’”, observou.

“Isso é exatamente o que Ele quer nos dizer. ‘O Senhor teu Deus está vindo’. Então, senti como se Ele estivesse nos alertando sobre os últimos momentos da história humana. Talvez os tempos mais difíceis de viver pela fé com uma vida que glorifica a Deus. Eu acredito que nós já estamos nesses últimos tempos e há tanta exaustão, há uma opressão na atmosfera”, disse ela sobre os dias atuais.

“Quando eu estava falando com Deus ontem pela manhã, senti como se Ele estivesse dizendo para mim: ‘Anne, quero encorajar você. Você está exausta de diferentes formas, seja encorajada, fortalecida em seus joelhos. Você sabe, nós vamos continuar caminhando’. Jesus está voltando e eu acredito nisso. Ele disse que o novo mundo está chegando é um novo mundo com alegria”, apontou a evangelista.

Com base nas profecias biblicas de Isaias, Anne acrescentou: “A palavra de Deus diz que todos verão a glória do Senhor e a Sua Majestade. Zacarias 14 nos diz que um dia haverá apenas um Senhor, apenas um rei sobre toda a terra e a terra será preenchida com a sua glória. Nos conhecemos esse nome, é Jesus. Então a terra irá se regozijar. Vai chegar um dia em que tudo isso vai passar e o mundo irá se alegrar e a glória do Senhor será revelada, o mundo será avivado”, declarou.

“Todas as pessoas verão o arrebatamento e será como um piscar de olhos. A Bíblia diz que os olhos dos cegos serão abertos. Será algo refrigerador, como águas-vivas. Devemos ficar atentos pois o novo mundo está chegando e será totalmente debaixo de Sua autoridade, preenchido com a Sua glória e as pessoas andarão em santidade. Nós vamos adorar Jesus e celebrar Jesus para sempre e sempre”, finalizou.

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

A instrução do Senhor na criação dos filhos

Posted: 06 Aug 2018 09:17 AM PDT

A instrução do Senhor na criação dos filhos

INTRODUÇÃO

Acredito que todos têm aquela sensação de “e agora? ” Ao saber que serão pais, e acredito também, que esse sentimento seja algo muito natural, já que a falta de experiência nos deixa inseguros em qualquer situação, imagine então, ser responsável por uma vida!?

No meio secular a atitude mais comum nessas situações é procurar dicas e conselhos dos mais experientes e isso é altamente louvável, mas o conselho mais importante que alguém pode dar na criação de filhos, é que eles devem ser instruídos no caminho do Senhor e a melhor forma de fazer isso é através das Escrituras. Vamos então, examinar algumas coisas que a Palavra de Deus fala sobre isso. São orientações divinas que todos que são pais deveriam ter contato.

1 – ELES SÃO HERANÇA E GALARDÃO

"Herança do Senhor são os filhos, o fruto do ventre seu galardão." Salmo 127:3

Os filhos frequentemente são vistos como uma grande responsabilidade e em algumas situações, um peso para algumas pessoas. Mas a Bíblia nos ensina que eles são herança, ou seja, são um presente, uma benção e nunca uma maldição, não importa como tenha sido sua concepção. A Bíblia também os chama de galardão, que quer dizer; “recompensa”, “prêmio” ou “homenagem”. Essa tem que ser a visão do cristão com relação aos filhos, são herança e galardão, ou seja, tem grande valor e tudo que tem grande valor merece cuidados.

2 – DEVEM SER INSTRUÍDOS

Tanto no AT como no NT, Deus enfatiza a importância da instrução para os filhos. Em Gênesis 18:19, Ele disse o seguinte à Abraão:

“Porque eu o escolhi para que ordene a seus filhos e a sua casa depois dele, a fim de que guardem o caminho do Senhor e pratiquem a justiça e o juízo.”

Através de Moisés, em Deuteronômio 6:6,7 disse o seguinte aos israelitas:

“Estas palavras que, hoje, te ordeno estarão no teu coração; tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e ao deitar-te, e ao levantar-te.”

Salomão deixou várias instruções ao escrever o livro de Provérbios. Uma das mais conhecidas se encontra no capítulo 22, verso 6:

“Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele.”

Aqui cabe uma observação importante, o sábio Salomão deixa claro que é importante que o pai instrua o menino “no” caminho e não “o” caminho, ou seja, a melhor forma de ensinarmos nossos filhos sobre o caminho de Deus é andando n’Ele e com eles. Sempre que leio essa passagem imagino a cena de um pai andando com o filho de mãos dadas e não simplesmente apontando uma direção.

O NT também traz várias instruções acerca disso e o apóstolo Paulo frisa que ela funciona usando o exemplo de Timóteo em 2 Timóteo 2:15, veja: "Recordo-me da sua fé não fingida, que primeiro habitou em sua avó Lóide e em sua mãe Eunice, e estou convencido de que também habita em você".

3 – DEVEM SER DISCIPLINADOS

Muitas vezes só a instrução teórica não é o suficiente, sendo necessário uma repreensão mais dura, um castigo. As vezes caímos no erro de achar que corrigir o nosso filho de uma forma mais dura é falta de amor, porém não é isso que a Bíblia ensina, veja: “O que não faz uso da vara odeia seu filho, mas o que o ama, desde cedo o castiga.” Provérbios 13:24

O livro de Provérbios está cheio de passagens que confirmam que o ato de disciplinar nossos filhos é uma demonstração de amor:
"A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara a afastará dela." Provérbios 22:15

Estultícia é o mesmo que “estupides”, “tolice” ou “imbecilidade” e nenhum pai que ama seu filho, deseja isso para ele.

"Não retires da criança a disciplina; Porque, fustigando-a tu com a vara, nem por isso morrerá. Tu a fustigarás com a vara e livrarás sua alma do inferno." Provérbios 23:13,14

Mais do que livrá-lo da estultícia, a disciplina pode livrar nossos filhos do inferno!

"A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança entregue a si mesma vem envergonhar sua mãe." Provérbios 29:15

Ela também traz sabedoria! Porém, é importante observar que a disciplina nem sempre é a vara propriamente dita, mas pode ser a privação de algo que seu filho goste, como: vídeo games, TV, celular, esportes e etc., e devem ser feitas sempre em amor. Paulo ao escrever as igrejas de Éfeso e aos Colossos, os alerta sobre isso: “Pais, não irritem seus filhos; antes criem-nos segundo a instrução e o conselho do Senhor.” Efésios 6:4

"Vós, filhos, obedecei em tudo a vossos pais; porque isto é agradável ao Senhor. Vós, pais, não irriteis a vossos filhos, para que não fiquem desanimados." Colossenses 3:20,21

Nenhum pai que ama de verdade seu filho deseja o irritá-lo ou desanimá-lo e da mesma forma que o Senhor repreende o filho que ama, nós devemos ser com nossos filhos:

"Porque o Senhor repreende a quem ama, assim como o pai ao filho." Provérbios 3:12

CONCLUSÃO

Nos dias de hoje, onde os valores estão cada vez mais distorcidos e invertidos, se faz necessário buscarmos cada vez mais os princípios da Palavra ao educar nossos filhos. Só agindo assim teremos a certeza de que não estamos sendo omissos para com a responsabilidade que Deus nos deu.

Por Ricardo Soares - Pastor de jovens e líder de louvor na Igreja Ministério Fonte de Vida, em Vila Velha (ES). Para saber mais, acesse soteologia.com . 

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"Quem diz que 'Jesus é socialista', diminui Deus e idolatra a política", diz escritor

Posted: 06 Aug 2018 08:53 AM PDT

"Quem diz que 'Jesus é socialista', diminui Deus e idolatra a política", diz escritor

Recentemente, as tentativas de associação da imagem de Jesus Cristo a causas políticas, sociais e partidárias se tornaram ainda mais frequentes, chegando a escandalizar não somente cristãos, mas conservadores de modo geral, no Brasil e em outros países.

A recente declaração dada pelo transformista Johnny Hooker de que 'Jesus é travesti' e do jornalista Bernardo de Mello Franco sobre o filho de Deus ter sido um "refugiado" na época de seu nascimento são alguns dos exemplos de tentativas da associação da imagem de Cristo a "causas" em debate nos dias atuais na política.

Porém o editor e escritor cristão, Tré Goins-Phillips, criticou este uso da imagem de Jesus e de Deus para defender causas partidárias.

"Ao anexar qualquer afiliação de um partido político ao Criador do universo, parece que estamos dando à nossa política uma grande valorização ou dando a Deus uma significativa desvalorização", afirmou.

"De fato, um estudo recente descobriu que quanto mais as pessoas confiam no governo em busca de soluções, menos provável é que elas busquem respostas de um Deus benevolente", acrescentou.

O "deus socialista" e a apostasia

O editor se referiu a uma pesquisa feita entre 2008 e 2013, nos Estados Unidos, que constatou que "melhores serviços governamentais em um ano específico previam uma religiosidade mais baixa em 1 ou 2 anos depois".

Os responsáveis pelo estudo explicaram que o governo também pode usar programas sociais como ferramenta de manipulação sobre o povo, influenciado a população até mesmo no tocante à sua fé.

"Se uma entidade secular fornece o que as pessoas precisam, elas estarão menos propensas a procurar a ajuda de Deus ou de outras entidades sobrenaturais", concluíram os autores do estudo. "O governo é o provedor secular mais provável".

O escritor alertou que esta forma de apostasia pode parecer absurda, mas indicou a raiz desta "troca", explicando justamente que esta associação da imagem de Jesus a causas e partidos políticos é altamente perigosa.

"O apresentador da CBS Stephen Colbert, um professor católico, anunciou recentemente sua crença de que 'Deus é um socialista'. Ele disse aos espectadores: 'Jesus curava os leprosos, mas não cobrava um pagamento", lembrou o escritor, citando o comunicador.

Em um artigo publicado na semana passada pela NPR, a co-fundadora dos Socialistas Democráticos da América, de 36 anos, também proclamou que o Filho de Deus foi certamente um socialista durante seu ministério terreno.

"Possivelmente minha mãe gostaria de debater sobre isso comigo, mas se alguém era socialista, esse alguém era Jesus", disse Kelley Rose.

Recorrendo à Bíblia

Para embasar ainda mais sua opinião, Phillips citou a declaração de Bruce Ashford, reitor e professor do Seminário Teológico Batista de Southeastern, em Wake Forest, na Carolina do Norte. Em entrevista ao site Faithwire, o mestre lembrou que as Escrituras, na maioria das vezes, “não falam diretamente sobre questões de política pública”.

"Você não pode simplesmente aceitar o ensino moral cristão e traduzi-lo de maneira limpa e eficiente em políticas públicas na maioria dos casos", disse ele. "Portanto, temos que ter cuidado ao pensar que a Bíblia fala diretamente à política econômica".

Ashford, que viveu na Rússia na década de 1990, prosseguiu dizendo que o socialismo "tende a fazer um bem supremo ou um deus fora da igualdade material e, em formas mais extremas, a transformação da propriedade privada em comunal".

"Quando você faz algo que não seja Deus, a coisa que você fez no final se torna um clube que você usa para derrotar outros aspectos da boa criação de Deus", ele explicou.

"Nós tendemos a colocar todos os nossos ovos na cesta da política", acrescentou Ashford. "Mas Deus criou o mundo para ser uma rede interligada de atividade cultural que inclui não apenas política e economia, mas arte, ciência, educação, família, igreja, negócios e assim por diante".

"São todos os setores da sociedade ou esferas da cultura que se combinam ou se unem para tornar a sociedade saudável", destacou o teólogo.

"Deus não é socialista"

Phillips finalizou seu artigo lembrando que Jesus não tem partido político, simplesmente porque não se enquadra em nenhum deles.

"A verdade é que Deus simplesmente não é um socialista — ou um democrata, ou um republicano, ou um comunista, ou um libertário — porque se Ele endossasse totalmente uma estrutura social ou econômica ele também afirmaria que tal ideologia pode resolver eternamente os males da humanidade", explicou.

"Mas Deus não é um guru, Jesus não foi apenas um bom professor [enquanto viveu como homem], e a Bíblia não é um guia de como viver nossas melhores vidas agora. Se o Senhor e as Escrituras tivessem a intenção de nos apontar para um partido político salvador, por que Jesus precisaria morrer na cruz? Afinal de contas, se trabalhássemos o suficiente, não conseguiríamos nos salvar simplesmente votando nos parlamentares certos e defendendo a ideologia política correta?", questionou o escritor.

Phillips destacou, no entanto, a natureza pecaminosa do ser humano e sua incapacidade de salvar a si próprio.

"Somos seres caídos, intrinsecamente depravados, criados à imagem de Deus, mas distorcidos por nossa propensão ao pecado. Além da graça salvadora de Jesus Cristo, que nos chama à hospitalidade, generosidade e abnegação — todas as virtudes que o socialismo fornece apenas temporariamente — estamos destinados à destruição", alertou.

"Não só o socialismo, mas qualquer outra ideologia política levada até o seu extremo mais extremo, se afunda ao afirmar ser a solução definitiva para o sofrimento humano e também assume perigosamente que, os seres humanos sempre agirão corretamente, mesmo que estes estejam deixados à sua própria sorte", acrescentou. "Em um simples olhar para a história do mundo, Joseph Stalin, da União Soviética; Adolf Hitler, da Alemanha; e Mao Zedong, da China; provaram que certamente este não é o caso".

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Pastor é preso após se casar e evangeliza detentos: “Deus me trouxe com um propósito”

Posted: 06 Aug 2018 07:51 AM PDT

Pastor é preso após se casar e evangeliza detentos:

Lam é um pastor muito dedicado que atua no Vietnã. Ele já foi ameaçado várias vezes por pregar o Evangelho e mesmo assim ele não desiste de sua missão. Várias autoridades locais tentaram fazer com que ele parasse de evangelizar e a última investida foi bastante peculiar.

O pastor costuma ir de vila em vila procurando outros cristãos para levar a mensagem do Senhor. No dia de seu casamento, ele e a esposa saíram para a lua de mel, mas a polícia os pegou.

O pastor e sua esposa passaram a lua de mel na prisão e em celas separadas. Sem questionar o que estava acontecendo, Lam sentiu que sua prisão não era em vão. “O Senhor me trouxe aqui por um propósito e eu quero saber qual é”, disse ele. Pouco tempo depois, ele entendeu o verdadeiro motivo de estar ali.

Lam observou que os outros prisioneiros passavam boa parte do dia sem nada para fazer. Alguns permaneciam sentados, outros davam voltas na cela. O pastor também viu que eles não tinham outro lugar para ir. Foi então que ele resolveu começar a pregar o dia inteiro, pois os presos teriam de ouvir.

O Evangelho

O evangelista passou a falar sobre Jesus e os encarcerados ouviam durante todo o dia. Ele não sabia, mas sua esposa estava fazendo a mesma coisa. Ambos pregaram o Evangelho durante vários dias. Várias pessoas se converteram, mas as autoridades da prisão não gostaram do que estava acontecendo.

Logo, o pastor e sua esposa foram chamados e informados que deveriam arrumar suas coisas pois seriam libertados no dia seguinte. O pastor poderia ter ficado feliz, mas chegou a perguntar às autoridades se podiam ficar mais alguns dias.

Os policiais já sabiam o motivo pelo qual o pastor Lam queria permanecer na prisão e por isso o pedido foi negado. “Muitas vezes não entendemos os propósitos de Deus, mas eles ajudam a nossa fé a crescer e nos fortalecem, fazendo com que o Reino de Deus se estabeleça nos corações de homens e mulheres”, finaliza a Portas Abertas, organização que cuida de cristãos perseguidos pelo mundo.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: