Notícias Gospel (neste email contem: 5 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 5 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Poeira das estrelas?

Posted: 17 Sep 2018 07:34 AM PDT

Poeira das estrelas?

Gosto da teoria do Design Inteligente. Não posso dizer que sou um defensor capaz – faltam-me os prazos para a obtenção dos conhecimentos necessários – mas acredito plenamente na ideia central por trás da teoria do Design, de que, não uma força, mas uma mente soberana, pessoal, inteligente, cria e coordena a exuberância estonteante que se observa por todos os lados. Sim, sou criacionista convicto. Os defensores do Design Inteligente, negando que o universo e seus atores sejam produto do acaso evolucionário, sustentam que toda a natureza, incluindo a criatura humana, é óbvio, foi “desenhada” de modo deliberado, propositado. Nada que é produto de planejamento inteligente pode ter sido concebido senão para funcionar, e ainda, para dar certo. Só podemos ter sido desenhados e criados a partir desta perspectiva! Toda e qualquer hipótese que fuja desse desfecho é, por definição, incoerente.

Tem grande ênfase no discurso dos defensores do Design a complexidade da estrutura física da criação. Os detalhes intrincados que se encontram abundantemente em todos os seres, desde micro-organismos às estruturas mais complexas, revelam uma engenharia tão sofisticada que não faria sentido sem que houvesse alguém por trás de sua concepção! Deixando por um pouco a diversidade indescritível dos detalhes de seres e sistemas, o assombro aumenta quando nos voltamos para o topo da escada onde se encontra o homem, a mais fantástica de todas as criaturas. Para além do assombro da constituição física, vamos encontrar a não menos admirável constituição psicológica deste ser incrível. O aspecto psicológico/espiritual da criatura magnífica a distancia sobremaneira de tudo o que se conhece. É o diferencial da mente inteligente, esse “detalhe” que separa, como abismo intransponível, o homem das demais criaturas.

Nesse oceano da mente inteligente, entretanto, as certezas são poucas, os questionamentos superabundam e as repostas são raramente conclusivas. O homem vê-se inseguro e limitado nessas águas. Sua ciência dá passos de bebê... Ainda assim é nessa incrível oficina que desenvolve sua criatividade e inventa coisas incríveis. Inquieto, está sempre em movimento, inventando respostas para os problemas que afligem sua alma e seu mundo. Trabalhando para melhorar suas condições, às vezes, entretanto, bota fogo na própria casa e vê alguns de seus experimentos explodirem, Literalmente. Sustenta, todavia, que a intenção era das melhores. Ainda que sua estruturação psíquica, moldada de maneira desastrada pela cultura, mostre-se defeituosa, impondo limitações de todas as ordens em várias áreas, pode-se, mesmo sob os escombros da decadência, verificar beleza e grandeza incomparáveis nesta criatura que tanto assusta quanto fascina.

Não, a criatura magnífica não é apenas poeira das estrelas. Os misóginos a desprezam e querem-na extinta. Eu a amo, e a quero redimida. Assim quis o Filho de Deus ao oferecer-se como sacrifício na cruz do calvário, aquele paradoxo de difícil assimilação para tantos. Segundo o próprio Filho: “Deus amou o mundo de tal maneira, que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (Jo 3.16)

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Queermuseu volta a receber crianças em exposição, no Rio de Janeiro

Posted: 17 Sep 2018 07:16 AM PDT

Queermuseu volta a receber crianças em exposição, no Rio de Janeiro

No dia 18 de agosto, o Santander Cultural voltou a lançar a polêmica exposição Queermuseu — que gerou tantos protestos há um ano, durante sua realização em Porto Alegre — na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro. Na época, a exposição foi duramente criticada sob acusações de promover a pedofilia, zoofilia e ofender o cristianismo, vilipendiando imagens de Jesus Cristo.

Apesar do juiz Pedro Henrique Alves, da 1º Vara da Infância, da Juventude e do Idoso, determinar que a exposição não poderia receber menores de 14 anos desacompanhados dos pais ou responsáveis, a decisão foi revogada e crianças voltaram a ter acesso ao local.

Após a decisão ser considerada um tipo de "censura" por boa parte dos favoráveis à exposição, o Ministério Público explicou que não houve intenção de proibir e sim de "orientar" os pais, exigindo que fosse colocado um aviso com a classificação indicativa na entrada do local, alertando sobre as obras com conteúdo de sexo e nudez.

"Não houve pedido de proibição para menor de 14 anos por parte do MP. O MP, em nenhum momento, pediu a proibição à Justiça. O MP enviou recomendação aos expositores, com base em decisão do Ministério da Justiça, que estabeleceu classificação indicativa como critério apenas de orientação para os pais", esclareceu o Ministério Público em uma nota oficial, há cerca de um mês.

Agora, o Queermuseu celebra o que chama de "vitória contra a censura". Ao final do mês de agosto, o Tribunal do Rio de Janeiro (TJ - RJ) revogou a decisão do juiz Pedro Henrique, que exigia a instalação de avisos sobre a classificação indicativa.

"O objetivo é exatamente mostrar que não há essa questão que foi colocada, de uma exposição de arte que incentiva a pedofilia, a zoofilia ou de ter feito vilipêndio religioso. É uma exposição para ser visitada pelas crianças para que elas tenham realmente uma percepção cultural e artística muito interessante sobre esse tema", disse o diretor da Escola de Artes Visuais, Fabio Szwarcwald.

Szwarcwald confirmou que seus próprios filhos foram as primeiras crianças menores de 14 anos a conferirem de perto as 263 obras de 85 artistas da mostra, na montagem carioca.

Arquivo

A exposição “Queermuseu” foi inaugurada em 14 de agosto de 2017 em Porto Alegre, e deveria ficar em cartaz até 8 de outubro do mesmo ano. Porém o grande número de protestos contra o evento levou o Santander Cultural a cancelar a mostra e devolver à Receita Federal os R$ 800 mil captados via Lei Rouanet para sua realização.

A grande polêmica teve início quando foram publicados alguns vídeos das obras das artistas Adriana Varejão e Bia Leite na internet, com imagens de conteúdo sexual dentro de um contexto histórico e uma pintura de duas criança com as frases "criança viada deusa das águas" e "criança viada travesti da lambada".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Terroristas do Hamas já usaram mais de 17.000 crianças em ataques contra Israel

Posted: 17 Sep 2018 06:30 AM PDT

Terroristas do Hamas já usaram mais de 17.000 crianças em ataques contra Israel

Segundo o Instituto de Justiça de Jerusalém (JIJ ), o Hamas já usou mais de 17.000 crianças para ajudá-las em ataques terroristas e esforços de guerra desde 2016. A JIJ enviou à Corte Criminal Internacional (ICC) em Hague (Holanda) um pedido exigindo um processo contra o líder do Hamas, Ismail Haniyeh, pela guerra e crimes contra estas vidas.

Arutz Sheva, um site de notícias israelense, informa que, no pedido, a JIJ cita depoimentos ilustrando dois principais crimes de guerra cometidos por Haniyeh. O primeiro crime que a JIJ citou foi o uso de crianças menores de 15 anos para fins militares. Isso inclui usar as crianças como soldados e para realizar ataques terroristas.

O segundo crime que Haniyeh está sendo acusado é usar crianças como escudos humanos e alvos militares.

Em maio, o vice-ministro da Defesa, o rabino Eli Ben Dahan conversou com Arutz Sheva sobre os distúrbios violentos ao longo da fronteira entre Israel e Gaza dizendo: "Agradeço aos soldados e comandantes das IDF por suas ações determinadas perto da fronteira de Gaza, mandando as crianças para a cerca da fronteira, enquanto seus líderes sentam em seus confortáveis ​​escritórios. O IDF é o exército mais moral do mundo e trabalha duro para evitar causar mortes".

Tortura e assassinatos ilegais

Juntamente com o uso violento de crianças na guerra, Haniyeh também está sendo acusado de orquestrar uso em larga escala de tortura e assassinatos ilegais. Esses atos foram realizados pelas forças de segurança interna do Hamas em Gaza.

De acordo com Arutz Sheva, o advogado Uri Morad disse que os depoimentos que foram apresentados no pedido receberam elogios do departamento de informações e representantes de pesquisa da ICC.

"Todo o processo foi muito eficiente e organizado, e sentimos que tínhamos a confiança daqueles que recebiam o pedido", disse ele. "Acredito que este processo, que o Instituto de Jerusalém apresentou para a Justiça, será tratado de forma justa e sem preconceitos".

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Mais da metade das adolescentes transgêneros já tentou suicídio, diz estudo

Posted: 17 Sep 2018 05:21 AM PDT

Mais da metade das adolescentes transgêneros já tentou suicídio, diz estudo

Mais da metade dos adolescentes que se identificam como transgênero tentaram o suicídio, mostra um novo estudo desenvolvido por pesquisadores dos Estados Unidos.

De acordo com uma análise de dados da pesquisa "Perfis de Vida Estudantil: Atitudes e Comportamentos", conduzida por Russell B. Toomey, Ph.D. da Universidade do Arizona-Tucson, 51% das adolescentes que decidiram fazer a transição para se tornar homens relataram pelo menos uma tentativa de suicídio.

O estudo foi publicado na revista "Pediatrics" e desenvolvido pelo Instituto "Search", um grupo sem fins lucrativos com sede em Minneapolis, focado em questões da juventude.

Os dados foram coletados no período de junho de 2012 a maio de 2015 e incluíram 120.617 adolescentes entre 11 e 19 anos. Entre as perguntas da pesquisa estava: "Você já tentou se matar?". Cerca de 14% por cento dos entrevistados, com a média de 15 anos de idade, disseram que sim. O estudo também descobriu que os níveis de educação dos pais e o status socioeconômico da família não pareceu afetar a decisão dos adolescentes que tentaram suicídio.

Estatísticas

Os números são muito mais altos entre aqueles que fizeram uma transição de gênero ou sexo.

Na amostra da pesquisa, 60.973 dos adolescentes eram biologicamente do sexo feminino e 57.871 eram do sexo masculino. O restante se identificou com outro gênero ou sexo. Entre eles, 202 se identificaram como transexuais de homem para mulher, 175 se identificaram como transexuais de mulher para homem, 344 se identificaram como "transexuais não-binários", e 1.052 se identificaram como alguém que ainda estava "se questionando".

Vinte e oito por cento dos adolescentes que "se questionavam" relataram tentativas de suicídio, assim como 30% dos homens e mulheres trans-identificados e 42% dos não-trans-identificados. Esses números são consideravelmente maiores do que os adolescentes que se identificaram com seu sexo biológico; apenas 10% desses homens e 18% das mulheres relataram tentativas de suicídio.

Em entrevista à CNN na quarta-feira (12), Heather Hutzi, psicóloga-chefe do Hospital Infantil de Orange County, na Califórnia, disse que as taxas de suicídio são mais altas em todas as populações que "aumentaram o estigma ou a falta de compreensão".

Embora ela não fizesse parte da pesquisa de Toomey, ela observou que se sentir marginalizado, estigmatizado e isolado leva muitos jovens a se sentirem tão desesperançosos que começam a usar drogas, o que, quando associado à depressão, aumenta o risco de suicídio.

Hutzi acrescentou que o suicídio é "a segunda principal causa de morte" entre os adolescentes e as taxas estão subindo.

"Eles são muito impulsivos", disse ela. "Para os adolescentes, em particular, uma grande porcentagem — acho que é de 50% a 60% — tentam 30 minutos depois de terem a ideia. O cérebro deles não está suficientemente desenvolvido".

John Ayers, pesquisador da Universidade da Califórnia em San Diego, disse à Reuters que ainda não se sabe por que adolescentes que se identificam como transgêneros ou transexuais cometem suicídio em taxas tão altas.

"É extremamente importante começarmos a investigar o por quê, em vez de simplesmente contar quantos, especialmente para projetar campanhas eficazes de prevenção", disse ele.

Distorção da realidade

Segundo a pediatra Michelle Cretella, estimular em uma criança a ideia de que talvez ela tenha "nascido no corpo errado", pode destruir sua noção da realidade.

"O sexo biológico não é atribuído, mas sim determinado na concepção pelo nosso DNA e está estampado em cada célula de nossos corpos. A sexualidade humana é binária. Você tem um cromossomo Y normal, que se desenvolve em um homem, ou não, e você se transformará em uma fêmea. Existem pelo menos 6.500 diferenças genéticas entre homens e mulheres. Hormônios e cirurgia não podem mudar isso", destacou.

"Se eu entrar no consultório do meu médico hoje e disser: 'Oi, eu sou Margaret Thatcher', meu médico vai dizer que eu estou delirando e me passará uma receita de antipsicóticos. No entanto, se em vez disso, eu entrasse e dissesse: 'Eu sou um homem', ele diria: 'Parabéns, você é transgênero", afirmou Cretella, expondo a incoerência da ideologia de gênero.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

“Quem avalia se você é um homem de Deus é sua esposa”, diz pastor Joel Engel

Posted: 17 Sep 2018 05:17 AM PDT

A paternidade de Deus e a importância da família foram os principais ensinos ministrados na 7ª edição da Escola Profética - Unção de Elias, promovida pelo Ministério Engel neste final de semana, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

O encontro idealizado pelo pastor Joel Engel reuniu mais de 1500 pessoas de 163 cidades brasileiras e 173 denominações. Também participaram do evento representantes de outros países, como Uruguai, Paraguai, Israel, França, Argentina e Uganda.

Diante da temática “Faça-me Teu Pai”, a pastora Mara Engel, esposa do pastor Joel, falou sobre o trabalho de restauração de ministérios dentro da Escola Profética.

“Um tempo atrás, Deus nos falou que era para montarmos uma ‘fábrica de unção’, pois nossa missão seria produzir azeite. Ele traria pessoas do mundo inteiro para o Sul, como formigas, para ressuscitar ministérios. Pessoas machucadas, feridas, rejeitadas que seriam curadas, para restaurar outros. E isso está se cumprindo, para a glória Dele”, Mara destacou.

Depois de ungir cada filho, o pastor Joel Engel destacou a importância da paternidade espiritual. “Os pais precisam profetizar que seus filhos são príncipes, homens e mulheres de Deus, geração escolhida. Eu creio que nesta Escola, foi formado um útero profético para o Brasil, de onde nascerão profetas do novo tempo”, afirmou Engel.

O pastor ainda destacou a importância da família no ministério entregue por Deus.  “Viajando por 28 anos, passei muitos anos longe de minha família. Esse ano, Deus me mandou assumir minha casa e estar mais presente, por isso, tive que recusar alguns convites. Quem avalia se você, de fato, é um homem de Deus é a sua esposa. Ela e seus filhos precisam te reconhecer e te respeitar como profeta e sacerdote”, ressaltou.


Pastor Joel Engel durante ministração na Escola Profética 2018. (Foto: Divulgação)

De forma ilustrativa, a família Engel se sentou ao redor de uma mesa colocada no altar. A pastora Mara e os três filhos elogiaram Joel como pai, que liberou palavras de bênção. “Nossa Escola Profética começa em casa, ao redor da mesa. Sempre estou ministrando meus filhos. A maior igreja está ao redor da sua mesa, pois se toda a sua família estiver no altar, seu ministério está aprovado”.

“Em uma casa, o casal é o teto e o solo, mas as paredes são os filhos”, o pastor acrescentou. “É importante você sentar com sua família para ler a Bíblia e conversar sobre todos os assuntos. Ali vocês discutem, trocam ideias. Lembre-se de que você não está falando com crianças, mas com futuros homens e mulheres”.

Oração 24/7

A Escola Profética foi fundada em 2012 pelo pastor Joel Engel, em meio a uma seca que afetou o Sul do Brasil. O pastor liderou um movimento de oração ininterrupta para que houvesse chuva e avivamento na região.

O trabalho de oração 24/7 foi iniciado em 1987, quando o pastor Joel Engel passou  a formar centenas de grupos de intercessores no Rio Grande do Sul. Na Casa de Oração – Monte da Adoração, a intercessão é realizada 24 horas por dia, sete vezes por semana.


Escola Profética 2018 reuniu milhares de pessoas no Rio Grande do Sul. (Foto: Divulgação)

Projeto Daniel

Através da Escola Profética, milhares de crianças passaram a receber ajuda humanitária. Em 2016, o pastor Engel fundou o Projeto Daniel, que oferece ajuda financeira para ações sociais, educacionais e de saúde em regiões carentes.

Diversos países da África já receberam apoio do projeto. As ações são voltadas para crianças carentes que, em sua maioria, são portadoras do vírus HIV e perderam seus pais por conta da doença.

Neste ano, a organização Missão Mãos Estendidas (MME) será acolhida pelo Projeto Daniel na República do Malawi, na África Oriental.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: