Notícias Gospel (neste email contem: 3 novas notícias)

Filed under: by:

Notícias Gospel (neste email contem: 3 novas notícias)

Link to guiame.com.br's news

Embaixador de Israel diz que “Bolsonaro é o segundo Oswaldo Aranha”

Posted: 07 Jan 2019 04:31 AM PST

Embaixador de Israel diz que

O embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley, comparou o presidente Jair Bolsonaro ao diplomata brasileiro Oswaldo Aranha que, em 1947, presidiu a sessão da Assembleia Geral das Nações Unidas que levou à criação do Estado de Israel.

“O nome de Oswaldo Aranha foi significante para a criação do Estado de Israel. Agora Jair Bolsonaro é um segundo Oswaldo Aranha porque ele faz uma coisa incrível: é mudar a história”, disse o embaixador em entrevista exclusiva à Empresa Brasil de Comunicação (EBC).

A declaração de Shelley é baseada na promessa de Bolsonaro de transferir a embaixada brasileira em Israel de Jerusalém para Tel Aviv. Embora o presidente brasileiro não tenha anunciado detalhes sobre o movimento, a decisão foi confirmada em encontro com o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

“O governo brasileiro é soberano para dizer quando. A transferência acontecerá, mas aguardamos o momento. Estamos muito felizes com a transferência. Deixa o tempo definir. O presidente [Donald] Trump [dos Estados Unidos], quando assumiu o cargo, também citou que iria transferir a embaixada. Oito meses depois fez isso. Essas coisas não serão obstáculos para a nossa relação”, afirmou o embaixador.

O embaixador revelou que a passagem de Netanyahu no Brasil por cinco dias foi algo inédito, dá que o premiê não costuma deixar Israel por tanto tempo. “Isso é graças ao presidente Bolsonaro. Quando há um carinho do outro lado, Israel vai atrás. Netanyahu e Bolsonaro conversaram sobre segurança pública, a dessalinização, como acabar a seca do Nordeste brasileiro, satélite, como vigiar a fronteira”, esclareceu.

Em março, Bolsonaro pretende ir a Israel acompanhado de um grupo de empresários, a fim de incrementar o comércio bilateral e a troca de tecnologias. “Ele vai receber as honras de um rei. Eu prometo isso. Vou estar ao lado dele e vou segurar a mão dele. Amo o Brasil. Amo o povo de Israel”, declarou Shelley.

Um pouco antes, Israel irá receber o ministro da Ciência e Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes. Ele discutirá projetos para um futuro acordo sobre água e dessalinização para beneficiar o Nordeste e o interior do Brasil.

Com o alinhamento entre Brasil, Israel e EUA, as expectativas do embaixador israelense são grandes: “É preciso aprofundar as relações, aprofundar os negócios, fazer delegações de empresários, pensar na votação da ONU, apoiar Estados Unidos, apoiar Israel. Essas coisas que os amigos fazem”.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Divisão histórica na igreja ortodoxa é maior ruptura desde a reforma protestante

Posted: 07 Jan 2019 04:08 AM PST

Divisão histórica na igreja ortodoxa é maior ruptura desde a reforma protestante

A Igreja Ortodoxa da Ucrânia passou a ser independente de Moscou no sábado (5). O reconhecimento foi feito pelo líder espiritual desse ramo do cristianismo, o patriarca de Constantinopla, Bartolomeu I. O ato é estopim para o maior cisma cristão desde a reforma protestante do século 16 e é um importante capítulo na disputa entre russos e ucranianos. 

Após celebrar a festa da Epifania na Catedral de São Jorge, em Istambul, Bartolomeu I entregou o tomo (certificado) de “autocefalia” à igreja Ortodoxa da Ucrânia. 

A autocefalia é o status de uma igreja cristã hierárquica cujo bispo principal não se reporta a nenhum bispo de nível superior. Ou seja, promove a independência de um grupo cristão daquele ao qual estava submisso. 

Os cerca de 300 milhões de ortodoxos no mundo não obedecem a uma autoridade administrativa central. Em assuntos religiosos, contudo, a palavra final é do patriarca da igreja originária da denominação. A igreja ortodoxa é a segunda maior comunhão unida cristã do mundo, atrás dos católicos (1,3 bilhão de fiéis). Protestantes são cerca de 920 milhões, mas fragmentados. 

Nova direção 

Com o documento, a igreja ortodoxa ucraniana passou a ser independe do patriarcado de Moscou, ao qual era submissa. A separação, um desejo antigo da Ucrânia, foi comemorada pelo presidente ucraniano Petro Poroshenko e mal recebida por Vladimir Putin, presidente da Rússia. Isso mostra o nível de tensão política que envolve o tema.

Presente na cerimônia, Petro Poroshenko felicitou a independência da Igreja de Kiev. “O ocorrido é um verdadeiro milagre que devemos à vontade do criador”, disse o líder no Twitter.

O líder ucraniano comparou o certificado a outra “ata de declaração da independência da Ucrânia”, ocorrida em 1991. “[Ela] fortalecerá a liberdade religiosa, a paz ecumênica e os direitos e liberdades dos cidadãos”, afirmou.

A igreja da Ucrânia passa a ser liderada por Epifânio, 39 anos, ungido na cerimônia em Istambul, cidade turca antes conhecida como Constantinopla.

“A unidade foi restaurada. Agora estamos unidos”, disse o novo chefe da igreja ucraniana à congregação, em pé ao lado de Bartolomeu, na frente da igreja lotada, ambos vestindo vestes cerimoniais e segurando bastões. 

Questões políticas 

A Igreja Ortodoxa Ucraniana está ligada a Moscou há centenas de anos, e os líderes da Ucrânia veem a independência da Igreja como vital para combater a intromissão russa.  

A Ucrânia tinha três denominações ortodoxas, a principal dela subordinada ao Patriarcado de Moscou, que é fortemente alinhado ao Kremlin. Seu líder, Cirilo, chama Putin de “milagre de Deus”. 

Kiev (sede do poder ucraniano) diz que as igrejas apoiadas por Moscou em seu território são um instrumento do Kremlin para espalhar propaganda e apoiar os separatistas na região oriental de Donbass em um conflito que já matou mais de 10 mil pessoas. As igrejas negam fortemente isso. 

A Ucrânia vê a ruptura como vital para sua segurança e independência, mas está fadada a agravar o conflito mais amplo entre os dois países. 

A Rússia se opõe fortemente à divisão, comparando-a ao Grande Cisma de 1054 que dividiu o cristianismo ocidental e oriental. O presidente Vladmir Putin alertou sobre possíveis derramamentos de sangue. 

“Pedimos a você, mãe igreja e todas as igrejas para orar pela paz na Ucrânia”, disse Epifaniy, acrescentando que o povo ucraniano vinha sofrendo há cinco anos por uma guerra “trazida de fora”. 

As relações entre a Ucrânia e a Rússia entraram em colapso após a tomada da Criméia por Moscou em 2014. A Ucrânia impôs a lei marcial em novembro, citando a ameaça de uma invasão em larga escala depois que a Rússia capturou três de seus navios no Estreito de Kerch.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

Em meio a ataques de facções, igreja levanta clamor: "Pedimos paz sobre o Ceará"

Posted: 07 Jan 2019 03:54 AM PST

Em meio a ataques de facções, igreja levanta clamor: "Pedimos paz sobre o Ceará"

"As eleições passaram e a minha palavra pastoral precisa ser observada. Qual é o papel do crente agora? Orar pelas autoridades instituídas. É triste que um crente não entenda isso". O alerta do Rev. Elizeu Dourado de Lima foi dado no último domingo (6) à Igreja Presbiteriana de Fortaleza, devido à grande quantidade de ataques de facções por toda a capital cearense e região metropolitana.

Em menos de uma semana, mais de 120 ataques já foram registrados e a população tem sido amplamente afetada, devido ao receio de sair de casa e a redução das frotas de transporte público na cidade.

Segundo o líder cristão, o atual momento caótico que Fortaleza vive pede mais que meras discussões partidárias, mas sim a união da Igreja em oração pelo bem da cidade e pelas autoridades de todas as esferas.

"É interessante que neste momento de guerra contra o governo, facções inimigas se unem para enfrentar para desafiar as autoridades e crentes em Cristo Jesus se desunem. O que é isso? Você não pode permitir essas conversas dentro da igreja. Ameaça o vínculo da paz. Respeite o que o outro fez nas eleições", destacou o pastor. "É triste para que um crente ore para que o governo federal não vá bem. É triste que um crente ore para que um governo estadual não vá bem. É triste que um crente torça para um governo municipal não ter êxito".

"Quero conclamar a Igreja, porque nós temos um presidente que se chama Jair Messias Bolsonaro. Não tem como você dizer que não tem presidente 'porque você não votou'. A palavra pastoral precisa ser dura neste momento, porque já estamos enfrentando coisas assim na igreja. É uma ignorância um crente dizer que não tem um presidente 'porque não votou'. Vamos esperar as coisas andarem e vamos orar", acrescentou.

Apesar do presidente Jair Bolsonaro ter sido eleito com amplo apoio dos evangélicos, pastor Elizeu lembrou que o governador do Ceará, Camilo Santana (PT) precisa ser alvo das orações da Igreja, mesmo se mostrando como oposição ao governo federal.

"Nós temos um governador que se chama Camilo Santana. É triste um pastor dizer: 'Bom, eu não tenho governador, porque eu não gosto dele, não gosto do partido dele'. O crente é chamado para orar por todas as autoridades constituídas (Romanos 13)", afirmou.

"Ou nós obedecemos a Palavra ou vamos continuar colocando no centro do nosso coração a posição partidária. Isso é sério. Gente saindo da igreja por causa de política. Posso dizer em alto e bom tom, sem me arrepender: isso não é um crente, é alguém de conveniência", acresentou.

O pastor continuou, explicando que se um governo não for aprovado por Deus, é Ele próprio quem se encarrega de destituir as autoridades, mas que agora a Igreja em Fortaleza tem sido afligida com um propósito maior.

"Se não for no caminho aprovado por Deus, [o governo] cai na esfera federal, na esfera estadual e na esfera municipal. Mas isso compete a Ele", disse. "Quando Ele [Deus] aflige a Igreja, tem um motivo. Ele quer curar a Igreja. A Igreja não deve ter medo de partido A, partido B. A Igreja é aquela que avança no evangelho de Cristo Jesus".

Após sua palavra de alerta à igreja, o pastor convocou a todos os presentes para participarem de um clamor pela paz e pelas autoridades. "Oh Deus amado, queremos pedir paz sobre o nosso Ceará, sobre o nosso Nordeste", orou o pastor.

Confira no vídeo acima.

This posting includes an audio/video/photo media file: Download Now

0 comentários: