Notícias Gospel (neste email contem: 15 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 15 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Eu sou o meu maior problema

Posted: 13 Sep 2018 07:26 AM PDT

Eu sou o meu maior problema

"Desventurado homem que sou!..." (Rm 7.24).

Não é uma questão de retórica não; de fato, eu sou o meu maior problema. Sou uma pessoa mais complicada do que aquelas que estão ao meu redor podem perceber. Sou a fonte dos meus maiores dissabores e poucas vezes de minhas mais saborosas alegrias. Elencarei aqui algumas razões porque eu sou o meu maior problema.

Em primeiro lugar, porque embora salvo da condenação do pecado, ainda cometo terríveis transgressões. Inobstante ter sido regenerado, ainda tenho um coração inclinado ao mal. Meu coração cogita o que não é santo, meus olhos veem o que não é puro e minhas mãos fazem o que não é reto. Minha língua, às vezes, murmura em vez de adorar a Deus. Meus lábios se abrem para falar mal daqueles que foram criados à imagem e semelhança de Deus, em vez de abençoá-los com palavras de sabedoria. Meus pés, são inclinados a se desviarem em vez de andarem em retas veredas. Oh, desventurado homem que sou!

Em segundo lugar, porque tenho a tendência de enxergar um cisco nos olhos do meu irmão e não ver uma tábua encravada nos meus próprios olhos. Sou complacente com os meus erros e implacável com as falhas do meu próximo. Vejo as mínimas deficiências nos outros e não consigo diagnosticar pecados gritantes em mim mesmo. Sou exigente com os outros e muito tolerante comigo. Sou inflexível quando se trata de cobrar dos outros, mas extremamente complacente comigo mesmo. Condeno nos outros o que não tenho coragem confrontar no meu próprio coração. Muitas vezes, afivelo no rosto uma grossa máscara de piedade, quando o que desfila garbosamente na feira das vaidades é uma deslavada hipocrisia. Oh, desventurado homem que sou!

Em terceiro lugar, porque faço promessas a Deus e ao próximo acerca daquilo que não tenho a disposição de cumprir. Como sou pródigo em minhas promessas a Deus! Digo a ele que o amo, mas entristeço-o com meus pecados. Prometo a ele sincera amizade, mas não faço o que ele manda. Estadeio a ele minha inegociável fidelidade, mas troco-o, com frequência, por um prato raso de prazeres efêmeros. Faço estudos profundos sobre oração, mas meus joelhos não se dobram em deleitosa adoração. Ergo minha voz e digo para todos que sou um embaixador, mas me calo covardemente tantas vezes, deixando de anunciar as boas novas do evangelho aos que perecem em seus pecados. Reconheço que sou apenas mordomo e não o dono do que está em minhas mãos, mas nem sequer entrego a ele, com fidelidade, os dízimos e as ofertas. Oh, desventurado homem que sou!

Em quarto lugar, porque minha vida nem sempre é avalista de minhas palavras. Minhas palavras são mais bonitas do que minhas obras. Sou como a figueira cheia de folhas, mas desprovida de frutos. Toco trombeta quando dou um esmola, mas faço-o para que as pessoas vejam quão generoso eu sou. Gosto de ser reconhecido pelos homens e deles receber aplausos mais do que agradar a Deus, que tudo vê em secreto. Escoa dos meus lábios torrentes de palavras bonitas, para impressionar as pessoas que só veem minha aparência, mas escondo no coração cogitações perversas que fariam afastar de mim os meus mais achegados amigos. Oh, desventurado homem que sou!

Em quinto lugar, porque sou um ser contraditório que acabo fazendo o que detesto e deixando de fazer o que aprovo. Meu coração é enganoso e desesperadamente corrupto. É um laboratório que produz, em larga escala, o que traz desonra para Deus e ofensa para o próximo. Sou um ser a tal ponto paradoxal, que o bem que eu quero fazer, não faço e o mal, que não quero, esse pratico. Meus lábios na mesma medida que adoram a Deus com cânticos espirituais no templo, ferem os irmãos como palavras grosseiras no pátio da igreja. Alteio minha voz para dizer que sou um pacificador, mas muitas vezes, acabo semeando contendas entre os irmãos, o pecado que Deus mais abomina. Oh, desventurado homem que sou! Minha esperança não está em quem sou nem no que faço, mas na graça daquele que tudo fez por mim, morrendo na cruz em meu lugar, para me dar a vida eterna!

*O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Em meio à crise, cristãos clamam a Deus de joelhos nas ruas da Nicarágua

Posted: 13 Sep 2018 07:05 AM PDT

Em meio à crise, cristãos clamam a Deus de joelhos nas ruas da Nicarágua

Um grupo de cristãos da Nicarágua se ajoelhou para clamar a Deus em meio aos protestos. Fortes conflitos no país ainda estão acontecendo e duram há mais de quatro meses. O número de mortes chega a centenas e é difícil determinar devido à falta de um órgão institucional confiável que emita estatísticas sem qualquer interesse.

No entanto, recentemente algumas imagens mostraram uma luta que realmente chocou a igreja. Um grupo formado por médicos e estudantes universitários que se ajoelharam para orar pelas pessoas que foram detidas pelo regime de Daniel Ortega sem justa causa.

Isso ocorreu depois de um ataque em Manágua, onde pelo menos 32 pessoas foram presas. Em meio a uma marcha em que, de acordo com os manifestantes, estavam constantemente sendo intimidados e ofendidos pela polícia de choque, este grupo de pessoas decidiu ficar de joelhos para clamar a Deus por justiça.

Da mesma forma, a Aliança Evangélica da Nicarágua permaneceu em jejum e oração. "Passamos dois meses. Estamos jejuando e orando até que o país seja normalizado, até que a situação na Nicarágua esteja normalizada", disse Mauricio Fonseca, presidente da Aliança Evangélica da Nicarágua.

“Dessa forma, nós queremos que você também nos ajude em clamor, jejum e oração pela Nicarágua”, acrescentou.

Enquanto clamam a Deus, a Aliança Evangélica da Nicarágua está trabalhando com redes de supermercados como a Wal-Mart e a Pricemart pela América Latina para trazer comida para as famílias que foram mais afetadas por este conflito.

"Dissemos aos doadores que existe um método para não tocarmos em um real das doações, porque não queremos isso. Eles pagam e nós retiramos arroz, feijão, açúcar, óleo e café. Estamos dizendo aos nossos irmãos que, dessa forma, eles podem nos ajudar", disse Fonseca.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

"Os médicos operam, mas é Deus quem cura", diz Anne Graham sobre câncer

Posted: 13 Sep 2018 06:41 AM PDT

"Os médicos operam, mas é Deus quem cura", diz Anne Graham sobre câncer

A evangelista Anne Graham Lotz — filha do falecido pregador Billy Graham — disse que está confiando em Deus após o diagnóstico de câncer de mama, mesmo que ela só venha a descobrir o plano de Deus na eternidade, com Ele.

Lotz conversou com a agência 'WRAL News' na segunda-feira, dias depois de anunciar que foi diagnosticada com câncer de mama, e enfatizou a importância de estar preparada em Jesus Cristo para lutar contra esta enfermidade e aceitar a vontade de Deus nesta situação.

"Orações estão chegando de todo o mundo. Eu sei que serei curada antes da cirurgia, por causa da cirurgia, por causa da cirurgia e do tratamento de acompanhamento ou até mesmo na Ressurreição", disse ela. "Eu sei que Deus vai me acompanhar".

Anne Graham, que é o fundadora e presidente da organização evangelísticas AnGeL Ministries, será submetida a um procedimento cirúrgico no dia 18 de setembro, mas destacou que que "a cura depende somente de Deus".

"Os médicos e os cirurgiões podem fazer cortes, podem operar, mas é Deus quem cura", afirmou.

Ela insistiu que confia em Deus, mesmo que Ele tenha um "plano ou propósito que eu não consiga ver ainda, e talvez não veja nesta vida terrena".

Anne Graham comparou em parte seu diagnóstico de câncer ao novo furacão Florence, que deve atingir os estados da Virginia e Carolina do Norte — terra natal da evangelista — nesta quinta-feira.

Ela disse que as pessoas precisam confiar em Jesus e colocar-se em Seu cuidado, assim como se preparariam para um furacão. Ela disse que um furacão pode ser uma metáfora para as lutas pessoais, como o divórcio ou, no caso dela, o câncer.

Gratidão

A evangelista agradeceu aos milhares ao redor do mundo que têm orado por ela.

"Recebi ligações de Israel, da Coreia do Sul, do Brasil e de Porto Rico", disse ela.

"Sua fé deve ser enraizada e ancorada em Jesus. Sua melhor maneira de se preparar é ter oração com o Senhor, ler a Bíblia", acrescentou.

Na semana passada, em uma postagem de seu blog, Lotz anunciou ao mundo que descobriu que está com câncer após um exame de saúde em 17 de agosto. O fato aconteceu três anos depois que ela encontrou seu marido inconsciente na piscina de sua casa. Ele chegou a ser levado ao hospital, mas acabou falecendo no caminho.

"Quando percebi a estranha 'coincidência' do tempo, cheguei à conclusão assustadora de que se tratava de uma tarefa do inimigo. Mas, assim que esse pensamento estava se formando, ouvi o sussurro suave e gentil do Espírito Santo, lembrando-me que foi em uma sexta-feira, naquele mesmo horário, entre 3 e 3:30 da tarde, que o Cordeiro da Páscoa de Deus foi sacrificado", escreveu Anne Graham na época.

Ela acrescentou: "Então, eu sou levada a adorar e confiar totalmente em nosso Deus, que está no controle de tudo".

Firmando a verdade

Refletindo sobre sua decisão de compartilhar suas lutas nas mídias sociais, Lotz disse à WRAL que ela queria controlar a narrativa das notícias.

"Eu queria posicionar a informação oficialmente. Eu não queria dizer a uma pessoa, e essa pessoa dizer a outra e então isto começa a ficar esquisito, porque a informação pode rodar sem controle", explicou ela, sobre um possível efeito "telefone sem fio".

A evangelista encorajou as pessoas que enfrentam uma situação semelhante a se voltarem para a Bíblia e realmente orarem a Deus.

"[Deus diz:]Quando você passar pelo vale da sombra da morte, eu estarei com você", disse ela, parafraseando o Salmo 23. "Este é um vale da sombra da morte".

"Não é a morte, mas pode ser fatal se você não lidar com isso", acrescentou.

 

 

 

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

“Meu pai está pagando um preço alto pelo Brasil”, diz filho de Bolsonaro após nova cirurgia

Posted: 13 Sep 2018 06:37 AM PDT

Jair Bolsonaro, candidato à Presidência da República pelo PSL, foi submetido a uma cirurgia de emergência no intestino na noite de quarta-feira (12), mas evolui bem, segundo o boletim médico divulgado na manhã desta quinta (13) pelo Hospital Albert Einstein.

A cirurgia, que durou cerca de uma hora, foi bem-sucedida e terminou por volta das 23h30. Após o procedimento, Bolsonaro foi levado para a UTI e passa bem. Ele não sentiu dores nem teve náusea durante a madrugada.

Flavio Bolsonaro, um dos filhos do candidato, fez um post nas redes sociais sobre a cirurgia. “A cirurgia de emergência acabou bem, graças a Deus! Meu pai está pagando um preço muito alto por querer resgatar o Brasil, está literalmente dando seu sangue”, disse no Twitter.

No Instagram, o pastor Silas Malafaia declarou seu apoio e fez uma oração por Bolsonaro. “A esquerda brasileira diz que ele está fingindo, que foi um ‘ferimentozinho’ de nada. Eu estive no hospital, a faca entrou 15 centímetros. Nada está acontecendo à toa. Deus está no controle e sabe de tudo”, declarou.

Diagnóstico

Jair Bolsonaro está internado desde sexta (7) na Zona Sul de São Paulo, após ser vítima de uma facada durante ato de campanha em Juiz de Fora, Minas Gerais.

O Hospital Albert Einstein informou que o candidato teve “distensão abdominal progressiva e náuseas”, e precisou passar por uma tomografia no abdômen. O exame identificou presença de aderência obstruindo o intestino delgado e a solução era cirúrgica.

Inicialmente, a previsão era que a internação durasse entre sete e dez dias. Com a nova cirurgia, médicos e parentes do presidenciável disseram que a alta deve ser adiada.

Depois de sair do hospital, Bolsonaro será submetido a outra cirurgia de grande porte para “reconstruir o trânsito intestinal e retirar a bolsa de colostomia”, que já estava prevista antes do procedimento de emergência.

Segundo médicos, a cirurgia só deve acontecer daqui a dois meses. Nesse meio tempo, Bolsonaro seguirá com a bolsa externa ligada à barriga.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

STF proíbe que crianças recebam ensino escolar em casa

Posted: 13 Sep 2018 05:26 AM PDT

STF proíbe que crianças recebam ensino escolar em casa

Na última quarta-feira (12), o Supremo Tribunal Federal (STF) votou contra a possibilidade de haver homeschooling no Brasil. O sistema consiste no ensino domiciliar de crianças e adolescentes, o que tiraria a necessidade destes frequentarem a escola.

O julgamento foi marcado por três correntes de entendimento sobre o tema, porém a maioria dos ministros considerou que o ensino domiciliar precisaria de regulamentação por parte do Congresso Nacional, e não pela Suprema Corte.

Somente o ministro Luís Roberto Barroso — relator da proposta — se mostrou favorável ao homeschooling no Brasil. Um grupo de ministros considerou o ensino domiciliar inconstitucional e outra ala entendeu que o parlamento seria o local adequado para discutir a proposta. Este terceiro posicionamento acabou prevalecendo na votação.

Primeiro a apresentar sua análise, o ministro Barroso estabeleceu parâmetros para a possibilidade de pais educarem seus filhos em casa, no Brasil. O método seria acompanhado com a notificação das Secretarias Municipais de Educação, a submissão das crianças a avaliações periódicas e a determinação de matrícula oficial, caso não houvesse melhoria no rendimento do aluno.

Desmistificando o homeschooling

Em entrevista ao Guiame, um pai que usa do método em sua casa esclareceu muitos dos questionamentos colocados por posicionamentos contrários ao método. Paulo explicou que é incoerente citar a falta de convivência escolar como um problema do homeschooling.

"O convívio social no ambiente escolar é muito pequeno e restrito. A criança convive apenas com alunos da mesma idade em um momento de intervalo, porque não existe isso sala de aula", lembra.

"O homeschooling permite um convívio com adultos, idosos e cria uma sociabilidade para a criança muito melhor do que aquela que é promovida no mundo infantil. Uma criança homeschooling também tem amiguinhos crianças, mas isso é no clube, na igreja, nas aulas de música. Não é a escola que socializa, porque seu conceito foi desvirtuado", acrescenta.

Contexto

O método — já aceito e praticado em diversos outros países — tem sido visto por muitos pais brasileiros como uma solução para a tensão gerada pela possibilidade da doutrinação ideológica em escolas públicas e particulares do país.

"Temos visto muitas filosofias que não são o que eu quero passar para o meu filho. Eu quero ter o direito de educá-lo. O papel da escola não é educar, é instruir, mas a escola está educando também. Hoje eu quero assumir isso. Conseguimos dar uma qualidade no ensino muito maior do que numa sala com 15 ou 20 alunos, onde o professor precisa cuidar de todos", diz.

Confira abaixo a situação do homeschooling atualmente pelo mundo:

Estados Unidos: A prática é permitida e o país tem hoje mais de 2 milhões de crianças em idade escolar fora da escola.

Inglaterra: Homeschooling também é legal.

França: O ensino é casa é permitido, mas as famílias devem notificar as autoridades sobre essa preferência e as crianças podem passar por verificações.

Alemanha e Suécia: O ensino na escola é obrigatório entre os alemães e a educação domiciliar, proibida. Os suecos só consideram a educação domiciliar possível em circunstâncias excepcionais.

Argentina: O ensino em casa não é formalmente reconhecido.

Uruguai: Há obrigatoriedade de matrícula em instituições de ensino.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Presilhas de cabelo para se inspirar

Posted: 13 Sep 2018 05:08 AM PDT

Presilhas de cabelo para se inspirar

Quem disse que um bom look é formado apenas por roupas, bolsas e sapatos? As presilhas de cabelo foram destaque em vários desfiles internacionais e brasileiros e invadiram o street style. Para você não ficar de fora, o Moda It trouxe inspirações lindas:


(Foto: Reprodução/Moda It)


(Foto: Reprodução/Moda It)


(Foto: Reprodução/Moda It)

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Reposição hormonal: saiba a hora certa de começar

Posted: 13 Sep 2018 05:02 AM PDT

Reposição hormonal: saiba a hora certa de começar

Queixas frequentes na época da menopausa, como ondas súbitas de calor e suor (fogachos, como são conhecidos), alterações de humor e de sono, além da diminuição no desejo sexual, podem limitar a rotina diária da mulher.

A fase do climatério, quando a mulher começa a transição para um período não reprodutivo, faz com que alguns hormônios, como  o estrogênio e a progesterona, diminuam bruscamente sua produção — ocasionando alterações corporais e psicológicas. A Terapia Hormonal (TH), indicada por especialista, pode auxiliar e diminuir os efeitos que a falta do hormônio natural acarreta.

Entretanto, a reposição de hormônios não é um termo exclusivo para o período da menopausa ou andropausa. De acordo com a endocrinologista e vice-presidente da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia — Regional Paraná (SBEM-PR), Gleyne Lopes Kujew Biagini, a reposição cabe a todas as doenças da área endocrinológica.

”A TH é a administração de medicamentos com uma ou várias ações hormonais, com a função de restabelecer o equilíbrio do funcionamento do organismo. É indicado para homens, mulheres ou crianças, sempre que uma ou mais glândulas apresentam funções em desacordo com a harmonia sistêmica. As que  possuem deficiência do hormônio do crescimento, por exemplo, ou pessoas que precisam repor a insulina no diabetes, também recebem reposição”, explica a médica.

O tratamento para mulheres no climatério consiste, na maioria das vezes, na reposição de estrogênio. Mulheres que tiveram infarto, doenças no fígado, câncer, derrame, tromboses ou mesmo as que tiveram a última menstruação há mais de sete anos, precisam de atenção especial, com avaliação multidisciplinar e acompanhamento frequente.

Já nos homens, a reposição é feita com testosterona e as restrições valem para aqueles que são portadores de tumores, obesos e sedentários. “Cada caso deve ser avaliado e estudado para que seja possível encontrar a melhor solução”, sinaliza Gleyne.

Uso e sintomas

Os hormônios podem ser administrados oralmente, na forma de comprimidos, em gel ou ainda com adesivos. “Especificamente no período de climatério, a melhor forma parece ser  a tópica [gel e adesivo], mas depende de uma discussão aberta com o paciente”, ressalta a médica.

O tempo de uso depende da avaliação: o nível de deficiência e os benefícios da manutenção variam de paciente para paciente. Segundo a médica, não há idade ideal para começar o tratamento, mas, nas mulheres, é mais indicado é por volta dos 45 anos: “Não há comprovação científica de que a reposição hormonal após a menopausa prolongue a vida ou evite doenças.

Os sintomas que levam à perda da qualidade de vida nessa época são os determinantes para o início do tratamento”. Nos homens também não há restrição de idade — o que determina o início é o diagnóstico. “Se for detectada deficiência de hormônio aos 13 anos, por exemplo, essa é a idade que deve-se  iniciar a TH”, completa Gleyne.

A determinação se há necessidade de reposição deve ser feita exclusivamente por um médico treinado na área de endocrinologia, seja um endocrinologista, urologista ou ginecologista. A avaliação do endocrinologista, entretanto, traz mais segurança ao paciente, visto que todas as glândulas do corpo serão avaliadas em conjunto.

A indicação da TH, seguindo doses adequadas, com uma análise individual e do histórico familiar, traz riscos mínimos de complicações. Além da TH, a prática de exercícios físicos, acompanhada por profissionais da área, também contribuem para uma qualidade de vida melhor nesta fase.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Tribos africanas leram Bíblia pela primeira vez com ajuda de ex-escravo

Posted: 12 Sep 2018 01:02 PM PDT

Tribos africanas leram Bíblia pela primeira vez com ajuda de ex-escravo

A primeira vez que os iorubás — segundo maior grupo étnico da Nigéria — tiveram acesso à Bíblia Sagrada foi através dos esforços do primeiro bispo anglicano, que teve o passado marcado pela escravidão.

Samuel Ajayi Crowther nasceu na Nigéria, no atual estado de Oyo, em 1809. Aos 12 anos de idade, sua aldeia foi invadida por muçulmanos Fulani que capturavam escravos e ele foi vendido para comerciantes portugueses, junto com sua família.

Quando Ajayi estava a bordo de um navio negreiro, a embarcação foi tomada pela Marinha Real Britânica. Ele foi levado para Freetown, capital de Serra Leoa, e passou a ser cuidado pela Sociedade Missionária da Igreja Anglicana, onde aprendeu inglês.

Ajayi acabou se convertendo ao cristianismo e foi batizado em 11 de dezembro de 1825, assumindo o nome Samuel Crowther. Em 1826, ele foi levado para a Inglaterra para participar da Igreja de Santa Maria. No ano seguinte, ele retornou a Freetown para estudar na universidade Fourah Bay College, onde aprendeu temne, grego e latim.

Mais tarde, Crowther se casou com Hassana, que também se converteu ao cristianismo e adotou o nome Asano. Em 1841, Crowther passou a viajar como missionário durante uma expedição ao Níger e voltou para a Inglaterra, onde foi ordenado pelo bispo de Londres.


Samuel Crowther ao lado de sua esposa, Hassana, e um membro da Igreja Anglicana. (Foto:Viktor Nwokedi)

A Expedição ao Níger de 1841 foi realizada por grupos missionários e ativistas britânicos. O objetivo era acabar com a escravidão, pregar o Evangelho e fomentar o comércio.

Em 1843, Crowther desenvolveu um projeto missionário em Abeokuta, no atual estado nigeriano de Ogun. Durante esse tempo, ele traduziu a Bíblia em iorubá, desenvolveu um dicionário iorubá, publicou um livro de gramática, escreveu o Livro Anglicano de Orações em iorubá e produziu um livro de vocabulário abrangendo os provérbios.

Depois de 25 anos separado de sua mãe, Crowther a reencontrou em 1848. Ela foi batizada e renomeada como Hannah. Anteriormente, ela era uma sacerdotisa chamada Madame Ibisomi-T'Elerin-masa.

Em 1864, Crowther foi ordenado como o primeiro bispo africano da Igreja Anglicana. Mais tarde, ele recebeu um Doutorado em Divindade pela Universidade de Oxford.

Crowther sofreu um derrame e faleceu em 31 de dezembro de 1891 foi enterrado no cemitério de Ajele, em Lagos. Em 1976, seu corpo foi transferido para a Catedral da Igreja de Cristo em Lagos.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Série de vídeos usa fantoches para ensinar ideologia de gênero às crianças

Posted: 12 Sep 2018 12:48 PM PDT

Série de vídeos usa fantoches para ensinar ideologia de gênero às crianças

Uma organização canadense lançou uma série de vídeos do YouTube com fantoches para ensinar às crianças que ideologia de gênero é normal. Os três vídeos apresentam crianças usando um boneco animado chamado Julien, que diz que seu nome já foi Julia.

Os vídeos mostram a transição de Julien de uma menina para um menino e incluem esquetes sobre o corte de cabelo do boneco, vestindo roupas novas e brincando com novos brinquedos específicos de gênero.

"Olá. Meu nome é Julien ”, diz o boneco em um vídeo introdutório. “Quando eu era pequena, as pessoas me chamavam de Julia e pensavam que eu era uma garotinha. Mas no meu coração, eu me sentia como um garotinho. Se você quer conhecer meu mundo, amigos e uma história maravilhosa, clique neste link”.

O link leva os espectadores a outros vídeos que estão disponíveis em inglês e francês e mostram a transição de Julien. "Eu me sinto triste", diz ele no primeiro vídeo, enquanto menina. “Mesmo? Por que você se sente tão triste?”, pergunta uma amiga de Julien.

"Eu preciso que as pessoas parem de me chamar de Julia", responde. "Bem, e como você quer que te chamem?”, indagou a amiga. "Julien", o boneco responde. "Eu não sou uma garotinha. Eu nunca me senti como uma garota. Todo mundo acha que eu sou uma garotinha. Eu não quero mais usar vestidos ou roupas femininas”, responde.

A amiga de Julien diz a ele que será sua amiga e vai ao salão onde o boneco vai cortar o cabelo. Ela então diz a Julien: “Você sabia que existem muitas crianças como você no mundo? Existem milhões e milhões”. "Uau! Isso é maravilhoso”, responde Julien.

Os vídeos são patrocinados pela Fundação Jasmin Roy Sophie Desmarais, uma organização que luta contra “bullying, violência e discriminação contra crianças de escolas primárias e secundárias”. A organização também divulgou guias de estudo para pais e professores.

Jasmin Roy disse à CTV News que o recurso é necessário. "Agora, toda vez que você tiver uma criança na sua comunidade que esteja lidando com essa realidade, você terá uma ferramenta para ajudá-lo", disse Roy.

Confira o vídeo "Julia está triste" (em inglês):

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

A maioria dos cientistas que mudaram a história eram cristãos, diz físico do MIT

Posted: 12 Sep 2018 11:36 AM PDT

A maioria dos cientistas que mudaram a história eram cristãos, diz físico do MIT

Embora a ciência seja considerada superior sobre outras formas de compreensão por alguns pesquisadores, há um consenso entre os estudiosos que separar as questões científicas e religiosas é um grande erro.

De acordo com o físico Ian Hutchinson, professor de Ciência e Engenharia Nuclear no Massachusetts Institute of Technology (MIT), o cientificismo — que considera a ciência superior à religião, filosofia, arte e ciências humanas — é “incapaz de provar questões intangíveis”.

“[O cientificismo] não prova que existem valores como justiça, misericórdia e amor. No entanto, essas são realidades que todos nós reconhecemos e consideramos muito importantes”, disse Hutchinson no Fórum Veritas, em uma palestra voltada a universitários cristãos.

“O mesmo acontece com as questões teológicas. Elas são importantes, são vitais, mas não são suscetíveis de serem investigadas pela ciência”, acrescenta o físico, que é cristão.

Em seu argumento contra o cientificismo, Hutchinson observou que muitas figuras importantes na história da ciência eram cristãos devotos. “As pessoas que fundaram a Revolução Científica no século 17 eram religiosas em geral, a maioria cristãs”, destacou.

“Elas certamente acreditavam que, muito do que sabemos, vem de fontes externas à ciência. Eram pessoas que acreditavam em milagres, em geral. No mínimo, acreditavam no milagre da ressurreição”, acrescenta o físico.

Em sua carreira como cientista, Hutchinson encontrou abertura para examinar questões religiosas através do diálogo sobre Ciência, Ética e Religião promovido pela Associação Americana para o Avanço da Ciência. Criado em 1995, o programa  busca estimular a “comunicação entre as comunidades científicas e religiosas”.

O físico ainda destaca que a ideia de que a ciência e a fé entram em conflito foi rejeitada pelos historiadores especializados em história da ciência.

“Isso foi completamente desmentido pelos historiadores da ciência nos últimos 50 anos como algo falso para a história. Cristãos sérios, incluindo o clero, foram predominantes no desenvolvimento da ciência moderna por séculos”, disse ele no Fórum Veritas em abril.

“Mas o mito ainda exerce poderosa influência, tanto sobre secularistas quanto sobre cristãos. É sustentado pela afirmação de que não há evidência para o cristianismo, mas isso não é verdade”, ressaltou.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Jesus Culture lança o álbum ao vivo "Living With A Fire"

Posted: 12 Sep 2018 11:27 AM PDT

Jesus Culture lança o álbum ao vivo "Living With A Fire"

O grupo musical Jesus Culture lançou seu novo álbum de adoração ao vivo, “Living With A Fire”. O novo projeto foi gravado na igreja Jesus Culture durante uma conferência em Sacramento, Califórnia (EUA), e conta com os líderes de louvor Kim Walker-Smith, Chris Quilala, Bryan & Katie Torwalt, Derek Johnson e Chris McClarney.

Por quase 20 anos, Jesus Culture conduziu seus ouvintes a tempos de adoração e encontros com Jesus. Como uma equipe de louvor, eles celebraram e lutaram pelo tesouro que é encontrado na comunhão, uns com os outros e com Deus. A chama de amor que começou há duas décadas ainda está queimando, obrigando-os em todas as letras, em todas as reuniões e em todas as orações. Este álbum proclama o incomparável amor de Jesus e para ver uma geração de jovens e velhos, completamente dada a andar em Sua presença.

"A única coisa que queremos que o ouvinte saia entendendo não mudou ao longo dos anos", disse Kim Walker-Smith, líder de Adoração. “Queremos que o ouvinte encontre Jesus e tenha suas vidas transformadas através desse encontro. Oramos para que cada música seja um combustível para acender a chama da intimidade com Jesus e o relacionamento com Ele”, declarou.

A mídia elogiou o novo álbum dizendo que Jesus Culture “não decepciona ao entregar uma adoração poderosa que atravessa gerações e é destinada a toda a igreja” (New Release Today) e que a eles têm um “som brilhante e moderno” (Revista CCM).

Ouça o álbum "Living With A Fire":

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Livro ensina a usar a sabedoria bíblica para vencer desafios profissionais

Posted: 12 Sep 2018 11:07 AM PDT

Livro ensina a usar a sabedoria bíblica para vencer desafios profissionais

Neste mês chega às livrarias a obra “Lições da Bíblia para o sucesso no trabalho: como os ensinamentos bíblicos podem ajudar você a vencer todos os desafios profissionais”. O que a Bíblia, livro mais vendido do mundo, pode ensinar sobre sucesso profissional? O livro brusca responder estes questionamentos.

Lançada pela Editora Mundo Cristão, a obra foi escrita por Rodney Leandro Betetto, pastor, engenheiro agrônomo, contador especializado em Administração Rural e em Gestão Financeira, em parceria com Carlos Eduardo Fernandes, jornalista, editor e redator, a publicação é repleta de elucidações e mensagens estimulantes acerca do mundo do trabalho.

Com 52 ensinamentos (um para cada semana do ano), Lições da Bíblia para o sucesso no trabalho aborda diversos temas, que se encaixam em áreas como empreendedorismo, comunicação, trabalho em equipe, planejamento, organização, capacitação e disciplina. A obra também inclui assuntos relacionados à governança corporativa do século XXI, como sustentabilidade, resiliência, empregabilidade e feedback.

Indicado tanto para o novato que está iniciando a carreira quanto para o profissional já experiente, o livro oferece um roteiro de procedimentos práticos que conduzirá o leitor a novos patamares de excelência enquanto exerce sua profissão.

“Lições da Bíblia para o sucesso no trabalho” mostra que o êxito profissional nada tem a ver com milagres, mas, sim, com a conduta ética, a postura humilde, a persistência diante da adversidade, a sabedoria para ouvir o próximo, o investimento em capacitação, entre outros insights. Um livro que desvendará ao trabalhador competências que vão além do curriculum vitae e que podem ser decisivas para a sobrevivência no competitivo e cada vez mais exigente mercado de trabalho.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Carrasco do Talibã abandona terrorismo após encontrar paz em Jesus

Posted: 12 Sep 2018 09:40 AM PDT

Carrasco do Talibã abandona terrorismo após encontrar paz em Jesus

Quando era carrasco do Talibã, executava as mortes sentenciadas pela organização terrorista. Mas quando conheceu a mensagem do Evangelho, foi tocado pelo amor de Jesus Cristo, mesmo com um passado tão cruel.

Para tirar suas dúvidas a respeito de Jesus, o executor do Talibã, que não teve a identidade revelada, decidiu ligar para a Mohabat TV, que transmite conteúdo cristão para a África, Europa e Oriente Médio.

Segundo Nazanin Baghestani, sua equipe conversou com o homem, que estava inquieto e disse que não conseguia dormir, pois tinha pesadelos que chegavam a sufocá-lo. A equipe orou por ele, mas ele ainda precisava de tempo.

“Levou um tempo para ele perceber que Jesus poderia ajudá-lo. Foi difícil para ele entender”, disse Baghestani ao site Mission Network News.

“Certa noite, depois de orarmos, conversarmos com ele e lermos a Palavra, ele dormiu. E naquela noite ele disse: ‘Foi a primeira noite em que consegui dormir em paz’. Então ele realmente tentou se perdoar”, acrescenta Baghestani.

Depois de continuar conversando com a equipe da TV Mohabat, o homem deixou seu passado no Talibã e se transformou em uma nova pessoa. Esta é uma história é incrível, mas não é única.

Alcance do Evangelho

Baghestani revela que muitos muçulmanos no Irã estão procurando por Deus. “Jesus disse que quem procurar irá encontrar, e quem bater terá a porta aberta. Eles estão procurando e Deus responde. Ele responde com visões, sonhos e toca seus corações, responde suas orações com milagres e sinais. Nós temos muitos testemunhos poderosos”, conta.

Por outro lado, os desafios são grandes. Para muitos muçulmanos, o medo de serem vistos como traidores, serem punidos por Alá ou mortos por fundamentalistas islâmicos é uma barreira para a vida cristã.

Quando olha para casos como do ex-carrasco, Baghestani tem cada vez mais certeza da graça de Deus, por meio de Jesus Cristo. “Jesus pode transformar o coração mais duro e a pessoa mais teimosa. Temos visto muitas pessoas semelhantes a Paulo vindo a Cristo. Com este testemunho, estamos tentando dizer que há esperança e que Deus está trabalhando hoje”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Luciano Subirá: “Não é quanto você tem do Espírito Santo, é quanto Ele tem de você”

Posted: 12 Sep 2018 09:00 AM PDT

Luciano Subirá:

Em um vídeo recente publicado em seu canal no YouTube, o pastor Luciano Subirá falou sobre a importância do cristão depender do Espírito Santo por completo. Ele ainda diz que estar cheio do Espírito não é algo que se mede por quantidade, mas que está ligado ao nível de rendição.

“A obra do Espírito Santo na vida de um crente é tão importante que o apóstolo Paulo definiu uma nova aliança como sendo ministério do Espírito. A Palavra de Deus fala de um tipo de ajuda que não é a ‘terceirização’ de uma instituição. Eu posso pedir alguém que me ajude a mover uma cadeira porque eu estou ocupado com outra coisa. Esse meu pedido de ajuda é uma terceirização, mas não é isso que nós temos em questão”, iniciou.

Subirá exemplifica sua colocação: “Imagine um grande sofá que uma pessoa não consegue carregar. Então duas pessoas precisam se unir e pegar firme contra aquele peso para mover. Isso define a natureza da ajuda que o Espírito Santo nos provê. Jamais será caráter de substituição. Nós precisamos entender que o Espírito Santo na verdade coopera conosco e espera que nós cooperamos com Ele”, pontuou.

“A Bíblia fala tanto do Senhor cooperando com os apóstolos enquanto eles pregavam a Palavra e fala também que nós somos cooperadores com Deus. Isso significa a interação que cada um faz. Ambos se unem para completar um propósito. Quando falamos da obra do Espírito Santo, ela jamais pode ser vista fora da perspectiva da interação”, comentou no vídeo.

Águas profundas

O pastor usa para ilustrar melhor sua colocação a figura bíblica de se aprofundar nas águas. “Quando você chegar às águas profundas você estará no lugar onde Deus quer. Há uma diferença entre ter água nos tornozelos, nos joelhos ou nos lombos. Mas quando você chegar às águas profundas, ali é água para se nadar. Enquanto você está com pé no chão, você se governa, decide quando vai para lá ou cá”, comentou.

“Mas quando você entra nas águas profundas, não consegue mais tocar o chão. O rio te conduz, ele assume o controle. Nós precisamos entender que nessa interação com o Espírito Santo, uma coisa importantíssima que a gente deve fazer é perder o controle. Devemos nos render ao governo, a liderança plena Dele. Quem está cheio do Espírito Santo está preenchido até em cima”, disse.

“A ideia de estar cheio do Espírito Santo não fala do quanto você tem do Espírito Santo. Em outras palavras, não é quanto você tem do Espírito Santo, é quanto o Espírito Santo tem de você. Nós precisamos viver neste lugar de entrega e rendição”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Evangelista viaja para ajudar vítimas do furacão Florence: "Quero levar esperança"

Posted: 12 Sep 2018 08:02 AM PDT

Evangelista viaja para ajudar vítimas do furacão Florence: "Quero levar esperança"

Para alguns, a chegada de um furacão pode ser assustadora, capaz de expulsá-los de suas próprias casas e cidades. Para outros, pode ser mais uma boa oportunidade de ajudar a quem precisa e compartilhar o amor de Jesus. Esta segunda postura foi adotada por um evangelista nos Estados Unidos.

Conhecido apenas como Ronnie, o homem viajou até a cidade de Wilmington, na Carolina do Norte, assim que soube que o local estava seria atingido pelo temido furacão Florence, por estar na rota da tempestade.

Ele explicou que esta não é a primeira vez que faz algo parecido e que sua motivação sempre é ajudar os moradores locais, atingidos pela catástrofe, expressando assim o amor de Jesus a eles.

Ronnie já viajou também para Nova Orleans (Louisiana, EUA) em 2005, na época em que a cidade foi devastada pelo furacão Katrina e também ajudou sua cidade natal, Myrtle Beach, na Carolina do Sul, quando o furacão Hugo devastou a cidade costeira em 1989.

Ronnie descreveu a população desabrigada, muitas das quais acabam sendo deslocadas quando surgem furacões e tempestades tropicais, como "o povo esquecido".

"O que me leva a fazer isso em Wilmington é que eu quero ir para onde a pior parte da tempestade está, para dar esperança às pessoas — a esperança de Jesus Cristo — e deixar as pessoas cientes de que há uma maneira de começar tudo de novo", disse ele.


Ronnie se deslocou até a cidade sob alerta de tornado para ajudar os desabrigados. (Foto: Fox News)

Quando questionado por que escolheu viajar para Wilmington, mesmo depois de ver a devastação deixada pelo furacão Katrina em Nova Orleans, Ronnie disse ao jornalista da Fox News que o sofrimento humano é terrível.

"Ver as pessoas sofrerem — é uma cena tão horrível como essa", explicou ele.

Aqueles que vivem ao longo da costa leste foram instruídos a "se preparar para o pior", já que o furacão de categoria 4 está se dirigindo para o litoral americano.

A tempestade deve chegar a algum ponto entre a Virgínia e a Carolina do Norte, em algum momento entre quinta e sexta-feira.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: